Cristo e Oxalá

13 comentários

Rappa

La La La ra ra ra ram…

Oxalá se mostrou assim tão grande
Como um espelho colorido
Pra mostrar pro próprio Cristo como ele era mulato
Já que Deus é uma espécie de mulato.
Salve, Em nome de qualquer Deus, Salve
Salve, Em nome de qualquer Deus, Salve
Se eu me salvei, se eu me salvei

Foi pela fé, minha fé minha cultura, minha fé
Minha fé é meu jogo de cintura, minha fé, minha fé ééé

O Cristo partiu do alto do morro que nós somos
Rodeados de helicópteros que caçavam marginais
A mostrar mais uma vez o seu lado herói, herói
Se transformando em Oxalá, vice-versa tanto faz
A rodar todo de branco na mais linda procissão
Abençoando a fuga numa nova direção

Minha fé, é meu jogo de cintura , minha fé
Minha fé, é meu jogo de cintura , minha fé , minha fé ééé

La la la ra ra ra …..


13 comments on “Cristo e Oxalá

  1. Nathan Iman disse:

    Acredito que o proposito dos caras seria como dar igualdade e semelhanca entre cristo e oxala,
    oxala que eh enxergado como cristo na religiao do camdonble(religiao africana)entendo que quando cristo se olha atraves de um espelho colorido nao seria mais denominada a cor implatada hironicamente pela igreja catolica,como loiro dos olhos azuis sendo que cristo naturalmente vindo de sua regiao seria de cor escura e cabelos crespos,oxala eh a semelhanca cristo africano sem exaltacao de pedroes de beleza e cores ….salve crito em nome de qualquer deus ,pois deus age em prol de seres nao identificados por cores…pessoas enxergam cristo,deus,santos em determinadas especie de imagens se eh que deus teria uma imagem,enfim acredito que o rappa luta em prol da igualdade social e nessa musica segue reverenciando a forte e rica influencia negra na cultura brasileira

  2. Nathalia disse:

    Essa letra é como se fosse um protesto referente a imagem do Cristo que a igreja catolica implantou…Cristo e Oxala é a mesma coisa o que a música difere é a forma como cada um está presente seja ele na cultura catolica que trouxe o jesus de Olhos azuis quando na verdade ele nem cor tem por ser tratar de um espirito de Luz, para os homens que escreveram a biblia certamente seria um absurdo um Jesus negro, mais a questão ai não é a cor e sim o valor e significado do homem para eus que não difere ninguem…

  3. macario disse:

    o Nathan Iman falouu tudo !!!!!!

  4. Ramon disse:

    A interpretação desta letra entra é controversa. A pessoa do cristo não pode ser confundida com a de Oxalá, Cristo foi um homem. Quanto à cor de cristo é dificil inferir. Deve haver influencias Europeias na imagem que levamos dele sim, deve se ter em mente a região ensolarada em que viveu mas a “raça” é que diz a “cor”.
    O fato é que a letra compara as entidades Cristo e Oxalá, de religiões diferentes. Em uma visão sincretista, é possível existir uma equivalencia entre os dois. Deus, como especie de mulato, é a mistura do negro com o branco, bem e mal. O espelho colorido pode ser um trocadilho com a cor alva da estatua do cristo.

  5. romulo disse:

    só pra lembrar…..no candomble, oxala é jesus cristo ou nosso senhor do bonfin ou ate mesmo menino jesus de praga….quem quiser saber mais proura o significado da palavra sincretismo religioso e vai saber…
    ate

  6. LE disse:

    VOCÊS ESQUECEM QUE A UMBANDA TEM OXALÁ COMO UM EXEMPLO A SER SEGUIDO. E DETALHE, TANTO UMBANDA QUANTO CANDOMBLÉ SÃO RELIGIÕES BRASILEIRAS! NA ÁFRICA, SÓ HAVIAM CULTOS DE NAÇÃO!

  7. André disse:

    É mais do que sincretismo, o Cristo (yeshua) é a encarnação de Oxalah, ambos tem o mesmo valor e sentido (o deus da criação), porém um complementa o outro. A religião católica oficial romana imputou a ideologia do “Deus” branco, branco aqui no sentido de uma identidade homogênea colonizadora (supremacia branca) por meio das imagens e da repressao à sexualidades desviantes para se seguir um padrão heterosexual de reprodução da sociedade, atendendo aos interesses do capital. O Cristo mulato é nesse sentido, de apontar para um lugar da diversidade, das cores e dos generos, um “corpo” enfim, capaz de gerar unidade na diversidade, onde a sexualidade não é vista como algo sujo e pacaminoso em si mesma, mas como algo natural. Um corpo enfim.

  8. Ana Paula disse:

    Creio que nessa música o mais importante não seja a raça, cor ou origem religiosa de Cristo ou de Oxalá. Mas eles remetem a fé. Independente da religião ou da cor de seu mestre as pessoas se salvam através da sua fé e da força que encontram nela.

  9. Marcos disse:

    “SALVE EM NOME DE QUALQUER DEUS” Não depende da religião , seja cristo ou oxalá , depende da fé , não se deve comparar fé com cor , não depende da cor e sim do valor da fé.

  10. Thauan disse:

    conhecer o que as musicas dizem

  11. HuD disse:

    Deveriam ler o livro Abusado, O dono do Morro Dona Marta. E vcs poderão interpretar de outra forma. O Yuka era amigo do Marcinho VP que foi um chefe do morro e na letra tem uma parte que conta como foi a fuga dele no meio de um cerco policial. O livro conta tbm que o Marcinho VP e a sua mãe tinham um centro.

  12. Alex disse:

    Essa letra fala sobre o sincretismo, O “espelho colorido” refere-se às múltiplas faces de Deus (Cristo-Oxalá).”O Cristo partiu do alto do morro que nós somos” , aqui o Cristo “virado” em Oxalá, incorpora-se a algum líder da comunidade que dá fulga ao seu povo,

  13. a primeira estrofe traz a questão do sincretismo, que a fé é tão ou mais importante que determinada religião. a segunda estrofe, faz um paralelo, e o cristo, no caso, parece um traficante – que, embora seja controverso, devia fazer bem ao morro, mas era caçado por ser marginal. trocando em miúdos: sua religião – aos olhos de outros fieis, pode parecer coisa do mal; mas – se por meio dela sua fé te salva e te faz viver, ela te faz bem. e isso é uma das consequências da religiosidade, penso eu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *