Natiruts

Presente de um Beija-Flor

Beija-flor que trouxe meu amor
Voou e foi embora
Olha só como é lindo meu amor
Estou feliz agora

Veja só a névoa branca que sai de trás do bambuzal
Será que ela me faz bem ou será que me faz mal
Eu vou surfar no céu azul de nuvens doidas
Da capital do meu país
Pra ver se esqueço da pobreza e violência
Que deixa o meu povo infeliz

Beija-flor que trouxe meu amor
Voou e foi embora
Olha só como é lindo meu amor
Estou feliz agora

E a menina que um dia por acaso veio me dizer
Que não gostava de meninos tão largados
Que tocam reggae e MPB
Mas isso é coisa tão banal perto da beleza do Planalto Central
E das pessoas que fazem do Cerrado
O habitat quase ideal

Beija-flor que trouxe meu amor
Voou e foi embora
Olha só como é lindo meu amor
Estou feliz agora

Agradeço por está aqui
Manisfestar a emoção
E coloca minhas idéias, sentimentos
Em forma de canção

Agradeço por poder cantar
E ver você ouvir
E tentar entender essa mensagem
Que eu quero transmitir

Beija-flor que trouxe meu amor
Voou e foi embora
Olha só como é lindo meu amor
Estou feliz agora

Fim de ano vou embora de Brasília que é pra eu ver o mar
Mas diz pra mãe lá pro final de fevereiro é que eu vou voltar
Que é pra surfar no céu azul de nuvens doidas
Da capital do meu país
Pra ver se esqueço da pobreza e violência
Que deixa o meu povo infeliz

Beija-flor que trouxe meu amor
Voou e foi embora
Olha só como é lindo meu amor
Estou feliz agora

0 comentário sobre “Presente de um Beija-Flor

  • Gabriel Valiero disse:

    eu acho que na segunda estrófe fala da dúvida sobre o uso da maconha fazer mal ou não… e sobre a “viagem” que teremos (surfar no céu azul de nuvens doidas) para esquecer os problemas sociais (pobreza e violência).

    na quarta estrofe mostra uma crítica sobre as pessoas que não te julgam pelo que você é; pela sua essencia e sim por sua aparência.

    e na ultima mensagem por fim, nos da um agradecimento por nós escutarmos e entender a mensagem que ele transmitiu! é isso ai!

  • André Farias disse:

    Alguns dizem que o beija-flor é uma giria usada pra identificar a pessoa que distribui a maconha, sendo assim o “amor” nesse caso seria a maconha. Porém não posso afirmar a veracidade desta interpretação. O beija-flor pode representar também algo efêmero e intenso fazendo alusão à duração da vida de um beija-flor e seu metabolismo acelerado.
    A segunda estrofe fala sobre o uso da maconha como uma forma de escapar da realidade social do País.
    Podemos perceber uma característica marcante nas músicas do Natiruts que é a referência a natureza( evidenciada pela presença do beija-flor). Essa referência tem a ver com a filosofia rastafari que valoriza bastante a natureza. Além disso é uma filosofia(ou religião) caracterizada pela crítica político-social. É importante lembrar que o uso da maconha pelos rastafari não tem nada relacionado ao escape e sim a expansão da abstração para a reflexão da filosofia. A maconha é usada por eles em ritos controlados e é liberada por lei apenas a eles, ao contrário dos pseudorastafari que se valem desta filosofia pra usar a droga.

  • “Veja só a névoa branca que sai de trás do bambuzal
    Será que ela me faz bem ou será que me faz mal
    Eu vou surfar no céu azul de nuvens doidas
    Da capital do meu país
    Pra ver se esqueço da pobreza e violência
    Que deixa o meu povo infeliz”
    Eu fiquei na duvida: ou quem compra maconha financia o trafico e causa isso ou ele tá falando que a droga só é usada pra esquecer a realidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>