O Pulso

33 comentários

Titãs

O pulso ainda pulsa
O pulso ainda pulsa
Peste bubônica, câncer, pneumonia
Raiva, rubéola, tuberculose, anemia
Rancor, cisticircose, caxumba, difteria
Encefalite, faringite, gripe, leucemia
O pulso ainda pulsa (pulsa)
O pulso ainda pulsa (pulsa)
Hepatite, escarlatina, estupidez, paralisia
Toxoplasmose, sarampo, esquizofrenia
Úlcera, trombose, coqueluche, hipocondria
Sífilis, ciúmes, asma, cleptomania
E o corpo ainda é pouco
E o corpo ainda é pouco
Reumatismo, raquitismo, cistite, disritimia
Hérnia, pediculose, tétano, hipocrisia
Brucelose, febre tifóide, arteriosclerose, miopia
Catapora, culpa, cárie, câimba, lepra, afasia
O pulso ainda pulsa
O corpo ainda é pouco
Ainda pulsa


33 comments on “O Pulso

  1. Andre disse:

    bom , ao meu ver essa letra fala da fragilidade humana quando ele cita varias doenças dentre elas de seu comportamento como hipocrisia , mas ele tambem menciona que apesar disso o homem aguenta e se supera quando ele fala ” e o pulso ainda pulsa ” e o corpo ainda é pouco ”

    se eu estiver errado por favor façam uma correçao

    flw

  2. Thaís disse:

    Pra mim, o que eu interpretei da música foi : quando ele diz que o pulso ainda pulsa, e depois fala das doenças, e volta a dizer que o pulso ainda pulsa é que apesar dos homens terem passado por tudo isso, terem morrido vários homens e mulheres, a espécie ainda vivi, HÁ ainda uma resposta e uma maneira de sobreviver e mudar o mundo. Como quem diz que apesar de todos os pezares o “pulso ainda pulsa” a gente ainda vive, a gente ainda sente e quer mudar o mundo e ter melhores qualidades de vida em pró de todos as pessoas, não só aquelas que tem grana e não dependem do Estado.

  3. Thaís disse:

    E eu não acredito numa fragilidade(nessa música), mas em uma força que move o homem, mesmo quando ele está mal o que leva ele a cura. Tal que o pulso ainda pulsa, mesmo depois de tantas doenças “cabeludas” mesmo depois de tanta dor, o “corpo ainda é pouco” poderia ser uma relação entre quantitativa e qualitativa, que diz ” o corpo é pouco, mas é tão bom que sobrevive”. É a minha singela opinião.

  4. Samuel disse:

    Pra mim, essa música, não tem nada a ver com as doenças em si, mas sim com o ser humano. Dentre as doenças estão escondidos sentimentos e sensações que não são boas, como: raiva, rancor, ciúmes, hipocrisia e culpa. E é isso que deixa o ser humano doente. Mas, embora tudo isso faça mal às pessoas, ainda existe muita gente assim. Ou seja, “O pulso ainda pulsa”. E “O corpo ainda é pouco”, ou seja, o ser humano já não aguenta mais todos esses males.

  5. ormenio carlos ribeiro disse:

    Uma vez eu vi o Arnaldo Antunes dizendo que o povo perde tempo em interpretar as letras das suas músicas….,o que o poeta quis dizer? e ele disse: o que eu quis dizer é o que esta escrito,SENSACIONAL,não percam tempo procurando cabelo em ovo……

  6. bia disse:

    Pra mim essa letra fala de miséria, além de outro pontos citados nos comentários.
    Mas miséria porque além de todas essas doenças e ‘maus’ sentimentos do homem, ele ainda vive, na miséria humana, ‘incapaz’ de morrer
    E estes sentimentos, culpa, rancor.. que se misturam às doenças, acabam que sendo tratados como doenças. Ainda que homem seja destruído pela doenças (câncer, tuberculose), “O corpo ainda é pouco” pois essas doenças não são capazes de matar o homem, não na sua essência, pois seus sentimentos continuam a existir, ainda que seja maus e destruidores, como a culpa.
    O ser humano, vai ser acometido pelas doenças, viver na miséria, mas não morrerá, pois “O pulso ainda pulsa”. A música acaba que sendo o estado depressivo do ser humano, a beira do abismo, mas não a morte

  7. laryssa winchester disse:

    Minha analise e simples e objetiva que apesar de tantas e tantas doenças q podemos pegar sempre nos curamos e conseguimos sobreviver. Sempre a uma curra e o pulso ainda pulsa.

