Tribo de Jah

Botão Querendo Crescer

Eu vi você aparecer
Botão querendo florescer
Tão divinamente se abrindo em flor
Tão precocemente se abrindo exalando o facíno do amor

Eu quase não pude evitar
O apelo contido em teu olhar
A fúria do desejo querendo iludir a razão
Eu sentia ser cedo, temia ferir teu coração

Mas eu, e eu, tolamente eu me enganei
Sem mais, sem mais, quando eu me toquei
Eu não pensei, jamais podia imaginar
Que você fosse se perder um dia, que você pudesse se dar
De um jeito assim tão insensível, de um jeito assim tão banal
O amor não é algo assim tão inexpressivo, tão fútil e casual

Um dia você vai entender
O tempo é quem pode te dizer
Você fez a si mesma um grande mal
Agindo precipitadamente para se arrepender no final

Eu sei como eu sonhei ter você
Segura para amar e entregar-se
Princípios são meios para se alcançar-se um fim
Melhor me render se o caso conspira contra mim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>