Diplomacia

Pouco importa a razão da verdadeQue impede a felicidadeDe morar no meu coraçãoPouco importa se tudo hoje em diaSe baseia na diplomaciaQue semeia a desunião Se é preciso ouvir toda genteQue só diz aquilo que não senteQue faz pouco da minha afliçãoPouco importa a razão da verdadeQue impede a felicidadeDe morar no meu coração Se […]

Diplomacia

Pouco importa a razão da verdadeQue impede a felicidadeDe morar no meu coraçãoPouco importa se tudo hoje em diaSe baseia na diplomaciaQue semeia a desunião Se é preciso ouvir toda genteQue só diz aquilo que não senteQue faz pouco da minha afliçãoPouco importa a razão da verdadeQue impede a felicidadeDe morar no meu coração Se […]

Know-how

Oh meu bem,não sei..Sonhar,é demais pra mim babyEnfim,te amar,provar do que sou capaz(capaz baby) Gamei teu moralTeu desdem,teu know howPra que dizer?Pra que?Isso não se faz É pois já cansei de não ser seu parAssim veja bem quem errouAnjos de lá,dizem quem eu souVocê se enganou e me enganouDirei teu novo amor:É a solução! Meu […]

Castiçal

Se Deus quiserAmanhã verei o meu amorAlgo me dizQue amanhã a coisa irá mudarSó mesmo um grande amorNos faz ter capacidadePra viverRasgo as cartas que euSonhei em escreverPor castigo ou capricho eu vivo tão sóEntre palmas de mãosQue aplaudem musicasQue eu vou agora cantar Talvez minha moçaLinda moçaQueira me amarSou virgem da água de salUm […]

Tenho dito

Eu le pediAté emploreiFiz tudo em fimMas você não me quer babyNão me quer babyNão me quer babyNão me querSobre o que le faleiVai se cuidarNossa amizade perfuraraQuanto ao nosso amorQue se apogou‘Que vai você fazer’So quero dizerSiga em frenteQue atraz vem genteAme as flores,babyE sempre cortanos de saboresEu le pediAté emploreiFiz tudo em fimMas […]

Você fingiu

Foi você quem me deuTodo amor que sonheiFoi você, foi vocêFoi você, foi vocêMas um dia Aquele amor morreu Eu não sei que fazerPra você me quererEu não sei Não, não, não seiEu não sei Não, não, não Não, não seiSei que o nosso amor Se acabou Você fingiu(Você fingiu)Você jurou me amar(Você fingiu)Você mentiu(Você fingiu)Você jurou gostar(Você fingiu)Você fingiu(Você […]

Padre Cícero

No sertão do Crato,Nasce um homem pobrePorém muito jovem,porém muito jovemTodo mundo vai saber,Quem ele é Este homem estuda,Mesmo sem ajudaSe formou primeiroE no JuazeiroTodo mundo respeitou,O padre Cicero, Padre Cicero,Padre Cicero, padre Cicero Daí então tudo mudou,De reverendo a lutadorDesperta ódio e amor,passaram anos pra saberSe era bom ou mal,Mas ninguémAté hoje afirmou Era […]

Pra não te acordar

Sorte é ver você sorrindoEnquanto você tá dormindo, amorSerá que sonha comigo?Eu não sei, mas não ligoE, pra não te acordar, eu nem respiro Sorte é ver você sorrindoEnquanto você tá dormindo, amorSerá que sonha comigo?Eu não sei, mas não ligoE, pra não te acordar, eu nem respiro Eu já tinha desistido dessa coisa de […]

Vaso quebrado

Você cutucou meu coraçãoCom a vara curta do amorDepois acenou e me deixouCurtindo essa imensa dorE disse pra eu ter muita paciênciaDa tolerância nasce a florVê se se manca e volta depressaNão me deixe assim, sofredor Você cutucou meu coraçãoCom a vara curta do amorDepois acenou e me deixouCurtindo essa imensa dorE disse pra eu […]

Nada ao redor

O espaço-tempoCuida de todos nósSem mistérios Não somos o centroNada é só sobre nósSem segredos Onde forToda fé tem a ver com o medo SeiAmanheceuNão há nada ao redorSeiO amanhecer é bonito Nós, pequenos esquecidosQuerendo significarNós, eventos desconexosFugindo de insignificarPra aliviar a queda Sei de partirE continuar Tudo dançaToda partículaTudo é sonhoSeja qual for a […]

Era só

Gostar de você minha razão de viverPerdidaGostar de gostar de gostar de vocêMinha razão pra rima Gostar de você minha razão de viverPerdidaGostar de gostar de gostar de vocêMinha razão pra rima Era só era sóEu estar com vocêServiaEra só era sóEu amava por nósSozinha Era só era sóEu estar com vocêServiaEra só era sóEu […]

Bares da vida

Quantas dor de cotoveloEu bebi na minha vidaEspadona e ParreirinhaPonto chique, avenida Outros bares da IpirangaEram a consolaçãoSó mais um e era a contaDa minha desilusão A noite ainda é criançaDiz o garçom, o barmanNo copo que é companheiroDeixa a saudade de alguém Se reparar no relógioOs ponteiros vão correndoOs olhos estão piscandoE o dia […]

Trilhos urbanos

O melhor o tempo escondeLonge, muito longeMas bem dentro aquiQuando o bonde dava a volta aliNo cais de Araújo PinhoTamarindeirinhoNunca me esqueci Onde o imperador fez xixi Cana doce, Santo AmaroGosto muito raroTrago em mim por tiE uma estrela sempre a luzirBonde da Trilhos Urbanos Vão passando os anosE eu não te perdiMeu trabalho é te traduzir […]

Guardiões da Terra

A luta começou de novoO sangue está manchando nossas mãosDesejos egoístasComece a matança novamente Ilusão de riquezaAgitando a raivaA luta começou de novoSangue foi derramado Nossa terraNossa salvação Deslizando atravésDe nossas mãos atadasNós vendemos nossas almasNão há lugar para se esconderPorque fechamos os olhosNão há uma segunda chance Auto destruiçãoPor falar a verdadeNós continuamos vivosPreserve […]

Vaso quebado

Só percebi quando era tardeTudo entre nós foi falsidadeCom esse ar de inocênciaMe deixou enfeitiçadoMas em tuas veiasAo invés de sangueCorre o pecado Me decidi não fiz alardeNenhum de nósVai ter saudadeSe vou lembrar da experiênciaEstou pouco preocupadoMas de tuas teiasDe hoje em dianteEstou afastado Tentei mudar as leisDesprezei o velho ditadoPensei ser ventaniaLogo veio […]

