D.D.I. (Discagem Direta Interestelar)

Raul Seixas

Compositor(a) da letra: Raul Seixas e Kika Seixas

Álbum da letra: RAUL SEIXAS

Ano de lançamento: 1983

4 comentários

Alô, aqui é do céu
Quem tá na linha é Deus
Tô vendo tudo esquisito
O que que há com vocês??
Por favor, não deixem a peteca cair
Que o diabo diz que vai baixar de uma vez por aí
Eu fiz vocês como eu
Imagem e perfeição
E vocês anarquizando
A minha reputação
Não é só novena, terço e oração
Em vez de resmungar eu quero é ver
Vocês em ação
Vocês em ação!
Foram milhões de anos dedicado a vocês
Fazendo vossas cabeças, não fui eu quem marquei
O que que vocês querem exigir mais de mim
Se tudo o que eu faço vocês acham ruim
Agora vou desligar, o telefone tá caro
Já falei demais, brigado pela atenção
Mas se alguém ligar dizendo ser eu
Pode ser um trote do diabo
Que já desceu
Que já desceu!
Foram milhões de anos dedicado a vocês
Fazendo vossas cabeças, não fui eu quem marquei
O que que vocês querem exigir mais de mim
Se tudo o que eu faço vocês acham ruim
Agora vou desligar, o telefone tá caro
Já falei demais, brigado pela atenção
Mas se alguém ligar dizendo ser eu
Pode ser um trote do diabo
Que já desceu
Que já desceu
Que já desceu
“Eu já estou aqui!!!”




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 comentários para a letra “D.D.I. (Discagem Direta Interestelar)

  1. Ricardo disse:

    Essa é fácil…

    Alô, aqui é do céu
    Quem tá na linha é Deus
    Tô vendo tudo esquisito
    O que que há com vocês??
    (indagação de Deus sobre nossas ações)

    Eu fiz vocês como eu
    Imagem e perfeição
    E vocês anarquizando
    A minha reputação
    (Somos a imagem e semelhança de Deus e por muitas vezes temos péssimas atitudes)

    Não é só novena, terço e oração
    Em vez de resmungar eu quero é ver
    (Não precisa nem comentar)

    Foram milhões de anos dedicado a vocês
    Fazendo vossas cabeças, não fui eu quem marquei
    (Ingratidão do Ser Humano)

    O que que vocês querem exigir mais de mim
    Se tudo o que eu faço vocês acham ruim
    (Por muitas só pedimos e reclamamos coisas a Deus,
    quase nunca agradecemos).

    Agora vou desligar, o telefone tá caro
    Já falei demais, brigado pela atenção.
    (Um “descaso” Implícito de Deus com as pessoas)

    Mas se alguém ligar dizendo ser eu
    Pode ser um trote do diabo
    (Por quantas vezes as pessoas querem ser Deus e ate dizer ser Deus.
    Também esta claro o que ele quer passar)

  2. Angélica Arruda disse:

    essa musica diz tudo.. As pessoas pedeM DE MAIS, SO QUE NÃO FAZ NADA PRA AGRADAR A Deus. somos injustos a todo momento pois reclamamos o tempo todo nada estar bom.
    Não adianta rezamos Não é só novena, terço e oração
    Em vez de resmungar eu quero é ver.. as suas atitudes

  3. joão henrique lo disse:

    O AUTOR DO FILME ”O TODO PODEROSO” PARECE QUE OUVIU ESSA MÚSICA PARA ESCREVÊ-LO.

  4. Anônimo disse:

    Essa música é um tanto mais profunda do que parece ser no começo. Além de criticar a sociedade e o mundo atual, com “Deus” dando uma bronca na humanidade sobre o que fizemos com sua criação (uma crítica bastante atual inclusive, dada a situação em que o planeta se encontra), Raul em toda a sua genialidade finaliza plantando uma semente de ambiguidade no fim da música:
    “Mas se alguém ligar dizendo ser eu
    Pode ser um trote do diabo
    Que já desceu
    Que já desceu
    Que já desceu
    “Eu já estou aqui!!!””
    Além da crítica ao modo como temos tratado nosso planeta, Raulzito ainda questiona a Igreja e seus seguidores, que sempre dizem falar em nome de um deus, mas que mais parecem seguir o diabo do que a palavra “Dele”
    Apesar de ser uma música curta, traz uma crítica “secreta” e uma mais explícita, além de a música ter sido lançada durante a ditadura militar!