  8. dias disse:

    para mim é simples e óbvio.

    entre as piores desgraças que cerca a vida do “homem”, como as piores doenças e tudo mais , estão também aquelas que pertencem ao comportamento humano como o rancor, a estupide e a culpa.

    O pulso ainda é pulsa é só uma forma de mostrar que a vida continua, mesmo inserida na desgraça.

    é isso!

  9. Ana disse:

    O pulso cita várias doenças que até então não haviam sido erradicadas pelo governo e algumas que nem são consideradas doença (ciúmes, hipocrisia), mas que tem consequências fatais. O eu-lírico solta o verbo no substantivo e depois afirma que mesmo com tudo isso ‘o pulso ainda pulsa’, com tantas doenças e males conseguimos continuar vivos e que o corpo ainda mantém seu formato, porém é pouco para tanto.

  10. Fernanda disse:

    A música fala que raiva, rancor, estupidez, ciúmes, hipocrisia, culpa e sentimentos do tipo são doenças tão graves qnto o cancer e outras doenças letais…

  11. Bruna Moreira Severo disse:

    Pelo que eu entendi, esses sentimentos maus, são tão ruins como as doenças sem ser psicológica e que as doenças psicológicas podem vir das doenças e do descaso com o podo e que mesmo assim as pessoas continuam lutando, mas existem muitas pessoas inconsequentes que fazem ah vida dos demais virar uma doença e p/ eles mesmos, como os políticos, destroem ah sua população e com isso eles se destroem também! E que às vezes fazer o mal, não se restringe ao corpo e sim ah conquistar dinheiro, poder, fama, as coisas de forma indigna, etc.

    Ele meio que retrata, como as pessoas vivem, os poderosos e os não poderosos, por egoísmo no mundo!

    E que muito poucas pessoas vivem, ah maior parte sobrevive só, ou roubando e só pensando em dinheiro, sem evoluir e quem por escolhas dos poderosos e de si mesmos, só conseguem sobreviver todos os dias, sem serem umas pessoas melhores!

  12. Sid disse:

    Essa letra fala sobre o ser-humano, caído, falido.
    E um ser superior com poderes malignos o assistindo, e torcendo para que ele morra logo; pois o que importa para o seu adversário é a sua alma, então ele repete por diversas vezes.

    “o pulso ainda pulsa”
    ” o corpo ainda é pouco”.

  13. andre ferrero disse:

    Essa letra não quer dizer nada além de um cara doidão, louco pra morrer, e mesmo levando uma vida auto-destrutiva seu pulso teima em pulsar.

  14. paizano disse:

    Essa letra é tão assombrergética e inclíquica que cultilaminimina as concerbáceas dsas efervecencias dos aracnídeos, tornando-se assim, uma escatolotomia da sacramandaiuce de curumutigualidade.

  15. Juan disse:

    KKkkkkkkk…a intrepretacao que posso fazer nao e da musica e sim da estupidez de alguns comentarios…musica tem interpretacoes pessoais para cada um que escuta…nao ha uma so interpretacao…e sempre assim…por isso sempre tem algum ignorante e/ou dogmatico que ve em qualquer musica mensagens do diabo, questoes divinas, a luta entre o bem e o mal, ou ate mesmo quastoes banais….a minha interpretacao e: deixem de ser incultos e ignorantes, se este pais nao da educacao nas suas escolas, leiam, estudem, parem para pensar o que falam, analisem, vejam sempre os dois ou mais lados da moeda, nao sejam dogmaticos, abram suas mentes, questionem as coisas e parem de postar comentarios pateticos sobre esta ou qualquer musica !

  16. Ricardo Garcia disse:

    Minha singela interpretação é que não passa de uma maneira mais ácida e aguda de dizer que apesar de tudo que enfrentamos, por vontade própria ou por direcionamento social, nós nos reinventamos. Sobrevivemos. Reiniciamos. É quase como “Tente outra vez” do Raul Seixa. Quase!

  17. ana sousa disse:

    ]]]]]]]]]]] nao entendi m+ é legalll

  18. Silas Sena disse:

    Acho que essa música não busca dizer nada! É livre e não está presa a nenhuma causa, podemos assim dizer, como toda expressão artística. Para mim,essa música é muito mais parnasiana, presa pela forma, e não pelo conteúdo. Consegue fazer um belo verso com aquilo de mais sórdido, que é nome de doença.

