Quando Acabar o Maluco Sou Eu

7 comentários

Raul Seixas

Toda vez que eu olho no espelho a minha cara
Eis que sou normal e isso é coisa rara
A minha enfermeira tem mania de artista
Trepa em minha cama, crente que é
uma trapezista
Eu não vou dizer que eu também
seja perfeito
Mamãe me viciou a só querer mamar
no peito
Ehê, Ahá! Quando acabar o maluco sou eu
Ahá! Quando acabar, o maluco sou eu
O russo que guardava o botão da bomba “H”
Tomou um pilequinho e quis mandar
tudo pro ar
Seu Zé, preocupado anda numa de horror
Pois falta um carimbo no seu
“Tito” de eleitor
Ehê, Ahá!
Quando acabar o maluco sou eu
Ahá! Quando acabar, o maluco sou eu
Eu sou louco mais sou feliz
Muito mais louco é quem me diz
Eu sou dono, dono do meu nariz
Em Feira de Santana ou mesmo em Paris
Não bulo com governo, com polícia,
nem censura
É tudo gente fina, meu advogado jura
Já pensou o dia em que o Papa se tocar
E sair pelado pela Itália a cantar
Ehê, Ahá! Quando acabar o maluco sou eu
Ahá! Quando acabar, o maluco sou eu

Eu sou louco mais sou feliz
Muito mais louco é quem me diz
Eu sou dono, dono do meu nariz
Em feira de Santana ou mesmo em Paris
Não bulo com governo, com polícia,
nem censura
É tudo gente fina, meu advogado jura
Já pensou o dia em que o Papa se tocar
E sair pelado pela Itália a cantar
Ehê, Ahá! Quando acabar o maluco sou eu


7 comments on “Quando Acabar o Maluco Sou Eu

  1. Rafael disse:

    Nessa música Raul fala,acredito,na alienação social que as pessoas vivem,acreditando estar numa suposta democracia,mas onde todo conhecimento é enlatado,forçado na cabeça de todos desce pequenos,tal como religião é enfiada na cabeça dos filhos(Já pensou o dia em que o Papa se tocar
    E sair pelado pela Itália a cantar
    Ehê, Ahá! Quando acabar o maluco sou eu).A conclusão é algo como: mesmo em democracia,a liberdade é tão limitada,que alguém de fora nos vê como malucos.

  2. JOSE NETO disse:

    COMO SEMPRE,RAUL É ENIGMÁTICO E IRÔNICO: ” Não bulo com governo, com polícia,
    nem censura
    É tudo gente fina, meu advogado jura”

  3. Mt facil voce jugar uma sociedade que lhes ofereciam uma forma de viver, e que vc não podia se expressar, ser livre e-ou dá a cara pra bater como se diz no popular, mas não calar-se e tentar reverter uma situação social cuja o pais vivia na época é diferente. Muitas vezes questionado por louco, porque não tinha medo de falar o que pensava ( e tinha total razão ) era discriminao na sociedade, mas Raul acima de tudo transbordava arte nas letras, eu só tenho 18 anos e leio muito, procuro conhecer a cultura do meu país e o que já foi vivido aqui, a questão é que voce chama hoje de seu banco por financiar seu dinheiro ou coisa do tipo o ITAU- que lá atraz financiava a ditadura milatar, é feito pra voce, ou feito pra te matar, é ironico mais quem seria Louco diante disso tudo. Só queria ter vivivo mais atraz no tempo, pra ter mudado alguma coisa de 64 pra cá a todo momento (8) ^^

  4. MATEUS disse:

    RAUL VIVEU EM UMA ÉPOCA EM QUE OS SEUS CONTEMPORANEOS NÃO ENTENDIAM O SEU MODO DE SER , NÃO ENTENDIAM AS PROFECIAS DO RAUL . RAUL SEIXAS ESTAVA PELO MENOS UNS 30 ANOS A FRENTE DO SEU TEMPO . POR ISSO ESTA CRÍTICA

  5. Gustavo Silva disse:

    Na minha opinião a música retrata a falta de questionamento das pessoas. Essa música vale tanto para aquela época quanto para hoje, porque as pessoas “aceitam” as informações sem questionar se aquilo é realmente verdade.

    Isso acontece na politica, religião, praticamente em tudo hoje em dia, se a globo falar que “1 + 1 é 3” as pessoas acreditam e aceitam como verdade, e o maluco se torna aquele que pensa diferente, embora ele esteja certo já que 1 + 1 é 2, ele se torna o maluco porque pensa diferente da maioria, foge do padrão. “Quando acabar o maluco sou eu”, ou seja, quando acabar eu que ainda sou o louco de questionar.

  6. Gabriel Ribeiro Lara disse:

    “Quando acabar o maluco sou eu” fala que nós somos responsáveis de tudo aquilo que fazemos, nada acontece pela vontade de religião, Deus. Nós somos nosso Deus. “Já pensou o dia em que o papa se tocar…?? Quando acabar o maluco sou eu”. Ou seja(no futuro) vocês verão que eu tinha razão, o verdadeiro mistério é não que não tem mistério, colhemos o que plantamos e é isso.

  7. Sonha disse:

    Falou tudo em poucas palavras !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *