Ela Desapareceu

2 comentários

Skank

Ela desapareceu como a lua
Que vai por trás das nuvens
E tudo escureceu como na rua
Quando faltam as luzes
Não há ninguém
Nas calçadas
E se não há mais ninguém, é porque
Não há ninguém
Dele se escondeu
Com mil disfarces úteis
Tudo se resolveu na areia
Onde fazem casa os avestruzes
Eu disse

[refrão]
Ou quem
Não pode admitir que tem
Motivos pra viver por alguém

Ela nunca pareceu
Do tipo que manda flores mortas
Paraíso que escolheu
Muito vivo, mas só por trás das portas
Não há ninguém
Nos jardins
Não há mais clareza, nem meios
Pra esses fins
Escuridão na veia
Com mil disfarces úteis
Tudo se resolveu na areia
Onde fazem casa os avestruzes

Eu disse
[refrão]
Ou quem
Não pode admitir que tem
Motivos pra viver por alguém


2 comments on “Ela Desapareceu

  1. joão silka disse:

    mos o que que ele quer dizer com, paraiso que escolheu muito vivo mas só por tras das portas?

  2. Eu penso que a letra fale de uma mulher que se afunda nas drogas para fugir de um amor proibido, o qual ela não pode assumir nem para ela mesma (“Ou quem não pode admitir que tem motivos pra viver por alguém”).
    A letra também mostra que ela costumava ser uma pessoa alegre, de presença sentida e querida pelos que estivessem à sua volta (“Ela desapareceu como a lua por detrás das nuvens. E tudo escureceu como na rua quando faltam as luzes”), e que a mudança causada pelas drogas causa uma série de estranhamentos naqueles que a conheciam, que não conseguem associar seus novos comportamentos àquela pessoa com a qual eles estavam acostumados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.