Armandinho

Asas

Alalauê, Alalauêêêê
Alalauê, Alalauêêêê

‘Cê’ parece um anjo
Só que nao tem asas aiá
Ô meu Deus quando asas tiver
Passe lá em casa

E ao sair..
Pras estrelas eu vou te levar
Com a ajuda da brisa do mar
Te mostrar onde ir

E ao chegar
Apresento-lhe a lua e o sol
E no céu vai ter mais um farol
Que é a luz do teu olhar

Eu não sou moleque
Ainda não tenho casa iaiá
Oh meu Deus se um dia eu tiver
Visto minhas asas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>