Blitz

O beijo da mulher aranha

Eu vejo e falo
Com muitas pessoas
Mas parece que eu estou
Dormindo ainda com você

Estou cansado de colorir sonhos de enfeites
E vê-los cair no mar
Desmanchando como leite

Meu amor, olha só, está sagrando mel
A do meu coração
Meu amor
Estou sentando nas portas do céu
A do seu coração

Um vento idiota entrando
Em meus pensamentos contentes
Um vento entrando
Toda vez que eu ranjo os dentes
Talvez você não esteja aqui
Quando esta carta chegar

Talvez alguém te fale de mim
Mas por favor o diga que não me conhece
Eu prefiro a que você diga
Essa cara não me estranha
Eu quero é ganhar um beijo
Da mulher aranha

Eu prefiro a que você diga
Essa cara não me estranha
Eu quero é ganhar o beijo
Da mulher aranha
Eu quero é ganhar o beijo
Eu quero é ganhar o beijo
Da mulher aranha
Da mulher aranha
Da mulher aranha
Da mulher aranha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>