Adoniran Barbosa

Asa negra

Depois que aquela mulher me deixou
Minha vida melhorou
Depois que aquela mulher me deixou
Minha vida melhorou

Se eu soubesse disso
Teria deixado aquela mulher
Há mais tempo
Há mais tempo

Hoje vieram me dizer
Que ela vive a sofrer
E a razão eu sei por que
Vou lhe dizer

Era ela a minha asa negra
Era ela a minha asa negra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>