  19. Erick Neves disse:

    Bem, ele quis dizer que apesar de tudo, rubéola, pneumonia, raiva.. O corpo tá ali, mas ele ainda é pouco. O pulso continua pulsando.

  20. Leonardo Resende Matos disse:

    Eu diria que o eu lírico quer sim, dizer que apesar de tantas doenças-e sentimentos, comportamentos-, o pulso ainda pulsa, mas não acho que ele mostre isso como algo bom.Acho que essa resistência é algo que tem intenção de nos fazer refletir: uau, nós vivemos em meio de pegar tantas doenças, e rodeados por tanto mau comportamento, e ainda estamos vivos.

  21. Thanatos disse:

    Além do que as outras análises disseram, essa música trata sentimentos ruins e defeitos humanos como doença. Por exemplo o ciúme, que é citado.

  22. Bruno disse:

    “O corpo ainda é pouco”
    Em cada estrofe há uma doença da alma, ou da psiquê para os incrédulos, em meio às do corpo. Os mais materialistas deixam passar desatentamente, apenas se tratam contra as patologias fisiológicas, mas quase nunca buscam tratamento moral, se perdem na sua própria condição metafísica, pois não a enxergam (ou não a ouve, na música). Pra mim é genial, não sei para vocês… ^^

  23. Junior Gimenez disse:

    mensagem do diabo?? kkk acho que vc confundiu cm a musica deus e o diabo dos mesmos titãs!

  24. Arlete Adriano disse:

    Não importa muito, o que o compositor dessa letra quis dizer, o fato é que tanto às doenças da “carne” como as da “alma” citadas matam, portanto, cuidado, pois o pulso pode parar.

  25. Dami nascimento disse:

    A desigualdade política e social, refere-se todos vivem a deriva num país onde há corrupção estampada.

  26. Quéren HApuque disse:

    Pra mim : … Mesmo com todas as doenças corporais e psíquicas o ( Corpo ainda vive) e assim… o Pulso ainda pulsa, percebamos que: A cada doença o ( pulso ainda pulsa) E POR FIM, APESAR DE TUDO … O PULSO AINDA PULSA.

  27. Silas disse:

    Acho que não quis passar mensagem alguma. Apenas se fez uma poesia com nomes de doença e presou-se pela forma, como os parnasianos.

  28. Luiz Fernando disse:

    Essa música narra a relação entre o homem o tempo e a sua existência limitada e frágil. Pulsar significa motivar, seguir adiante mesmo com os obstáculos. Fazer o bem é pulsar e manter o pulso pulsando, porque o bem vai pulsar nos relacionamentos, nos ambientes, e vai fazer sentido na vida da própria pessoa. Pulsar significa amar e nunca se acomodar com as ideias que você possui. Buscar a renovação da mente a fim de experimentar coisas novas e alucinantes. O que nos mantém vivos é o pulso dentro da ideia de vitalidade.

  29. Glaucio Soldati disse:

    Já temos tantas doenças físicas … e ainda criamos outras que só existem na nossa mente. Mente sã e corpo sã !

  30. Mateus Oliveira (Matth) disse:

    “O pulso ainda pulsa”, ou seja, continuamos vivos apesar das doenças. Essa música é muito profunda pois seu assunto é considerado até mesmo “banal”, afinal, as pessoas odeiam pensar sobre doenças e muitas pessoas que as tem preferem esconder o fato, ignorar, ou até mesmo tentar se convencer que não as tem. Mas uma musica tão profunda é importante ouvir e sentir, ela pode ter vários significados, afinal ninguém explica um sentimento como ansiedade e angústia(que é o que eu pessoalmente sinto ao ouvir essa música), então a-signifique você mesmo!

  31. virginia disse:

    No meu ponto de vista fala-se sobre a natureza humana:
    livre arbítrio, causa, consequência , esperança. Tudo comporta
    e até extrapola o corpo.

  32. Giba disse:

    Eu acho que ele tinha fumado um baseado dos “bao” e começou a viajar com os nomes das doenças. A mesma coisa aconteceu com a musica Flores.

  33. Claudio Marcio de Carvalho Tavares disse:

    Ele faz uma referência ao ‘estado de saúde” do país na década de 80, “estado de saúde” esse que ainda hoje continua o mesmo, talvez pior…. A música narra a caótica situação de um país doente, mas que em razão da sua grandeza, – ” O CORPO AINDA É POUCO!
    Uma inteligente critica ao país como um todo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *