Eu Não Sei Na Verdade Quem Eu Sou

3 comentários

Teatro Mágico

Eu não sei na verdade quem eu sou,
Já tentei calcular o meu valor,
Mas sempre encontro sorriso e o meu paraíso é onde estou…
Por que a gente é desse jeito
criando conceito pra tudo que restou?

Meninas são bruxas e fadas,
Palhaço é um homem todo pintado de piadas!
Céu azul é o telhado do mundo inteiro,
Sonho é uma coisa que fica dentro do meu travesseiro!

Mas eu não sei na verdade quem eu sou!
Já tentei calcular o meu valor.
Mas sempre encontro sorriso e o meu paraíso é onde estou
Eu não sei na verdade quem eu sou!

Perceber da onde veio a vida,
por onde entrei deve haver uma saída,
mas tudo fica sustentado pela fé!
Na verdade ninguém sabe o que é!

Velhinhos são crianças nascidas faz tempo!
Com água e farinha eu colo figurinha e foto em documento!
Escola é onde a gente aprende palavrão…
Tambor no meu peito faz o batuque do meu coração!

Eu não sei na verdade quem eu sou…
Já tentei calcular o meu valor,
Mas sempre encontro sorriso… e o meu paraíso é onde estou!
Eu não sei na verdade quem eu sou!

Descobri que a cada minuto
Tem um olho chorando de alegria e outro chorando de luto
Tem louco pulando o muro, tem corpo pegando doença
Tem gente rezando no escuro, tem gente sentido ausência!

Meninas são bruxas e fadas,
Palhaço é um homem todo pintado de piadas!
Céu azul é o telhado do mundo inteiro,
Sonho é uma coisa que eu guardo dentro do meu travesseiro!


3 comments on “Eu Não Sei Na Verdade Quem Eu Sou

  1. Fernanda disse:

    Li uma reportagem ao o Fernando disse que ao assistir uma reportagem sobre os Doutores da Alegria, os doutores ao serem questionados pelo repórter sobre o que era afinal (médicos? atores? palhaços?), responderam que na verdade não sabiam o que eram, por isso: Eu não sei na verdade quem eu sou, já tentei calcular o meu valor.

    Na frase: mas sempre encontro um sorriso e o meu paraíso é onde estou, a referência é que os doutores da alegria disseram que na verdade pretendiam levar alegria às crianças, mas na verdade eles próprios eram curados de seus problemas, ao encontrarem o sorriso nas crianças.

    Nas duas estrofes “meninas são bruxas e fadas…” e “velhinhos são crianças nascidas faz tempo”, foram utilizadas frases de crianças explicando o significado de meninas, céu, sonho, velhinhos, etc, segundo a sua interpretação.

    E na estrofe: “descobri que a cada minuto…”, é sobre a realidade dos hospitais (um olho chorando de alegria = curas, e outro chorando de luto = perdas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *