Bidê ou Balde

Mesmo que Mude

Ela vai mudar
Vai gostar de coisas que ele nunca imaginou
Vai ficar feliz de ver que ele também mudou
Pelo jeito não descarta uma nova paixão
Mas espera que ele ligue a qualquer hora

Para conversar
Perguntar se é tarde
Pra ligar
Dizer que pensou nela
Estava com saudade
Mesmo sem ter esquecido que

É sempre amor mesmo que acabe
Com ela aonde quer que esteja
É sempre amor mesmo que mude
É sempre amor mesmo que alguém esqueça o que passou

Ele vai mudar
Escolher um jeito novo de dizer "alô"
Vai ter medo de que um dia ela vá mudar
Que aprenda a esquecer sua velha paixão
Mas evita ir até o telefone

Para conversar
Pois é muito tarde
Pra ligar
Tem pensado nela
Estava com saudade
Mesmo sem ter esquecido que

É sempre amor mesmo que acabe
Com ele aonde quer que esteja
É sempre amor mesmo que mude
É sempre amor mesmo que alguém esqueça o que passou

Para conversar
Nunca é muito tarde
Pra ligar
Ele pensa nela
Ela tem saudade
Mesmo sem ter esquecido que

É sempre amor mesmo que acabe
Com ele aonde quer que esteja
É sempre amor mesmo que mude
É sempre amor mesmo que alguém esqueça o que passou

0 comentário sobre “Mesmo que Mude

  • Alexandre Roger disse:

    É uma mesma separação inicialmente encarada pelo ponto de vista dela e por ultimo pelo ponto de vista do homem.
    Ela encarou a separaçao de forma saudavel, apesar de continuar amando-o de uma forma diferente (mesmo que mude) Ela espera que ele encare da mesma forma e ligue de vez em quando pra conversar.

    Ele, ao contrario, ainda a ama da mesma forma, mas evita ligar pra ela, pois provavelmente ela ja vive com outro.

  • Raqueli disse:

    Essa música mostra que mesmo que o tempo passe, acontecendo milhares de coisas na vida dos dois, o que os dois sentiram um pelo outro nunca vai acabar… afinal, amor é uma vez só na vida. Então, É SEMPRE AMOR, MESMO QUE MUDE!

  • Raqueli disse:

    Essa música é maravilhosa! Relata o que é o amor. Pode acontecer diversas mudanças na vida dos dois, mais foi AMOR e isso nunca acaba.

  • Verena Lord disse:

    É sempre amor, mesmo que mude tudo, que o tempo passe,o que foi amor nunca muda, nunca morre, apenas fica guardado, lá no poço da memória…

  • brendinha disse:

    Essa musica é linda e fala um pouco do que eu passei

    Ela mudou e passou a gostar de coisas que ele já gostava. Eles se amam ainda mas estão com medo de dizer o que sentem talvez por pensar que seja tarde pra dizer que ama a pessoa e medo de ser rejeitado pela pessoa.

  • Sou um homem de 35 anos que já não vê graça no rock gaúcho. E chorei ao ouvir esta música do Bidê. Coisas da vida…

    Lembra também d’O Maior, drummond:

    Memória

    Amar o perdido
    deixa confundido
    este coração.

    Nada pode o olvido
    contra o sem sentido
    apelo do Não.

    As coisas tangíveis
    tornam-se insensíveis
    à palma da mão

    Mas as coisas findas
    muito mais que lindas,
    essas ficarão.

  • Vejo essa música como um fim de relacionamento, no qual os dois se afastam e conhecem outras pessoas e passam por outras experiências. Quando diz que ela vai gostar de coisas que ele nunca imaginou, penso que a garota seguiu a vida em vez de ficar em casa chorando pelo amor perdido, conheceu outras pessoas e se tornou uma pessoa mais independente e interessante, e exatamente por isso o rapaz começa a enxerga-la com outros olhos e sente vontade e receio de ligar, pois pode ser tarde demais, pois ela pode ter esquecido sua velha paixão.
    O final não foi feliz – os dois não ficaram juntos – mas cada um leva as lembranças bonitas do que viveram, e mesmo que não se encontrem mais, sempre vão ser importantes um para o outro.
    É isso aí!

    1
    1
  • Passei por exatamente o que essa musica relata! Me acabando de chorar aqui, ao ler essa letra taao linda!! Nunca tinha escultado.

  • Tem duas frases nessa letra que relata bem a vida feminina e masculina. A mulher tem um relacionamento com o homem ESPERANDO QUE ELE MUDE e o homem tem um com a mulher REZANDO PRA QUE ELA NUNCA MUDE.
    Vai gostar de coisas que ele nunca imaginou
    Vai ficar feliz de ver que ele também mudou

    ………….
    Vai ter medo de que um dia ela vá mudar
    Que aprenda a esquecer sua velha paixão

  • 1306BeG disse:

    É uma recordação de um antigo namoro, sobre a visão dela e dele.
    Eles namoraram e tiveram um sentimento muito verdadeiro e mútuo. Até que no momento em que ele percebeu que ela ficou muito nas mãos dele, ele perdeu a vontade de namorar. Ele desapegou muito mais fácil. E ele que terminou.
    Enquanto para ela, seguir a vida, foi muito mais difícil e demorado. Mas quando seguiu, ela se repaginou de uma forma que ele nunca podia esperar, e isso doeu nele – não por ego – mas porque ele sentiu a verdadeira perda, de uma mulher valiosa.
    Para seguir, ela deixou de ser dependente e criou uma vida interessante, conheceu novos lugares, assuntos e conhecimentos que ele jamais supôs um dia que fossem fazer parte do repertório dela. Isso chamou muito a atenção desse ex.
    Quando ele passou a notar, ficou com vontade dela, mas não pôde também deixar de perceber que agora ela estava com outro cara, e isso fez um nó imenso na cabeça dele, afinal ele sempre foi a paixão dela. Ele sentiu receio de se aproximar dela, mas sentia vontade de ligar. Ela ficou com saudades, mas agora entendia que era ele que teria que procurá-la. E assim nenhum dos dois admitiu.
    No fundo essa música é um relato de que o sentimento dos dois ainda é vivo, mas ela aprendeu a lidar com a própria intensidade, enquanto ele se tocou, com o tempo, que sempre gostou dela e agora gosta infinitamente mais, porque ela mudou pra melhor.
    E nesse percurso ele também fez a mudança que ela queria, que era reconhecer que foi um bobo ao terminar.
    Essa música é o verdadeiro relato do amor verdadeiro, onde eles mudam, os anos mudam, eles se distanciam mas a essência do sentimento permanece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>