Skank

Baixada News

Zilda é uma mulher
que mora na Baixada Fluminense
Mãe de cinco filhos
Cinco bocas pra comer
Seu ex-marido trabalhava
Como trocador de ônibus
Trocou Zilda por uma dama
Que passou pela roleta

A vida já não era fácil
Com a ajuda dele lá
Agora Zilda tá sozinha
Com os filhos pra criar
Às cinco horas ela acorda
E prepara o café
Depois com outros pescadores
Vai pro mangue de Magé

Aos 28 anos, Zilda diz
Que é dona de si mesma
Não pensa muita coisa
Não espera nada de ninguém
Catando a vida pelas patas
Dando tapas no destino
Arregaçar as mangas no mangue
Paciência em cada gota de sangue

A vida já não fácil
Com a ajuda do marido
Mas ela sabe não pensar
No que podia ter sido
Às cinco horas ela acorda
E prepara o café
Depois com outros pescadores
Vai pro mangue de Magé

Baia de Guanabara
A pesca do caranguejo
Baia de Guanabara
Impossível, mas eu vejo

Um comentário sobre “Baixada News

  • Bom, não é difícil compreender o significado de “Baixada News”. Sem haver obscuridade no texto, e o mesmo pode ser interpretado quase que segundo a sua literalidade.

    Assim, temos a história (ou estória) de uma mulher, alcunhada de Zilda, que, abandonada pelo marido, começa a trabalhar no mangue para sustentar seus 5 filhos. A história se desenrola na Baixada Fluminense – Estado do RJ.

    Pelos trechos “A vida já não era fácil com a ajuda do marido” e “Às cinco horas ela acorda e prepara o café. Depois com os outros pescadores vai pro mangue de Magé”, é possível imaginar a classe social em que se enquadra Zilda.

    Típico de pessoas iletradas, aos 28 anos “Zilda diz que pe dona de si mesma”. Esse “orgulho” que esconde a mágoa (velada) de uma escolha errada, é muito presente na vida da baixa sociedade. Assemelha-se àqueles que dizem: “Não troco meus filhos por diploma nenhum”.

    A primeira impressão que temos ao ler o trecho “A vida já não era fácil com a ajuda do marido, mas ela sabe não pensar no que podia ter sido”, é a de que a Zilda é uma mulher forte, batalhadora, racional, etc. Mas não! Ao lermos esse trecho em harmonia com os demais, a constatação é única: ela é uma mulher extremamente frágil, mas que se veste de uma outra personalidade como alternativa para continuar sua caminhada.

    2
    1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>