Um lugar do caralho

Eu preciso encontrarUm lugar legal pra mimDançar e me escabelarTem que ter um som legalTem que ter gente legalE ter cerveja barata Um lugar onde as pessoasSejam mesmo afudêUm lugar onde as pessoasSejam loucas e super chapadasUm lugar do caralho Sozinho pelas ruas de São PauloEu quero achar alguém pra mimUm alguém tipo assimQue goste […]

London London

I’m wondering round and roundNowhere to goI’m lonely in London LondonIt’s lovely soI cross the streets without fearEverybody keeps the way clearI’m wondering round and around hereNowhere to go Oh my eyesGo looking for flyingSaucers in the skyYes my eyesGo looking for flyingSaucers in the sky Quem pode ter certeza do que éQuem pode entender […]

Escalada

Vou escalar todo o seu corpocomo se escala uma montanhae vou depois gritar bem altotodo o prazer dessa façanha Seu corpo ás vezes estremecequando eu subo um pouquinho maismas nada disso me impedee nem me faz voltar atrás Eu sinto que já estou chegando ao cumedessa grande montanha de amorque nunca fora escalada antespor isso […]

O vento a chuva o teu olhar

Vento, a chuva, o teu olhar O frio, o medo de não te ver mais Quando a tarde me encontra triste Nem sei de um lugar pra ir Um silêncio azul me envolve Num desejo de te encontrar Voltando no tempo pra te esperar Num dia perdido em algum lugar Sempre lembro te ver chegando Com jeito de quem se vai Se entregando no […]

Canção da América

Amigo é coisa prá se guardarDebaixo de sete chavesDentro do coraçãoAssim falava a cançãoQue na América ouviMas quem cantava chorouAo ver seu amigo partir… Mas quem ficouNo pensamento vôouCom seu cantoQue o outro lembrou… E quem voouNo pensamento ficouCom a lembrançaQue o outro cantou… Amigo é coisa prá se guardarNo lado esquerdo do peitoMesmo que […]

Agora tá

Já que tá aí,Pela metade, mas táMelhor cuidarPra peteca não cairPra não deixar escapulirComo água no raloAquilo que já fez caloDoeu feito joaneteCastigou nosso cavaloCortou como caniveteFeriu, mexeu, mixouNunca comeu meladoVai lambuzarSe vacilar pode cantar pra subirPorque não dá pra começar todo rolo de novoSe o bolo ficar sem ovoSe a massa não tem fermentoSe […]

Terra de ninguém

Segue nessa marcha triste Seu caminho aflito Leva só saudade E a injustiça que só lhe foi feita Desde que nasceu Pelo mundo inteiro Que nada lhe deu Anda, teu caminho é longo Cheio de incerteza Tudo é só pobreza Tudo é só tristeza Tudo é terra morta Onde a terra é boa O senhor é dono Não deixa passar. Para no final da tarde Tomba já cansado Cai um […]

Redescobrir

Como se fora a brincadeira de rodaMemória!Jogo do trabalho na dança das mãosMacias!O suor dos corpos, na canção da vidaHistórias!O suor da vida no calor de irmãosMagia! Como um animal que sabe da florestaMemória!Redescobrir o sal que está na própria peleMacia!Redescobrir o doce no lamber das línguasMacias!Redescobrir o gosto e o sabor da festaMagia! Vai […]

Onze fitas

Por engano, vingança ou cortesiaTava lá morto e posto, um desregradoOnze tiros fizeram a avariaE o morto já tava conformadoOnze tiros e não sei porque tantosEsses tempos não tão pra ninhariaNão fosse a vez daquele um outro iaDeus o livre morresse assassinadoPro seu santo não era um qualquer umTrês dias num terreno abandonadoOstentando onze fitas […]

Conversando no bar (Nas Asas da Panair)

Lá vinha o bonde no sobe-e-desce ladeiraE o motorneiro parava a orquestra um minutoPara me contar casos da campanha da ItáliaE do tiro que ele não levouLevei um susto imenso nas asas da PanairDescobri que as coisas mudamE que tudo é pequeno nas asas da Panair E lá vai menino xingando padre e pedraE lá […]

Perto demais de Deus

Tem gente perto demais de deusTem gente que não deixa deus sozinhoE diz deus ilumine seu caminhoE guarda deus na cristaleiraCristo perto dos cristaisCristo assim perto demaisCristo já é um de nósCarne e osso pão e vinhoTem gente que não deixa deus em pazTem gente incapaz de viver sem deusE o trata como um funcionário […]

A amor é um ator revolucionário

O amor é um ato revolucionárioQuem vive amando dando amor e sendo amadoColhendo o que lhe é oferecidoE a si mesmo se coloca ofertadoSe este está nu veste-o manto sagradoQue ao que ama o infinito faz vestidoDe Deus e os deuses sim é o mais queridoMesmo no escuro seu sentir é iluminado O amor é […]

Antinome

A noite agudaOuvi um deus me acudaComo se aqui fosse a croáciaE era um assalto na farmáciaAlguém necessitavaGaze e merthiolateOb e chá mate Chamo-te pelo antinome, paiQuando o invisívelSome e se esvaiEm vinho que não beboEm pão que não comerei jamais No dia longoSol nascendo e sol se pondoComo se aqui fosse o saaraÉ ceará […]

Onde estará o meu amor

Como esta noite findaráE o sol então rebrilharáEstou pensando em você…Onde estará o meu amor ?Será que vela como eu ?Será que chama como eu ?Será que pergunta por mim ?Onde estará o meu amor ?Se a voz da noite responderOnde estou eu, onde está vocêEstamos cá dentro de nósSós…Se a voz da noite silenciarRaio […]

Respeitem meus cabelos, brancos

Respeitem meus cabelos, brancosChegou a hora de falarVamos ser francosPois quando um preto falaO branco cala ou deixa a salaCom veludo nos tamancos Cabelo veio da áfricaJunto com meus santos Benguelas, zulus, gêgesRebolos, bundos, bantosBatuques, toques, mandingasDanças, tranças, cantosRespeitem meus cabelos, brancos Se eu quero pixaim, deixaSe eu quero enrolar, deixaSe eu quero colorir, deixaSe […]

Mandela

gastei minha sandália havaianaandando atrás dessa baianamas a baiana me vaioueu disse que vim do senegalmontado num cavalo-de-paubaiana me desmontouolha que me queixo pro tutubaiana deixa dissovou reclamar pro bispo de tu mand’ela virmand’ela aquimand’ela cámand’ela mand’elamand’ela mand’ela eu disse que vim do cabo verdemas ela me achou imaturomandou pra porto seguroe agora tá indo […]

