A Sombra da Maldade

Cidade Negra

0 comentários

Eu sei que ela nunca mais apareceu
Na minha vida minha
Minha mente
Novamente
Eu sei que o que ficou
Não desapareceu
A minha vida
Muda
Sempre
Lentamente
Como a lua,
Que dá voltas pelo céu
E mexe,
Tanto com o presente
Quanto o ausente
Eu sei, eu sei, eu sei, eu sei
Eu sei, eu sei
Não sou vidente
Mas sei o rumo
Do seu coração

Permita
Que o amor
Invada sua casa,
Coração
Que o amor
Invada sua casa,
Coração
Que o amor
Invada sua casa,
Saia, não vaia,
Não caia na navalha
Que corta a tua carne
E sangra tudo o que você precisa
Descobrir




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *