Raul Seixas

Século XXI

Há muitos anos você anda em círculos
Já não lembra de onde foi que partiu
Tantos desejos soprados pelo vento
Se espatifaram quando o vento sumiu

Você vendeu sua alma ao acaso
Que por descaso tava ali de bobeira
E em troca recebeu os pedaços
Cacos de vida de uma vida inteira

Se você correu, correu, correu tanto
E não chegou a lugar nenhum
Baby oh Baby bem vinda ao Século XXI

Você cruzou todas as fronteiras
Não soube mais de que lado ficou
E ainda tenta e ainda procura
Por um tempo que faz tempo passou

Agora é noite na sua existência
Cuja essência perdeu o lugar
Talvez esteja aí pelos cantos
Mas está escuro pra poder encontrar

Se você correu, correu, correu tanto
E não chegou a lugar nenhum
Baby oh Baby bem vinda ao Século XXI

0 comentário sobre “Século XXI

  • Fernando Diniz disse:

    É aquela pessoa que passou a vida inteira fazendo planos,mas nunca os realizou.Nao tem um projeto de vida,vive em vao!!

  • JOSÉ NETO disse:

    A MÚSICA REPRESENTA UMA CRIANÇA QUE CONSTRÓI UM CASTELO DE AREIA NA BEIRA DA PRAIA….E QUE VEM A ONDA E DERRUBA…E DURANTE A VIDA TODA ELA CONTINUA A CONSTRUIR O CASTELO NA AREIA…E QUE UM DIA CANSADA DE NUNCA CONSEGUIR…ACABA PERDENDO A SUA ESSÊNCIA E DESISTINDO…BEM VINDO A NOVA ERA….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>