Quem é?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Twitterexibições66.614Quem É?Agnaldo Timóteo Play Quem É?Couldn’t find anything.Quem é? Que não sofre por alguémQuem é? Que não chora uma lágrima sentidaQuem é? Que não tem um grande amorQuem é? Que não chora uma grande dorQuem é? Que não sofre por alguémQuem é? Que não chora uma lágrima sentidaQuem é? Que não […]

A Casa do Sol Nascente

A casa dos meus sonhosÉ feita de ilusãoE vive sempre cheia de amorAmor e solidão Na casa dos meus sonhosVirá para aquecerMinha alma sempre a te esperarNum lindo alvorecer Eu sei que este solVai um dia aparecer Na luz que existeEm teu lindo olharPra minha alma iluminar A casa dos meus sonhosÉ feita de ilusãoE […]

Os Verdes Campos da Minha Terra

Se algum diaÀ minha terra eu voltarQuero encontrarAs mesmas coisas que deixeiQuando o trem parar na estaçãoEu sentirei no coraçãoA alegria de chegar De rever a terra em que nasciE correr como em criançaNos verdes campos do lugarQuero encontrarA sorrir para mimO meu amor na estação a me esperarPegarei novamente a sua mãoE seguiremos com […]

Esta melodia

Quando vem rompendo o diaEu me levanto, começo logo a cantarEsta doce melodia que me faz lembrarDaquela linda noite de luarQue eu tinha um alguém sempre a me esperarDesde o dia em que ela foi emboraEu guardo está canção na memória Eu tinha esperança que um dia ela voltassePara a minha companhiaDeus deu resignaçãoAo meu […]

Garças pardas

Ouvi falar nas garças pardas Mas pensei que era brinquedo Nas florestas onde andei encontrei Plantas que até tive medo (Lá nas matas tudo é segredo)  Eu pensei e estou arrependido Lá nas matas passei anos bem vividos Eu vi garças pardas Borboletas e um colorido tão sutil Que saudade que eu tenho das florestas do meu Brasil 

Coleção de passarinhos

Quiseram me comprareu não vendiuma linda coleção de passarinhosBernardo é GaturamaAurélio é RouxinolLino é o CanárioMano Rubens CurióQuatro malandros chamados Bamba-querereles não comem e não bebemnão deixam ninguém comeramanhã que vou me emboraque me dão para levarlevo penas e saudadesno caminho vou chorar

Orgulho, Hipocrisia (Quem Espera Sempre Alcança)

Orgulho, hipocrisia, vaidade e nada maissão três coisas que em menos de um segundo se desfazo mundo é mesmo assim, cheio de ilusãoa arte de convencer meu coração a vida mal vivida é ilusãovaidade nunca fez bem a ninguémé tudo hipocrisia, orgulho e nada maisa vida que passou não volta atrás

Barracão é seu

Barracão é seu vou desocupar Coração é meu vou desabafar Me dá meu violão que eu vou-me embora Quero mostrar à senhora que eu tenho aonde morar Me dá meu violão que eu vou-me embora Quero mostrar à senhora que eu tenho aonde morar Barracão é seu Eu vou desocupar Quero mostrar à senhora que […]

Piedade

Piedade, ôôô (piedade)Tem piedade, oh mãe de Deus (piedade) Nossa Senhora da Penha (piedade)Que altura foi morar (piedade)Naquele lugar tão alto (piedade)Freguesia de Irajá (piedade) Piedade, ôôô (piedade)Tem piedade, oh mãe de Deus (piedade) Nossa Senhora da Penha (piedade)É madrinha de João (piedade)Eu também sou afilhada (piedade)Da Virgem da Conceição (piedade) Piedade, ôôô (piedade)Tem piedade, […]

Quero ver subir, quer ver descer

Quer ver descerQuero ver subirQuer ver descerQuero ver subir Bê-a-BáBê-e-BéBê-i-BiQuero ver as cadeiras bolirBê-a-BáBê-e-BèBê-i-BiQuero ver as cadeiras bolir A mulata é “facera” (Oba)Bota a mão nas “cadera” (Oba)Bota a mão nos olhinhos (Oba)Bota a mão no queixinho (Oba)Bota a mão no umbiguinho (Oba) Bota a mão no lê lê lêCadê vocêÓ eu aquiCadê vocêÓ eu […]

Coração ateu

O meu coração ateu quase acreditouNa tua mão que não passou de um leve adeusBreve pássaro pousado em minha mãoBateu asas e voou Meu coração por certo tempo passeouNa madrugada procurando um jardimFlor amarela, flor de uma longa esperaLogo meu coração ateu Se falo em mim e não em tiÉ que nesse momento já me […]

Alegre menina

“O que fizeste, sultão, de minha alegre menina?” “Palácio real lhe dei, um trono de pedrariaSapato bordado a ouro, esmeraldas e rubisAmetista para os dedos, vestidos de diamantesEscravas para serví-la, um lugar no meu dosselE a chamei de rainha, e a chamei de rainha” “O que fizeste, sultão, de minha alegre menina?Só desejava campina, colher […]

Cartinha cor de rosa

A cartinha que eu ontem acheiNa janela do meu bangalôEra tua, eu logo adivinheiPorque meu coração palpitouPequenina de róseo matizPerfumada tal qual uma flor E me fez um instante felizPensando em teu amorMas quando a li, a palpitarQue tristeza, que desilusãoEu vim a saber que infelizmenteJá não é só meu, teu coração A cartinha que […]

Lalá

Lalá, Lelé, Lili, Loló, Lulu… Bando da Lua  Amei Lalá Mas foi Lelé que me deixou jururu Lili foi mal Agora só quero Lulu  Amei Lalá Mas foi Lelé que me deixou jururu Lili foi mal Agora só quero Lulu (Lulu, Lulu)  Eu ando agora tão só Não tenho Lalá, Lelé, Lili E não encontro Loló Eu ando agora tão só Não tenho Lalá, Lelé, Lili […]

Tem marujo no samba

Chegou a primeira escola de sambaEscola que não tem rivalPelo som da bateriaAté parece o Batalhão Naval Neste mundo só há duas coisasQue balançam o meu coraçãoÉ a ginga da minha cabrochaE a cadência do meu Batalhão Duas coisas somente no mundoFazem meu corpo balancearA cadência de um samba de morroE o balanço das ondas […]

Carinhoso

Meu coraçãoNão sei porqueBate felizQuando te vê E os meus olhos Ficam sorrindoE pelas ruas Vão te seguindoMas mesmo assim Foges de mim Ah Se tu soubessesComo sou Tão carinhosoE muito e muito Que te queroE como é sincero O meu amorEu sei que tu Não fugirias Mais de mim Vem, vem, vem, vemVem sentir o calorDos lábios meusÀ procura dos teus Vem matar […]

Primavera no Rio

O Rio amanheceu cantando. Toda a cidade amanheceu em florE os namorados vêm pra rua em bandoPorque a primavera é a estação do amor.. Rio, lindo sonho de fada, Noite sempre estrelada de praias azuis. Rio, dos meus sonhos dourados, festa dos namorados,cidade da LuzRio, das manhãs prateadas Das morenas queimadas, ao brilho do solRio, é cidade desejo exacista […]

Coração

Coração, Governador da embarcação do amor, Coração, Meu companheiro na alegria e na dor, A felicidade procurada corre, E a esperança é sempre a última que morre.  Coração que não descansa noite e dia, Sempre aguardando uma alegria, Esperando no mar desta vida, Embarcação à procura, De um porto feliz de salvação.

