A pé

Pedi pra descer
E eu quis andar a pé só
Só para andar com você

Pedi pra descer
E eu quis andar a pé só
Só para andar com você

Mas a volta é longa e eu sei
Mas a volta é longa e eu sei

Faz tanto frio lá fora
Faz tanto frio, embora
Tanto tempo faça esquecer

Faz tanto frio lá fora
Faz tanto frio, embora
Tanto tempo faça esquecer

Se eu corro

Eu quero guardar teu beijo
Na concha das mãos
Teu cheiro eu levo feito mancha na roupa
Que eu não lavo não

Sou alvo pros teus olhos claros parecidos
Com essa estação
E adoro os efeitos sonoros de quando você sussurra
Absurdos no ouvido do meu coração

Se eu corro
Eu corro demais só pra te ver meu bem
É que eu quero um socorro
Se eu corro

Se eu corro
Eu corro demais só pra te ver meu bem
É que eu quero um socorro
Se eu corro

Eu quero guardar teu beijo
Na concha das mãos
Teu cheiro eu levo feito mancha na roupa
Que eu não lavo não

Sou alvo pros teus olhos claros parecidos
Com essa estação
E adoro os efeitos sonoros de quando você sussurra
Absurdos no ouvido do meu coração

Se eu corro
Eu corro demais só pra te ver meu bem
É que eu quero um socorro
Se eu corro

Potinhos

Não, não falo de coração
Coração é piegas, careta
Coração tá fora de moda
Nada, nada de cantar coisas do coração
No meu samba canção

Nada de um coração que infarta
Por sofrer de amor
Na tua balada, nada
De um coração que foi triturado
Mastigado e jogado fora

Nada dessa fera
Que se auto devora
Que se auto destrói
E deixa no lugar um buraco gelado
Que quando venta, dói

Por favor, não ponha um marca-passo
No espaço do meu coração
Substitua o bagaço do meu coração
Tão manso e sem descanso
No seu pulso, no balanço, no bater

Ponha um daqueles potinhos
Com água e açúcar
Em que o beija-flor vem beber

Boa pessoa

Se você dormiu bem
Se você comeu bem
Se você quer o bem
De uma boa pessoa

Nessas manhãs de frio
Quando a geada pinta a grama
E o azul do céu é de uma beleza que caçoa

Quando o nada, nada te faria tirar o pijama
Não fosse o vento que vai lá fora
É a voz do teu amor que chama agora

Se você dormiu bem
Se você comeu bem
Se você quer o bem
De uma boa pessoa

Quando o nada, nada te faria tirar o pijama
Não fosse o vento que vai lá fora
É a voz do teu amor que chama agora

E você vem
E você vem

Laraiá, laraiá, laraiá
Laraiá, laraiá, laraiá
Laraiá, laraiá, laraiá

Terminei indo

Eu já sei caminhar em tantas nuvens
E posso visitar de vez em quando o chão
Do alto do parque, por cima das árvores eu vejo você

Antes de bater o vento eu já pensava em voar
Antes do sol clarear eu desapareci
Por cima dos prédios, estrelas vermelhas não brilham no céu

Eu sou das ruas de qualquer lugar
Existo sempre que você pensar em nós
Não tenho tempo pra guardar recordações

Mas o tanto que eu levar de você
Eu deixo um pouco pra me misturar
E não descanso pra você dormir

Eu já sei caminhar em tantas nuvens
E posso visitar de vez em quando o chão
Do alto do parque, por cima das árvores eu vejo você

Em quanto os pássaros sorriem para mim
Você procura o céu que não existe mais
Em São Paulo cinza, no Rio vermelho, em Recife azul

Mas o tanto que eu levar de você
Eu deixo um pouco pra me misturar
E não descanso pra você dormir

Eu troco a roupa, eu tomo um café
Me sento sempre na janela
E a minha casa é pra onde vão meus pés

Canção pra não voltar

Não volte pra casa, meu amor, que aqui é triste
Não volte pro mundo onde você não existe
Não volte mais
Não olhe pra trás
Mas não se esqueça de mim, não
Não me lembre que o sol nasce no leste e no oeste morre depois
O que acontece é triste demais
Pra quem não sabe viver
Pra quem não sabe amar

