Armandinho

Mulher do Brother


Essa menina foi de um brother meu,
E ele não fez nada para a merece-la
Fez pouco caso de toda a pureza do amor
Foi imaduro para compreendê-la

Olha meu irmão, vou abrir meu coração
Eu quis a mulher desde a primeira vez
Guardei o amor em mim, te respeitei até o fim
Mas pode crer que ela nasceu foi pra mim, foi pra mim

Essa menina foi de um brother meu,
E ele não fez nada para a merece-la
Fez pouco caso de toda a pureza do amor
Foi imaturo para compreendê-la

Olha meu irmão, vou abrir meu coração
Eu quis a mulher desde a primeira vez
Guardei o amor em mim, te respeitei até o fim
Mas pode crer que ela nasceu foi pra mim, foi pra mim
Mas pode crer que ela nasceu foi pra mim, foi pra mim
Mas pode crer que ela nasceu foi pra mim, foi pra mim. (2x)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>