Teu retrato

Já sei que vais emboraQue não queres mais o meu amorQue minh’alma que choraE te pede, por favorDeixa ficar teu retrato comigoQuero ter a ilusãoQue ainda vivo contigo Fica abre a luz dos teus braçosMeu coração em pedaçosSó pode falar assim, por quê?Eu lhe imploroSe fores embora eu choroNão te separes de mim

Bambo de bambú

olha o bambo de bambu, bambu, bambuolha o bambo de bambu, bambulelêolha o bambo de bambu, bambulaláeu quero ver dizer três vezesbambulê, bambulalá fui a um banquete na casa do Zé Pequenoa mesa tava no sereno pra todo mundo cabertinha de toda qualidade de talhertinha mais homem que mulhermas só não tinha o que comer, […]

Nas cadeiras da baiana

(Estribilho)Nuno Roland – Nas cadeiras da baiana tem…Carmen Miranda – Tem candomblé, tem feitiçoCanjerê com azeite de dendêBaiana que faz cocada,a cassa e tudo enfimNR – Baiana que tanto gosto e que não gosta de mim NR – Baiana eu canto samba, canto valsae não dou rataVou lá na tua janela fazer uma serenata (Estribilho)CM […]

Samba rasgado

Uma cabrocha bonita cantando e sambandoQuem não admira Gingando seu corpo que mesmo a gente espiandoParece mentiraCabrocha que só fala gíria Que tem candomblé no seu sapateado Cabrocha que veio do morro Trazer pra cidade o samba rasgadoPara eu cantar um sambaNão precisa orquestraçãoGosto mais de uma cuíca, um cavaquinho Um pandeiro e um violão… […]

Luzes da Ribalta (Limelight)

Vidas que se acabam a sorrirLuzes que se apagam, nada maisÉ sonhar em vão, tentar aos outros, iludirSe o que se foi, pra nós não voltará, jamais Para que chorar, o que passouLamentar perdidas ilusõesSe o ideal que sempre nos acalentouRenascerá em outros corações Para que chorar, o que passouLamentar perdidas ilusõesSe o ideal que […]

Felicidade

Para que tanta ambição, tanta vaidade?Procurar uma estrela perdidaQuase sempre o que nos dá felicidadeSão as coisas mais simples da vida Felicidade é uma casinha simplesinhaCom gerânios, em flor na janelaUma rede de malha branquinhaE nós dois a sonhar dentro dela (Ai, ai, ai, isto é tão pouco, minha nega)Ai, ai, ai, mas pra mim […]

Aqueles Olhos Verdes (Aquellos Ojos Verdes)

Aqueles olhos verdesTranslúcidos serenosParecem dois amenosPedaços do luarMas têm a miragemProfunda do oceanoE trazem todo o enganoDas procelas do mar Aqueles olhos verdesQue inspiram tanta calmaEntraram em minh’almaEncheram-na de dorAqueles olhos tristesPegaram-me tristezaDeixando-me a cruezaDe tão infeliz amor Aqueles olhos verdesQue inspiram tanta calmaEntraram em minh’almaEncheram-na de dorAqueles olhos tristesPegaram-me tristezaDeixando-me a cruezaDe tão infeliz […]

Noites de junho

Noite fria, tão fria de junho.Os balões para o céu vão subindo,Entre as nuvens, aos poucos sumindo,Envoltos num tênue véu.Os balões devem ser, com certeza,As estrelas daqui deste mundo,E as estrelas do espaço profundoSão os balões lá do céu. Balão do meu sonho dourado,Subiste enfeitado, cheinho de luz.Depois, as crianças tascaram,Rasgaram teu bojo de listas […]

Noites de junho

Noite fria, tão fria de junho.Os balões para o céu vão subindo,Entre as nuvens, aos poucos sumindo,Envoltos num tênue véu.Os balões devem ser, com certeza,As estrelas daqui deste mundo,E as estrelas do espaço profundoSão os balões lá do céu. Balão do meu sonho dourado,Subiste enfeitado, cheinho de luz.Depois, as crianças tascaram,Rasgaram teu bojo de listas […]

Seu Libório

Seu Libório tem três vizinhas Manon, Margot e Fru-fruSaem todas as tardinhasCarregando o seu LuluNinguém sabe o que elas fazemPorém todo mundo dizQue Seu Líbório é quem mandaAh!,Como o Libório é feliz A Manon é mais lourinhaQue boneca de ParisA Margot é queimadinhaPelo sol do meu paísA Fru-fru tem um sinalzinhoNa pontinha do narizO Seu Libório […]

Juraci

Desde o dia quem que eu te vi, juracyNunca mais tive alegriaMeu coração ficou daquele jeitoDando pinote dentro do meu peitoMas agora eu quero, eu quero saberQual a sua opiniãoPra resolver nossa situaçãoPode ser, ou tá difícil, coração? Desde o dia quem que eu te vi, juracyNunca mais tive alegriaMeu coração ficou daquele jeitoDando pinote […]

Mané Fogueteiro

Mané Fogueteiro Era o deus Das criançasDa vila distantes De Três CoraçõesEm dias de festa Fazia rodinhasSoltava foguetes Soltava balões Mané Fogueteiro Gostava da RosaCabocla mais linda Esse mundo não temMas o pior É que o Zé BoticárioGostava um bocado Da Rosa também E um dia encntraram Mané FogueteiroDe olhos vidradosDe bruços no chãoUm tiro certeiro Varara-lhe o peitoDe volta da festa Do Juca Romão E como […]

