Chico Science & Nação Zumbi

Sobremesa

Walking in the morning sun, my pockets are empty now.
I don’t have anything, only a little black boots.
And little flower in hand, looking to the city.
Cabs, buildings, people, a rocket on the sky, my mind fliiiieeesss.
Borboletas se equilibram no espaço.
Um muro velho em minha face.
Uma cadeira flutua num espiral.
Flores em minha camisa numa tarde do bairro.
E enquanto caminho pelas ruas da cidade, lembro que uma sobremesa me espera em casaaaa.

Eeeee, uma sobremesaa
Eeeee, uma sobremesaa
Eeeee, uma sobremesaa
Eeeee, uma sobremesaa

Wait,

Yeahhh

0 comentário sobre “Sobremesa

  • thiago costa disse:

    Chico nessa música acredita que amudança social ja náo é mais possivel ,e que o importante é aproveitar as delicias da vida, ao inves de ficar reclamando de tudo .. nos pequenos prazeres estão os melhores momentos da vida ( sobremesa = baseado )

  • Só porque o chico sabia aproveitar as sobremesas da vida, não significa que ele acredita na impossibilidade de uma mudança social.
    Também acho que essa sobremesa é aquele velho beck! E que comemoração do chico..
    Isso que é música boa, brasil!

  • Gui Guida disse:

    Nunca tinha pensado que era do beck que ele falava kkkk Eu imaginava que essa sobremesa que ele falava era o conformismo das pessoas ,tipo,o que importa no final do dia é ter uma sobremesa,um algo pra comer já era o suficiente…enfim, acho que a do beck é mais coerente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>