Chico Buarque

Jorge Maravilha

E nada como um tempo após um contratempo
Pro meu coração
E não vale a pena ficar, apenas ficar
Chorando, resmungando, até quando, não, não, não
E como já dizia Jorge Maravilha
Prenhe de razão
Mais vale uma filha na mão
Do que dois pais voando
Você não gosta de mim, mas sua filha gosta
Você não gosta de mim, mas sua filha gosta
Ela gosta do tango, do dengo, do mengo, domingo e de cócega
Ela pega e me pisca, belisca, petisca, me arrisca e me enrosca
Você não gosta de mim, mas sua filha gosta
E nada como um dia após o outro dia
Pro meu coração
E não vale a pena ficar, apenas ficar
Chorando, resmungando até quando, não, não, não
E como já dizia Jorge Maravilha
Prenhe de razão
Mais vale uma filha na mão do que dois pais sobrevoando

(Música atribuída a Julinho da Adelaide, heterônimo de Chico Buarque para burlar a censura do regime militar)

0 comentário sobre “Jorge Maravilha

  • Victor Patriota disse:

    O que me disseram sobre esta música, é que ela foi feita para Ernesto Geisel, pq a filha dele, Lucy Geisel gostava mto de Chico Buarque.

  • “Você”, em Chico, não necessariamente quer dizer uma pessoa. Não necessariamente é Geisel de quem Chico fala, mas de uma condição.

  • Henrique disse:

    Gente. Ocorre que o próprio Chico Buarque relatou que a música não foi composta para a filha de Geisel, como muitos pensam!

  • Chico é malandro, aliás, bom malandro, não é de dar cola sobre suas letras, de atacar de frente, seu gênio lhe permite “atacar” de todas as ordens. A letra pode até não ser para a filha do Geisel, mas que é, é…

  • Joãozinho de Adelaide disse:

    Diferente dessa versão mais popular que fala que seria sobre a filha do Geisel, soube sobre uma versão sobre um agente da ditadura, que havia pedindo um autografo para sua filha…. Bom idependente da versão, parece bem claro que é sobre essa condição da ditadura.

  • vinicius de lima ramos disse:

    A musica foi feita sobre o agente que pedia um autografo para sua filha, porem ele teve a ideia de fazer a musica com o sentido ”voce nao gosta de mim” que era o lider de toda essa ditadura, e ”sua filha gosta” de todos os agentes da ditadura que gostavam dele.(mas na minha opiniao acho que ele se dirigiu mesmo ao lider da ditadura)… bons estudos.

  • Wallacy Brayan disse:

    Chico Buarque esperto e astuto do jeito que era , em meio a ditadura assim como muitos outros cantores tinham que ser espertos para driblar a sensura a letra nada mais e do que um uma faca de dois gumes. Um golpe contra a hipocresia que se assolava e a exposição de que a novo geração estava crescendo e não estava tão conformada com aquilo e já se adptava a um novo padrão.

  • Fabricio Meire Da Silva disse:

    Um dia ouvi um especialista em letras do Chico na Tv Culturano programa da Roberta Zampeti e ele falou que na letra a palavra “vc” era o Geisel e “sua filha” era os brasileiros. Ou seja, na verdade era pra cantar assim: ” vc Geisel, nao gosta de min, mas os Brasileiros gostam.”como era ditadura teve que cantar em “código”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>