Farpa Cortante

O Rappa

3 comentários

Não falta a marca da crise
O pé incomoda, incomoda com o furo
Eu quase encosto, encosto no muro
No lado de cá, no lado de cá da vitória
No escuro, o teto é a laje
Acende e apaga, apaga a fogueira
No charco molhado de papelão
Coberto de fogo da brasa da fogueira

Na brasa da fogueira (3x)

Não falta a marca da crise
O pé incomoda com o furo
Eu quase encosto no muro
No lado de cá da vitória
No escuro, o teto é a laje
Acende e apaga a fogueira
No charco molhado de papelão
Coberto de fogo, apaga a fogueira
Convivência é áspera e amarga
O encosto além do prudente
No úmido e frágil caminho
Eu não tenho meu pai, eu sou sozinho
A vida emprestada no crime
Na sombra, longe do firmamento
Sem choro, no estrilo, sem choro não há tempo

A lata (Sem choro não há tempo)
Com farpa (Sem choro não há tempo)
Cortante

A lata (a lata)
Com farpa (com farpa)
Cortante, cortante.

Não falta a marca da crise
O pé incomoda, incomoda com o furo
Eu quase encosto, encosto no muro
No lado de cá, no lado de cá da vitória

Não falta a marca da crise
O pé incomoda com o furo
Eu quase encosto no muro
No lado de cá da vitória
No escuro, o teto é a laje
Acende e apaga a fogueira
No charco molhado de papelão
Coberto de fogo, apaga a fogueira

A lata (Na brasa da fogueira)
Com farpa (Na brasa da fogueira)
Cortante (Na brasa da fogueira)
Cortante

Convivência áspera e amarga
O encosto além do prudente
No úmido e frágil caminho
Eu não tenho meu pai, eu sou sozinho
Sigo em frente no úmido e frágil caminho

A lata com farpa cortante (4x)




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários para a letra “Farpa Cortante

  1. Yasmin Halik disse:

    “acende e apaga a fogueira,no charco molhado de papelão….” acho que deve ser sobre usuários de crack “a lata com farpa cortante…”

  2. Mauro Henrique disse:

    Isso mesmo!!
    falou tudo…
    Essa canção é sobre o usuário de crack, principalmente os que moram nas ruas….

  3. Matheus disse:

    Relata vários motivos que leva uma pessoa a tornar-se usuário de crack, eu quase encosto no muro do lado de cá da vitória (derrota),eu não tenho meu pai eu sou sozinho, sigo em frente no úmido e frágil caminho. Poesia sobre um dos maiores problemas sociais do Brasil.