Não Me Venha Mais Com O Amor

Não me vem que dessa você não se safa
Só eu sei te dar o melhor
Noites de subir pelas paredes altas
Noites de incendiar o lençol
Noites de ver estrelas sob o teto do quarto
Noites de apurar o sabor
Noites inteiras com manobras de risco no ato
Só não me venha mais com amor

A noite nos impõe essa cadencia farta
De fluir e requebrar
Ondas violentas, olhos de ressaca
Salve as noites de se afogar
Quando pinta uns medos e uns pensamentos
Desses de esfriar o calor
Lembro das noites que tivemos de gozo e relento
Só não me venha mais com amor
Só não me venha mais com amor
Só não me venha mais com amor