Yes, Nós Temos Bananas

Yes Nós temos bananasBananas Pra dar e venderBanana meninaTem vitaminaBanana engorda E faz crescer Yes Nós temos bananasBananas Pra dar e venderBanana meninaTem vitaminaBanana engorda E faz crescer Vai para a França O café Pois éPara o Japão O algodão Pois nãoPro mundo inteiroHomem ou mulherBananas Para quem quiser

Samba da boa vontade

(Campanha da boa vontade) Viver alegre hoje é precisoConserva sempre o teu sorrisoMesmo que a vida esteja feiaE que vivas na pirimbaPassando a pirão de areia Gastei o teu dinheiroMas não tive compaixãoPorque tenho a certezaQue ele volta à tua mãoSe ele acaso não voltarEu te pago com sorrisoE o recibo hás de passar(Nesta qüestão […]

Cadê Mimi

Cadê Mimi?Cadê Mimi?Mimi Que fugiu pra XangaiMimi que partiuMe deixando aquiDo meu pensamento Não sai Cadê Mimi?Cadê Mimi?O meu Brinquedinho chinêsQue ainda espero Encontrar e amarAmar mais uma vez Perguntei a todos Por MimiO meu bibelô Que eu ganhei e perdiMas ninguém Ninguém soube dizerOnde que Mimi foi viver Se algum dia Eu encontrar MimiO meu bibelô Que eu ganhei e perdiVou trancar Mimi Numa […]

Cadê Mimi

Cadê Mimi? Cadê Mimi? Mimi que fugiu pra Xangai Mimi que partiu me deixando aqui Do meu pensamento não sai  Cadê Mimi? Cadê Mimi? O meu bibelô japonês Que ainda espero encontrar e amar Amar mais uma vez  Perguntei a todos por Mimi O meu bibelô que eu encontrei e perdi Mas ninguém, ninguém soube dizer Onde é que Mimi foi viver  Se algum […]

Pastorinhas

A estrela d’alvaNo céu despontaE a lua anda tontaCom tamanho esplendorE as pastorinhasPra consolo da luaVão cantando na ruaLindos versos de amor Linda pastoraMorena da cor De MadalenaTu não tens penaDe mim Que vivo tontoCom o teu olharLinda criançaTu não me sais Da lembrançaMeu coração Não se cansaDe sempre E sempre te amar

Noites brasileiras

Ai que saudades que eu sintoDas noites de São JoãoDas noites tão brasileiras nas fogueirasSob o luar do sertãoDas noites tão brasileiras nas fogueirasSob o luar do sertão Meninos brincando de rodaVelhos soltando balãoMoços em volta à fogueira brincando com o coraçãoEita, São João dos meus sonhosEita, saudoso sertão, ai, ai Ai que saudades que […]

Vem morena

Vem, morena, pros meus braçosVem, morena, vem dançarQuero ver tu requebrandoQuero ver tu requebrarQuero ver tu remexendoResfulego da sanfonaInté que o Sol raiar Esse teu fungado quenteBem no pé do meu pescoçoArrepia o corpo da genteFaz o véio ficar moçoE o coração de repenteBota o sangue em arvoroço Vem, morena, pros meus braçosVem, morena, vem […]

A volta da asa branca

Já faz três noitesQue pro norte relampeiaA asa brancaOuvindo o ronco do trovãoJá bateu asasE voltou pro meu sertãoAi, ai eu vou me emboraVou cuidar da prantação A seca fez eu desertar da minha terraMas felizmente Deus agora se alembrouDe mandar chuvaPr’esse sertão sofredorSertão das muié sériaDos homes trabaiador Rios correndoAs cachoeira tão zoandoTerra moiadaMato […]

Vozes da seca

Seu doutô os nordestino têm muita gratidãoPelo auxílio dos sulista nessa seca do sertãoMas doutô uma esmola a um homem qui é sãoOu lhe mata de vergonha ou vicia o cidadão É por isso que pidimo proteção a vosmicêHome pur nóis escuído para as rédias do pudêPois doutô dos vinte estado temos oito sem chovêVeja […]

Dança Mariquinha

Dança, dança, MariquinhaPara o povo apreciarEssa boa mazurquinhaQue pra você vou cantarOuça, meu bem,A sanfona tocar Quitiribom, quitiribom,Toca no baixo desse acordeomQuitiribom, quitiribom,Que mazurquinhaQue compasso bom Quando pego na sanfonaA turma se levantaE pede uma mazurcaQuando bato a mão no foleSei que a turma todaVai ficar maluca Todo mundo se admiraDo fraseada que a sanfona […]

Dezessete e setecentos

Eu lhe dei vinte mil réisPra pagar três e trezentosVocê tem que me voltarDezesseis e setecentosDezessete e setecentosDezesseis e setecentos Mas se eu lhe dei vinte mil réisPra pagar três e trezentosVocê tem que me voltarDezesseis e setecentosMas dezesseis e setecentos?Dezesseis e setecentosPorque dezesseis e setecentos?Dezesseis e setecentos Mas se eu lhe dei vinte mil […]

Deixa a tanga voar

Zé matuto foi à praia só pra ver como é que éMas voltou ruim da bola de ver tanta rabicholaNas cadeiras das muié Zé matuto matutou matutouEscreveu pra ClodovilEle logo respostou e atacouIsso é atraso do Brasil Uma tanga mini tangaTão pequena priquitinha miudinha não precisa amarrar Hora bomba hora bola jogue fora a rabicholaE […]

O fole roncou

O fole roncou no alto da serraCabroeira da minha terraSubiu a ladeira e foi brincar O Zé Buraco, Pé-de-Foice, Chico MancoPeba Macho, Bode BrancoTodo mundo foi brincarMaria Doida, Margarida FlorisbelaMuito triste na janela, não dançouNão quis entrar Naquela noite me grudei com JuventinaE o suspiro da menina era de arrepiarBaião bonito tão gostoso e alcoviteiroQue […]

Pau-de-arara

Quando eu vim do sertãoSeu môço, do meu BodocóA malota era um sacoE o cadeado era um nó Só trazia a coragem e a caraViajando num pau-de-araraEu penei, mas aqui chegueiEu penei, mas aqui cheguei Trouxe um triângulo, no matolãoTrouxe um gonguê, no matolãoTrouxe um zabumba dentro do matolãoXóte, maracatu e baiãoTudo isso eu trouxe […]

Respeita Januário

Quando eu voltei lá no sertãoEu quis mangar de JanuárioCom meu fole prateadoSó de baixo, cento e vinte, botão preto bem juntinhoComo nêgo empareadoMas antes de fazer bonito de passagem por GranitoForam logo me dizendoDe Taboca à Rancharia, de Salgueiro à Bodocó, Januário é o maior!E foi aí que me falou meio zangado o véi […]

