Faça o download do App do Análise de Letras para Android! É grátis!
Sim


Últimas Análises

quero a parodia dessa musica com o tema variaçõ
Não consigo não interpretar como uma critica ao regime militar da época no Brasil. "Não da rádio nem está nas bancas de jornais" - Censura a imprensa. "Em cada dia ou qualquer lugar Um larga a fábrica, outro sai do lar" - Entram para clandestinidade politica e o lar seria o país quando vão para exílio. "Já não há mais culpado nem inocente Cada pessoa ou coisa é diferente Já que assim, baseado em que Você pune quem não é você?" Não existe culpa quando o que se queria era o melhor para o país de acordo com a ótica de cada um (situação e oposição) e punir quem não é vc implica em punir quem não é militar na época.
Gostaria de saber a analise da musica segundo o filosofo existencialista Heidegger
Ele era cria de Aleister Crowley, satanista. Com certeza falavam a mesma língua, serviam ao mesmo deus. Infelizmente, canalizou sua inteligência pro lado oculto. Essa sociedade alternativa é aquela em que não há regras, em que você deve fazer o que o corpo quer, sem culpa, sem regras da sociedade. Não é isso que temos visto, pessoas querendo nos empurrar goela abaixo uma sociedade em que tudo é aceito? Ele sempre fala de Jesus com deboche, quer ser rebelde, irreverente. Na letra ele apela pro: aceite as pessoas como são, cada um na sua; tudo voltado pro assunto: cada um faça o que quiser, a vontade do corpo, da carne, sem regras. Uma pessoa pesada, carregada era Raul Seixas. Uma alma atormentada. Inteligentíssimo, porém, tolo.
A imbecilidade humana não tem limites!!!
E na música metamorfose ambulante q diz ei JESUS Cristo o melhor q VC faz deixar o pai de lado foge pra morrer em paz
Lamentavelmente a letra da música está incorreta. O correto é "luzes do arrebol"
Na minha opinião, a música busca questionar se podemos acreditar no que nos é apresentado como verdade, em princípio. É inegável que ela faz referência a uma série de acontecimentos bíblicos. Quando fala "Eu nasci!/ Há dez mil anos atrás", a frase mais forte da música, na verdade ele quer dizer o contrário: nenhum homem nasceu há dez mil anos atrás, e portanto, não pode assegurar que todos esses fatos tenham ocorrido, ou mesmo que não tenham sido distorcidos através do tempo. É claro que, no ponto de vista do "eu-lírico". O problema da música é que ela traz uma das questões mais polêmicas que existem, a questão da fé, então é normal que haja esses impasses com a religião. O tema principal da canção é então cabível, mas não pra quem tem fé religiosa.
Esta letra é plágio descarado da letra de "I WasBorn 10 thousand years ago", de Elvis Presley. A letra NÃO é de Raul, só a música. A letra é de Paulo Coelho. A canção do Elvis tem outra melodia, então não se pode dizer q tenha sido uma versão.... Ele cita fatos históricos e algumas lendas; não faz diferença se são religiosas ou não.
A música fala sobre nossos desejos e tentativas de conseguir o que queremos, e mesmo quando fazemos tudo certo,podemos não conseguir.
E agora estou me sentindo uma pessoas melhor , como se estivesse flutuando no mar da inspiração
Senti o impossível acontecer
A música me inspirou pois é uma forma de sentir o impossível
oi
o.o