A Guerra dos Meninos

12 comentários

Roberto Carlos e Erasmo Carlos

Hoje eu tive um sonho que foi o mais bonito
Que eu sonhei em toda a minha vida
Sonhei que todo mundo vivia preocupado
Tentando encontrar uma saída
Quando em minha porta alguém tocou
Sem que ela se abrisse ele entrou
E era algo tão divino, luz em forma de menino
Que uma canção me ensinou
La…la..la… (coro)

Tinha na inocência a sabedoria
Da simplicidade e me dizia
Que tudo é mais forte quando todos cantam
A mesma canção e que eu devia
Ensinar a todos por ali
E quantos mais houvessem para ouvir
E a fé em cada coração, na força daquela canção
Seria ouvida lá no céu por Deus

La…la…la.. (coro)

E saí cantando meu pequeno hino
Quando vi que alguém também cantava
Vi minha esperança na voz de um menino
Que sorrindo me acompanhava
Outros que brincavam mais além
Deixavam de brincar pra vir também
E cada vez crescia mais aquele batalhão de paz
Onde já marchavam mais de cem

La…la…la… (coro)

De todos os lugares vinham aos milhares
E em pouco tempo eram milhões
Invadindo ruas, campos e cidades
Espalhando amor aos corações
Em resposta o céu se iluminou
Uma luz imensa apareceu
Tocaram fortes os sinos, os sons eram divinos
A paz tão esperada aconteceu
Inimigos se abraçaram e juntos festejaram
O bem maior, a paz, o amor e Deus

La…la…la… (coro)


12 comments on “A Guerra dos Meninos

  1. Gerailton Cavalcante disse:

    Essa musica esconde algumas verdades assustadoras e subliminares:
    1 O sonho mais bonito que o autor teve em toda sua vida foi ver o desespero das pessoas.

    2 O ser incógnito que bate à porta não pode ser um ser benéfico, pois a Bíblia diz que O Senhor Jesus está à porta e só entra se for autorizado – Ap 3.16. Jo 10 diz que satanás entra ppela janela, é um invasor, um intruso.

    3 O ser não era divino em si, mas “tão” divino”, o que implica em falsificação, aproximação e semelhança. 1 Co 14.6 diz que satanás se transfigura em anjo de luz…

    4 Ter na inocência a sabedoria significa, ao meu ver, falta de disposição para pesquisa, numa inércia, ou seja, acomodação…

    5 Por aqui para com meus pensamentos. O conjunto de pessoas envolvidas no “louvor” conjunto pparece muito com a aceitação do anti-cristo. Esse é meu ponto de vista. Não quero dizer com isso que o autor é consciente desse possível argumento místico, mas a música diz isso claramente.

  2. Anthony disse:

    A guerra dos meninos nos remete ao ecumenismo,ou seja, a unidade entre os povos.Segundo a letra da música,todo mundo estava preocupado em encontrar uma saída,e de repente surge um menino e ensina uma canção a uma pessoa.Realmente,o mundo vive muita tensão por causa dos diversos tipos de crenças.Mas isso só será resolvido quando todos cantarem a mesma canção: todos pensarão em Deus deúma única forma.É a unidade pregada pelo ecumenismo.Mas isso é apenas um sonho do comositor.Provavelmente ele sonha com esse dia. Na letyra da musica ele diz: Quanto mais houvesse para ouvir,mais pessoas iriam aderir aquela novidade.E segundo a musica,um mundo se tornou um só…com uma unica crença,sem tantas guerras por causa de religiões.É isso!

    • Núbia Dourado disse:

      Parabéns pela bela visão. Deviam todos serem assim. A religião é um leque que refresca o rosto do criador. Se todos se verem como iguais essa destruição seria evitada. Acredito na unidade e no respeito.

  3. Ronaldo disse:

    quero saber da intepretação

  4. resposta ao gerilton cavalcante disse:

    gerailton vá se tratar. Você é um louco. A grande maldade está nos seu coração contaminado pelas imundíces da religião humana. Egoísta, prepotente, maldosa, vaidosa e intolerante. Procure um psiquiatra pra tirar essas besteiras imundas da sua cabecinha manipulável e deseperada. Quem avisa amigo é.

  5. Victor Hugo disse:

    O Roberto Carlos quis dizer que, sempre há uma esperança na vida da gente, diante a tantos problemas que enfrentamos no dia a dia. E essa esperança se refelte em uma criança, um menino, e seu olhar mais bondoso, como da infância, um sinal de esperança para todos! Quem canta avida, encanta a alma!

    • Márcio Aguiar da Silva disse:

      Parabéns pela interpretaçao. Sou pastor batista e penso assim como voce. O nosso poeta encontrou saída aos problemas diante dos sonhos de uma criança.
      O bem maior, a paz, o amor e Deus chegou enquanto ele adulto passou a sonhar como sonham as crianças.
      Parabéns aos poetas Roberto e Erasmo Carlos.

  6. Kit disse:

    Esta música foi lançada logo após a honra de ser considerado como o homem do bem o médium Francisco Candido Xavier pelo Exército Brasileiro nos anos 70. Surgiram várias músicas espíritas nesta épocas em sua homenagem (Jesus Cristo, Nossa Senhora…) Hoje, por experiências feitas em 50 universidades norte-americanas, concluíram que realmente existem espíritos interferindo no nosso dia a dia, criando assim, um novo código internacional de doença cid 10 f 44.3 e virou matéria de faculdade de medicina: Medicina e espiritualidade. Baseado neste cid 10, podemos inverter a situação, atraindo espíritos bons com nossos pensamentos e principalmente com as nossas ações, de sempre praticar o bem

  7. Ótima letra, a esperança não pode morrer diante de tantos problemas na vida da gente, eu particularmente estou passando por uma fase difícil com assuntos relacionados à como educar um filho mas a vida nos ensina assim mesmo

  8. Teresa Teth disse:

    Esta música é uma obra prima dos dois compositores, a letra nos leva a um futuro de esperança, bondade e paz. A melodia nos remete a harmonia de canto orfeônico de tempos imemoriais. É como se a melodia falasse com a nossa alma sem precisar de palavras. Eu me sinto muito mais próxima do Criador quando escuto esta canção, pois ela me faz lembrar quando Cristo ressuscitado apareceu diante de seus discípulos e disse: ” A paz esteja convosco”. Ele quer que vivamos como irmãos e não em estado de guerra constante usando seu nome. O que Ele nos disse foi: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”. Se somos cristãos seguimos a Cristo e não a outro líder. A palavra “Guerra” foi usada como metáfora na letra da música para falar de paz. Quem ama Cristo certamente será sempre um ecumenista, ou seja um cristão tolerante, capaz conviver e respeitar as diferenças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.