Não volte pra casa, meu amor, que a casa é triste
Desde que você partiu, aqui nada existe
Então
Não adianta voltar
Acabou o seu tempo, acabou o seu mar
Acabou seu dia
Acabou, acabou

Não volte pra casa, meu amor, que a casa é triste
Vá voar com o vento que só lá você existe
Não esqueça que eu não sei mais nada
Nada de você
Não me espere, porque eu não volto logo
Não nade, porque eu me afogo
Não voe, porque eu caio do ar
Não sei flutuar nas nuvens como você
Você não vai entender
Que eu não sei voar
Eu não sei mais nada

Dó com baixo em dó
Sol com baixo em si
Lá com baixo em lá
Lá com baixo em sol
Fá com baixo em fá
Fá com baixo em fá sustenido
Sol com baixo em sol
Sol com lá bemol

Dó maior com dó
Sol maior com si
Lá menor com lá
Lá menor com sol
Fá com baixo em fá
Fá com baixo em fá sustenido
Sol com baixo em sol
Sol com lá bemol

Não me espere, porque eu não volto logo
Não nade, porque eu me afogo
Não voe, porque eu caio do ar
Não sei flutuar nas nuvens como você
Você não vai entender
Que eu não sei voar
Eu não sei mais nada

Dó com baixo em dó
Sol com baixo em si
Lá com baixo em lá
Lá com baixo em sol
Fá com baixo em fá
Fá com baixo em fá sustenido
Sol com baixo em sol
Sol com lá bemol

Uma atriz

Não me diga que eu amo a mim
Mais do que amo você, meu bem
Mas de fato as paixões são pra si mesmas
Não são pra mais ninguém
O que não quer dizer, porém
Que sozinho eu possa ser feliz
Pois então decore esse texto
Sob o pretexto de não parecer uma atriz

Na verdade eu acho que amo você
Melhor que você mesma
E eu fumo um cigarro, eu bato um carro
Eu espero que você veja
Que eu não posso viver sob a mira eterna
Desses dois olhos frios
Olha o tempo passando, e a gente parado
Fazendo cena pro público rir

Qualquer coisa é motivo pra uma coisa levar a outra
Não é possível ser esperto, inteligente
E ao mesmo tempo amar
Não vou negar, não vou negar, enfim
As paixões, meu amor, são tontas, são tantas
Chegou a conta, esteja pronta, aquele ponto
Em que tudo muda
Não quero ser o último a chorar

Mercadoramama

Tô aqui no silêncio do apartamento
Esperando você chegar de sacolas com as coisas, coisinhas
As compras do mercadoramama
Pra criança que vai acordar
E a cerveja que não vai gelar nesse freezer de uma noite tão quente, bacana e com pizza
Eu e você e o bebê a chorar

Bua bua bua bua bua sem parar
Bua bua bua bua bua a chorar
Bua bua bua bua bua

Por isso eu to aqui
No silêncio do apartamento
Esperando você chegar de sacolas
As compras do mercadoramama
Pra criança que vai acordar
E a cerveja que não vai gelar nesse freezer de uma noite tão quente, bacana e com pizza
Eu e você e o bebê a chorar

Bua bua bua bua bua sem parar
Bua bua bua bua bua a chorar
Bua bua bua bua bua e o bebê
Bua bua bua bua bua

Oração

Meu amor essa é a última oração
Pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa

Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois

Cabe até o meu amor
Essa é a última oração pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa

Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois

Cabe até o meu amor
Essa é a última oração pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa

Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois

Cabe até o meu amor
Essa é a última oração pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa

Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois

Cabe até o meu amor
Essa é a última oração pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa

Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois

Cabe até o meu amor
Essa é a última oração pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa

Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois

Cabe até o meu amor
Essa é a última oração pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa

Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois

Cabe até o meu amor
Essa é a última oração pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa

Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe nós dois

Cabe até o meu amor
Essa é a última oração pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na despensa

Cabe o meu amor!
Cabem três vidas inteiras
Cabe uma penteadeira
Cabe essa oração