Categorias
Fernando Mendes

Voa pombinha

Eu não consigo esquecer aquela menina
Que modificou para sempre a minha vida
Ela chegou na cidade um dia
Num parque muito bonito trazendo alegria

Todas as noites ao parque eu ia
E lá chegando ela sempre me sorria
Falei do amor que por ela sentia
E de um desejo imenso que em meu peito havia

De carregá-la em meus braços e abraçá-la
De afagar seus cabelos e beijá-la
Ela jurou que em meu caso pensaria
Que dentro de uma semana a resposta daria

Uma semana mais tarde eu voltava
Pensando só na resposta que ansioso aguardava
E foi tão grande a surpresa, maior foi minha tristeza
Pois não havia mais nada naquele lugar

Voa pombinha, voa
Vê se descobre onde ela esta
Diga que estou sofrendo
E que vou morrer se ela não voltar