Armandinho

Termina Sempre Assim


Eu vim eu sei que é madrugada
Mas sei que não dá nada
Bater na tua casa
Venho buscar meu violão
E o pedaço da canção
Que tu não terminou pra mim

Não, não quero conversar
Saudade vai doer
Se o teu cachorro vir pular em mim
Não, não tenta me tocar
Falar como um nenêm
Você já não é mais meu bem

Não vou deixar você me ver chorar
Agora eu vou lembrar daquilo tudo
Que o meu pai falou pra mim
Não vou deixar você me ver sofrer
Eu tenho que aprender que o primeiro amor
Termina sempre assim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>