Numa sala de reboco

Todo tempo quanto houver pra mim é poucoPra dançar com meu benzinho numa sala de rebocoTodo tempo quanto houver pra mim é poucoPra dançar com meu benzinho numa sala de reboco Enquanto o fole tá fungando, tá gemendoVou dançando e vou dizendo meu sofrer pra ela sóE ninguém nota que eu estou lhe conversandoE nosso […]

No Ceará não tem disso não

Tenho visto tanta coisaNesse mundo de meu DeusCoisas que prum cearenseNão existe explicaçãoQualquer pinguinho de chuvaFazer uma inundaçãoMoça se vestir de cobraE dizer que é distração Vocês cá da capitalMe adesculpe esta expressão (Refrão)No Ceará não tem disso não,Não tem disso não, não tem disso nãoNo Ceará não tem disso não,Não tem disso não, não […]

Danado de bom

Tá é danado de bomTá danado de bom meu compadeTá é danado de bomForrozinho bonitinhoGostosinho, safadinhoDanado de bom Olha o natamira na zabumbaO zé cupira no triânguloE Mariano no gonguêOlha meu compadre na violaMeu sobrinho na manolaE cipriano no melêOlha a meninada nas cuiéTá sobrando capiléE já tem bêbo pra danáTem nego grudado que nem […]

Pau-de-arara

Quando eu vim do sertãoSeu môço, do meu BodocóA malota era um sacoE o cadeado era um nó Só trazia a coragem e a caraViajando num pau-de-araraEu penei, mas aqui chegueiEu penei, mas aqui cheguei Trouxe um triângulo, no matolãoTrouxe um gonguê, no matolãoTrouxe um zabumba dentro do matolãoXóte, maracatu e baiãoTudo isso eu trouxe […]

Paraíba

Quando a lama virou pedraE Mandacaru secouQuando a ribaçã de sedeBateu asa e voouFoi aí que eu vim me emboraCarregando a minha dorHoje eu mando um abraçoPra ti pequenina Paraíba masculinaMuié macho, sim sinhô Eita pau pereiraQue em princesa já roncouEita ParaíbaMuié macho sim sinhô Eita pau pereiraMeu bodoque não quebrouHoje eu mandoUm abraço pra […]

No meu pé de serra

Lá no meu pé de serraDeixei ficar meu coraçãoAi, que saudades tenhoEu vou voltar pro meu sertãoNo meu roçado trabalhava todo diaMas no meu rancho tinha tudo o que queriaLá se dançava quase toda quinta-feiraSanfona não faltava e tome xóte a noite inteiraO xóte é bomDe se dançarA gente gruda na cabôcla sem soltarUm passo […]

A feira de Caruaru

A Feira de Caruaru,Faz gosto a gente vê.De tudo que há no mundo,Nela tem pra vendê,Na feira de Caruaru. Tem massa de mandioca,Batata assada, tem ovo cru,Banana, laranja, manga,Batata, doce, queijo e caju,Cenoura, jabuticaba,Guiné, galinha, pato e peru,Tem bode, carneiro, porco,Se duvidá… inté cururu. Tem cesto, balaio, corda,Tamanco, gréia, tem cuêi-tatu,Tem fumo, tem tabaqueiro,Feito de […]

Natal das crianças

Natal, natal das crianças, natal de noite de luzNatal da estrela guia, natal do Menino JesusNatal, Natal das crianças, natal da noite de luzNatal da estrela guia, natal do Menino JesusBlim, blom, blim, blom, blim blomBate o sino na matriz, papai, mamães rezandoPra o mundo ser felizBlim blom, blim blom, blim blomO Papai Noel chegou, […]

Jingle Bells (bate o sino)

Bate o sino pequeninoSino de BelémJá nasceu Deus meninoPara o nosso bem Paz na Terra, pede o sinoAlegre a cantarAbençoe Deus meninoEste nosso lar Hoje a noite é belaVamos à capelaSob a luz da velaFelizes a rezar Ao soar o sinoSino pequeninoVai o Deus meninoNos abençoar Bate o sino pequeninoSino de BelémJá nasceu Deus meninoPara […]

Então é Natal (Happy Xmas) (War Is Over)

Então, é NatalE o que você fez?O ano terminaE nasce outra vez Então, é NatalA festa CristãDo velho e do novoDo amor como um todo Então, bom Natal!E um ano novo também!Que seja feliz quemSouber o que é o bem Então, é NatalPro enfermo e pro sãoPro rico e pro pobreNum só coração Então, bom […]

Primeira bateria

Primeira bateriaVira, vira, viraVira, vira, vira…Virou Acaba com essa canaAcaba com essa canaAcaba com essa cana…Acabou Ah! Meus votosAh! Meus votosAh! Meus votosDe felicidade vai ser Ah! FoliaAh! FoliaAh! FoliaVai amanhecer no jardim Primeira bateriaVira, vira, viraVira, vira, vira…Virou Acaba com essa canaAcaba com essa canaAcaba com essa cana…Acabou LiberdadeLiberdadeLiberdadeQuero até morrer com você CompanheiroCompanheiroCompanheiroDá […]

O cavaleiro da esperança

Quem só espera não alcançaMas quem não sabe esperarerra demais, feito criançaCai. E até se entrega ou trai.E cansa de lutar O Cavaleiro da Esperança faz a hora acontecerFaz punho armadoFaz punjançaMas combate pela pazpro povo não morrer Pois Ogum Guerreiro não morreprestes a encontraruma estrela d’alva para nos guiar É soldado alerta. É São Jorgeprestes […]

Moína me sorriu

Eu te amo co’a féQue me faz ser mulherE enfrentar o PoderE renascer…E refazer. Se esse Mundo cheio de dorProsseguir lutadorE alcançar o amanhãLivre, a CunhãQue faz nascerOutro Mundo Forte e pequeninaSe feriu e nem gemeu!Daline Moina me sorriuE amanheceu!… Confiante, combatente,consciente.Precursora, prenunciante,presidente. Eu te amo e por tié preciso ferir,não abrir mão do idealde […]

Voz do leste

Sou Voz Operária do TatuapéCanto enquanto enfrento o batente co’a mãoTrabalho no ritmo desse ChamaméMeu pouco Salário faz minha ilusão Sou voz operária do TatuapéVivo como posso a me deixa o patrãoE enquanto respira dessa chaminéMeu povo se vira e não vê solução No teatro da vergonhaaonde a vedade não se dizTem quem representa a […]

