Roberto Carlos e Erasmo Carlos

O Diamante Cor de Rosa

O amor não tem explicação
Brota em nosso peito devagar
E em qualquer lugar
Como um diamante

Dois amantes , vão brilhar …

Esquecer do mundo no cansaço
E perder os medos num abraço
Abrir a janela , ver a madrugada
Por o dia em seu lugar …

Ele vem no olhar , vem na despedida
Vem numa canção , ou lágrima sentida
Vem no carnaval , vem da terra virgem
Como um diamante , que eu não descobri

Recitado :
Eu vejo tantas pessoas felizes
Eu queria ser feliz também
Ah !! sabe , as vezes eu penso
Que deus me esqueceu …
Por que se o amor é tão bonito
E até hoje eu não senti
Não sei porque na vida
Até hoje eu vivi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>