Chico Buarque

Chão de Esmeraldas

Me sinto pisando
Um chão de esmeraldas
Quando levo meu coração
À Mangueira
Sob uma chuva de rosas
Meu sangue jorra das veias
E tinge um tapete
Pra ela sambar
É a realeza dos bambas
Que quer se mostrar

Soberba, garbosa
Minha escola é um catavento a girar
É verde, é rosa
Oh, abre alas para a Mangueira passar

Um comentário sobre “Chão de Esmeraldas

  • Esta música conta de forma poética o amor pela Mangueira. É feita uma associação entre a cor verde da esmeralda e a cor da escola ( verde e rosa). Tamanho é o amor a escola que ele compara ao valor da pedra preciosa. A chuva de rosas também refere-se à cor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>