Gilberto Gil

A necrofilia da arte (Gilberto Gil e Rubinho Troll)


A necrofilia da arte
Tem adeptos em toda parte
A necrofilia da arte
Traz barato artigos de morte

Se o lennon morreu, eu amo ele
Se o marley se foi, eu me flagelo
Elvis não morreu, mas não vivo sem ele
Kurt cobain se foi, e eu o venero

A necrofilia da arte
Dá meu endereço a quem não gosto
A necrofilia da arte
Faz compreender quem não conheço

Zunfus trunchus que eu nem conhecia
Virou meu star no outro dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>