Aqui

Ana Carolina

3 comentários

Aqui
Eu nunca disse que iria ser
A pessoa certa pra você
Mas sou eu quem te adora

Se fico um tempo sem te procurar
É pra saudade nos aproximar
E eu já não vejo a hora

Eu não consigo esconder
Certo ou errado, eu quero ter você
Ei, você sabe que eu não sei jogar
Não é meu dom representar

Não dá pra disfarçar
Eu tento aparentar frieza mas não dá
É como uma represa pronta pra jorrar
Querendo iluminar
A estrada, a casa, o quarto onde você está

Não dá pra ocultar
Algo preso quer sair do meu olhar
Atravessar montanhas e te alcançar
Tocar o seu olhar
Te fazer me enxergar e se enxergar em mim

Aqui
Agora que você parece não ligar
Que já não pensa e já não quer pensar
Dizendo que não sente nada

Estou lembrando menos de você
Falta pouco pra me convencer
Que sou a pessoa errada

Eu não consigo esconder
Certo ou errado, eu quero ter você
Ei, você sabe que eu não sei jogar
Não é meu dom representar

Não dá pra disfarçar
Eu tento aparentar frieza mas não dá
É como uma represa pronta pra jorrar
Querendo iluminar
A estrada, a casa, o quarto onde você está

Não dá pra ocultar
Algo preso quer sair do meu olhar
Atravessar montanhas e te alcançar
Tocar o seu olhar
Te fazer me enxergar e se enxergar em mim
Em mim… Aqui




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários para a letra “Aqui

  1. Godofredo Wenceslau Santos disse:

    A letra, uma poesia muito bonita diga-se de passagem, expressa um final de diálogo após duas pessoas discutires a relação.
    Retrata o momento em que uma delas se dá conta de que apesar de suas imperfeições, de sua forma inadequada de demonstrar afeto essa pessoa ama a outra.
    Não obstante essa declaração sincera de amor imperfeito, a outra pessoa parece ignorar e tratar com desdem …
    É uma daquelas situações clássicas em que alguém ama mais que o outro, e não consegue lidar como isso.
    O interlocutor declara de forma velada sua constatação de que sua inocência e ingênuidade o impedem de esconder seus sentimentos.
    Apesar da desilusão, a paixão transcende a dor, trazendo ainda algo de lúdico ao apaixonado.

  2. Felipe Almeida disse:

    Trata-se de alguém que simplesmente não consegue esconder o que sente, não consegue obter frieza, quer se entregar, quer dar tudo de si, quer viver essa paixão, ser notado.

  3. LUIS FERNANDO FIALHO disse:

    Solicito análise da letra “Year of the cat” de Al Stewart