Índia

Índia Bela mescla de deusa e panteraDonzela desnuda que habita o GuairáO arisco romance torneou suas cadeirasCopiando uma beira do azul Paraná Altaneira descendente da primeira genteEva Guaiaqui Índia… da tribu, a florQue abre as manhãs rubiVênus, brilha de amorNa Aurora Guarani Altiva, sua fronte é uma fonte de plumasSua língua é um agreste favo […]

Foi assim (juventude e ternura)

Foi assimEu vi vocêPassar por mimE quando pra você eu olheiLogo me apaixonei Foi assimO que eu sentiNão sei dizerSó sei que pude então compreenderQue sem você meu bemNão posso mais viver Mas foi tudo um sonhoFoi tudo ilusãoPorque não é meuO seu coraçãoAlguém roubou de mimO seu amorMe deixando nessa solidão Foi assimE agora […]

Tudo se transformou

Vai, meu sambaTudo se transformouNem as cordas do meu pinhoPodem mais amenizar Há dor onde havia a luz do solUma nuvem se formouOnde havia uma alegria para mimOutra nuvem carregouA razão desta tristezaÉ saber que o nosso amor passou Violão, até um diaQuando houver mais alegriaEu procuro por vocêCansei de derramarInutilmente em tuas cordasAs desilusões […]

Rock da barata

Pisei numa barataCom o meu pé direitoHaha, haha, haha, haha, hahaEla estava enchendo –Era o único jeito! Matei minha barata de estimaçãoAgora quando olho pro tapeteDói, dói, dói, doiDoi no coração!Ahh! Pisei numa barataCom o meu pé direitoHaha, haha, haha, haha, hahaEla estava enchendo –Era o único jeito! Pisei com tanta vontadeDepois me arrependiAgora já […]

Sou da madrugada

E na janela é sempre elaGuardando uma rosaPra quando eu passarE na janela é sempre elaEnamoradaMe ouvindo cantar!Sou da madrugadaVejo a passaradaFaço batucadaGosto de sambarEu sei do meu caminhoMas tenho direitoDe viver cantandoAté o sol raiar!Quem está acordadoVem logo pra ruaMadrugada e luaNão podem esperarTem surdo e violaPandeiro e cartolaE o refrão comigoTodos vão cantarE […]

Orgulho de um sambista

Você falou que junto comigo não mais desfilavaSe a minha escola perdesse, você não ligavaVocê falou que junto comigo não mais desfilavaSe a minha escola perdesse, você não ligava Ensaiei, fiz o meu samba-enredoPra minha escola ganharE na ala de porta-bandeiraVocê não quis desfilar Meu povo inteiro chorou e você sorriaPois trocou nossa escola de […]

Regra três

Tantas você fez que ela cansouPorque você, rapazAbusou da regra trêsOnde menos vale mais Da primeira vez ela chorouMas resolveu ficarÉ que os momentos felizesTinham deixado raízes no seu penarDepois perdeu a esperançaPorque o perdão também cansa de perdoar Tem sempre o dia em que a casa caiPois vai curtir seu deserto, vai.Mas deixe a […]

Prato fundo

Se como tantoAprendi com a minha avóNa minha casaSó se come em prato fun-d-o-dó A minha manaPara esperar o almoçoCome casca de bananaDepois engole o caroçoE o meu titioFaz vergonha a todo instanteFoi ao circo com fastioE engoliu o elefante A minha tiaJá engoliu uma fruteiraEstou vendo ainda o diaQue ela almoça a cozinheiraE depois […]

Xote dos cabeludos

Atenção senhores cabeludosAqui vai o desabafo de um quadradão Cabra do cabelo grandeCinturinha de pilãoCalça justa bem cintadaCosteleta bem fechadaSalto alto, fivelão Cabra que usa pulseiraNo pescoço medalhãoCabra com esse jeitinhoNo sertão de meu padrinhoCabra assim não tem vez nãoNão tem vez nãoNão tem vez não No sertão de cabra machoQue brigou com LampiãoBrigou com […]

Qual foi o mal que eu te fiz

DizQual foi o mal que eu te fiz?Eu nãoTe farei essa ingratidãoFoi um palco contra nossa amizadeNão creias, não pode ser verdade Não creias nestas mentirasQue roubam nossa alegriaOs invejosos se vingamArmados de hipocrisia A mentira infelizmenteO mais forte amor destróiMas se eu não tenho remorsoO meu coração não dói DizQual foi o mal que […]

Divina dama

Tudo acabadoE o baile encerradoAtordoado fiqueiEu dancei com vocêDivina damaCom o coraçãoQueimando em chama BIS 1ª parte Fiquei loucoPasmado por completoQuando me vi tão pertoDe quem tenho amizadeNa febre da dançaSenti tamanha emoçãoDevorar-me o coraçãoDivina dama BIS 1ª parte Quando eu viQue a festa estava encerradaE não restava mais nadaDe felicidadeVinguei-me nas cordasDa lira de […]

Que infeliz sorte

Que infeliz sorte !Que infeliz sorte !O que vale que o meu coração,Pra resistir essa paixão é forte. E não passava,As maiores dores,Pela ingratidão,Que me fez Dolores. Passas por mim,Rindo, cantando,Dá com os ombros,Arrastando rapazes,Me debochando,E finge para todas,Estou vingada. É só pra morrer,Sem amar não acho prazer. Que infeliz sorte !Que infeliz sorte !O […]

Quem ri melhor

Pobre de quem já sofreu nesse mundoA dor de um amor profundoEu vivo bem sem amar a ninguémSer infeliz é sofrer por alguémZombo de quem sofre assimQuem me fez chorarHoje chora por mimQuem ri melhor é quem ri no fim Felicidade é o vil metal quem dáHonestidade ninguém sabe aonde estáAcaba mal quem é ruimPois […]

Você vai se quiser

Você vai se quiserVocê vai se quiserPois a mulherNão se deve obrigar a trabalharMas não vá dizer depoisQue você não tem vestidoQue o jantar não dá pra dois Você vai se quiserVocê vai se quiserPois a mulherNão se deve obrigar a trabalharMas não vá dizer depoisQue você não tem vestidoQue o jantar não dá pra […]

Hino do Esporte Clube Bahia

Somos a turma tricolorSomos a voz do campeãoSomos do povo um clamorNinguém nos vence em vibração Vamos avante esquadrãoVamos serás um vencedorVamos conquistar mais um tentoBAHIA, BAHIA, BAHIA!Ouve esta voz que é teu alentoBAHIA, BAHIA, BAHIA! Mais um, mais um BahiaMais um mais um título de glóriaMais um, mais um BahiaÉ assim que se resume […]

