Roberto Carlos e Erasmo Carlos

Não é Papo pra Mim

Se em festa de família
O assunto é casamento
Eu finjo que não ouço
Essa escola eu não freqüento
Eu mundo de assunto
Falo até de futebol
Casamento enfim
Não é papo pra mim
Não é papo pra mim

E quando alguém comenta:
“Você deve se casar
Procure uma garota
Pra você gostar

Eu peço até desculpas
Vou lá fora passear
Pois casamento, enfim
Não é papo pra mim
Não é papo pra mim

Talvez um dia quem sabe
Encontre a felicidade
Achando alguém pra valer
Até morrer

Mas por enquanto eu não
Não ponho argola na mão
Pois casamento…
Não é papo pra mim
Não é papo pra mim

Casamento, ah, não é papo pra mim, mora!
Pois casamento enfim
Não é papo pra mim
Não é papo pra mim

Talvez um dia quem sabe
Encontre a felicidade
Achando alguém pra valer
Até morrer
Mas por enquanto eu não
Não ponho argola na mão
Pois casamento…
Não é papo pra mim
Não é papo pra mim

Oh, não é papo pra mim

Casamento, ah, não é papo pra mim, mora!

Não é papo pra mim

Não é papo pra mim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>