Serenata suburbana

Levo a vida em serenata
Somente a cantar
Quem não me conhece
Tem a impressão

De que eu sou tão feliz
Mas não é isso não, não
Se eu canto em serenata
É para não chorar

Ninguém sabe a dor que eu sinto dentro de mim
Ninguém sabe porque eu vivo tão triste assim
Se eu fosse realmente muito feliz
Não chorava em todo canto
Nem cantava para abafar meu pranto