Hino do Cruzeiro Esporte Clube

Existe um grande clube na cidadeQue mora dentro do meu coraçãoE eu vivo cheio de vaidadePois na realidade é um grande campeão Nos gramados de Minas GeraisTemos páginas heroicas e imortaisCruzeiro, Cruzeiro queridoTão combatido, jamais vencido! Existe um grande clube na cidadeQue mora dentro do meu coraçãoE eu vivo cheio de vaidadePois na realidade é […]

Hino do Sport Club Corinthians Paulista

Salve o CorinthiansO campeão dos campeõesEternamenteDentro dos nosso coraçõesSalve o CorinthiansDe tradições e glórias milTu és orgulhoDos desportistas do Brasil Teu passado é uma bandeiraTeu presente é uma liçãoFiguras entre os primeiros do nosso esporte bretãoCorinthians GrandeSempre AltaneiroÉs do BrasilO clube mais brasileiro Salve o CorinthiansO campeão dos campeõesEternamenteDentro dos nosso corações Salve o CorinthiansDe […]

A Casta Suzana

Será você a tal Suzana ! A Casta Suzana… Do posto Seis ?… Coitada ! Como está mudada !… Teve “apendicite” E ficou sem “ite”… Quando conheci Casta Suzana, Nas areias de Copacabana… Era namorada de um “Chinês” Mas olhava assim pra um “Japonês”  Taí ! Deu-se a confusão : Estourou a guerra, China com Japão ! Será, será, será.

Maria das Dores

Cadê nosso rancho de palhaNossos trapos, nossa rede maneira?Cadê, nossa sombra tão frescaDebaixo do pé de mangueira? Cadê nosso cavalo baioNossas coisas, nosso balaio?Cadê nossa vida de amores,Cadê você, Maria das Dores? Cadê nosso amor, suas jurasTantas coisa que sonhamos num beijo?Cadê suas mãos tão maciasGrudadas nas minhas mãos tão duras? Tudo sumiu da minha […]

Sentinela alerta

Sentinela alertaO inimigo é astuciosoUm descuido é morte certaE o amanhã é sempre duvidosoCoração alertaO amor é o inimigoSorrateiro te despertaOuve este conselho de amigoSou qual pássaro perdidoPerdido, caído por dois olhosQue, de maus, me abandonaramHoje vivo da saudadeDa felicidade que o amor prometeuMas não me deu

Duro com duro

Meu bem, tudo acabadoCada um, para seu ladoNosso amor, não nos convémVocê o que pensa fazE eu, também, não fico atrasÉ sabido que há mal que vem pra bemEm plena liberdadeViveremos à vontadeSem mentira, nem humilhaçãoSer feliz, na aparência,Eu não queroTenha paciência!Nem devo escravizar meu coraçãoSei que você, tem prazerVendo alguém padecerE eu também sou […]

Três lágrimas

Eu choreiPela primeira vez na minha vidaQuando nossa vida se complicouÉramos então duas criançasCheias de vida e de esperança Lembro-me bem do teu olhar espantadoQuando te roubei um beijo bem roubadoE uma lágrima dos olhos me rolouEu choreiPela segunda vez na minha vidaQuando minha vida desmoronouTínhamos então mais vinte anosMágoas, saudades, desenganos Lembro-me bem do […]

Sandália de prata

Querendo ver Pega logo um pandeiro Põe na mão de um brasileiro Vê como ele dá no couro Pega uma sandália cor de prata Põe nos pés de uma mulata Vê como ela vale ouro.  Quem quiser viver contente Como a vida deve ser É olhar pra essa gente Que tão bem sabe viver. Nesta terra camarada A gente vive como quer Tem luar,tem batucada, Tem carinho de […]

Aquarela mineira

Negras redondas de gordasLevando a comida dos negros suados,Dos negros cansados de capinar;Bate o monjolo a cadência do milho socado.“- Moleque, olha o gado, inda está no curralPõe prá pastar!”Roda o engenho de cana, de cana caianaÉ de manhãzinha…A vida começa, na Fazenda da BarrinhaMinas Gerais, ó meu Minas Gerais,Se eu pudesse voltar a trinta […]

Por causa desta cabocla

À tardeQuando de volta da serraCom os pés sujinhos de terraVejo a cabocla passarAs flores vêm pra beira do caminhoPra ver aquele jeitinhoQue ela tem de caminharE quando ela na rede adormeceE o seio moreno esqueceDe na camisa ocultarAs rolasAs rolas também morenasCobrem-lhe o colo de penasPra ele se agasalharNa noite dos seus cabelosOs grampos […]

Inquietação

Quem se deixou escravizarE, no abismo, despencarPor um amor qualquerQuem, no aceso da paixãoEntregou o coraçãoÀ uma mulherNão soube o mundo compreenderNem a arte de viverNem chegou, mesmo de leve, a perceberQue o mundo é sonho, fantasiaDesengano, alegriaSofrimento, ironiaNas asas brancas da ilusãoNossa imaginaçãoPelo espaço, vai, vai, vaiSem desconfiarQue mais tarde caiPara nunca mais voar.

Maria

Maria ! O teu nome principia Na palma da minha mão E cabe bem direitinho Dentro do meu coração, Maria  Maria De olhos claros cor do dia Como os de Nosso Senhor Eu por vê-los tão de perto Fiquei ceguinho de amor, Maria  No dia, minha querida, em que juntinhos na vida Nós dois nos quisermos bem A noite em nosso cantinho Hei de chamar-te baixinho Não hás […]

É pra frente que se anda

Tudo acabouMal começouAmor,Agora é a sorte quem mandaVocê não quisMe fazer felizSeja o que Deus quiserË pra frente que se anda Eu nunca desconfieiPorque no seu amor acrediteiO amor dia a dia se complicaQuero entende-lo, não sou capaz Não sei mentir, sem zombarPor isso não me vou sacrificarSou assim, é feitio, que hei de fazerTudo […]

Capelinha de melão

Capelinha de melão, é de São JoãoÉ de cravo, é de rosaÉ de manjericão Apanhei rosas pelos caminhosAs mensageiras do meu amorTu me fizeste, com seus espinhosUma coroa de dor Capelinha de melão, é de São JoãoÉ de cravo, é de rosaÉ de manjericão Mandei-te cravos, tu não ligasteE nem lhes deste nenhum valorCom duros […]

Linda Mimi

Minha bonequinha de cristal  Moras dentro do meu coração  Como uma lembrança oriental  Guardada numa caixa de charão  Mimi! Linda Mimi!  Dos olhos que parecem  Pintadinhos de nanquim  Mimi! Não sei se eu vi  Num quadro de Xangai  Ou num vaso de Pequim  Mimi! Vendo-te aqui  E como o seu tipinho  No Brasil não há  […]