Pulsos

34 comentários

Pitty

E um dia se atreveu
A olhar pro alto
Tinha um céu mas não era azul
No cansaço de tentar, quis desistir
Se é coragem eu não sei.

Tenta achar que não é assim tão mal
Exercita a paciência
Guarda os pulsos pro final
Saída de emergência. (2x)

E um dia desistiu, quis terminar
Só mais um gole, duas linhas horizontais
Sem a menor pressa,
Calculadamente
Depois do erro, a redenção!

Tenta achar que não é assim tão mal
Exercita a paciência
Guarda os pulsos pro final
Saída de emergência. (4x)


34 comments on “Pulsos

  1. raphaela disse:

    E um dia se atreveu
    A olhar pro alto
    Tinha um céu mas não era azul
    No cansaço de tentar, quis desistir
    Se é coragem eu não sei.
    —————————————-
    suicidio no cansaso de tentar quis desistir da vida .
    —————————————————-
    Tenta achar que não é assim tão mal
    Exercita a paciência
    Guarda os pulsos pro final
    Saída de emergência.
    ————————————————
    tenta achar que a vida não é assim tão mal .
    —————————————————–
    E um dia desistiu, quis terminar
    Só mais um gole, duas linhas horizontais
    Sem a menor pressa,
    Calculadamente
    Depois do erro, a redenção!
    ——————————————————
    entenderam?

  2. ana disse:

    Essa música pessoalmente é o que me da chão. Fala sobre não desistir, por mais que a vida esteja ruim, pra seguir em frente, “tenta achar que a vida não é assim tão mau”. Guardar os pulsos para quando achar que não há mesmo mais como adiar, quando achar que é mesmo o fim.

  3. Angela Miguel disse:

    Pulsos, sinal de vida, se cortados corre há risco de morte, então a musica fala para exercitar a paciência para não cortá-los(não se matar), para quando errarmos nos redimir. (Depois do erro a REDENÇÃO).

  4. Foxitu disse:

    E um dia desistiu, quis terminar
    _________________________________
    e um dia desistiu de viver e quis terminar com a vida

    Só mais um gole, duas linhas horizontais
    ________________________________________
    duas linhas horizontais… normalmente quando se corta os pulso são linhas horizontais pelo menos nunca vi alguem corta los na vertical

    Sem a menor pressa,
    Calculadamente
    ________________
    corto sem pressa bem calculadamente para não haver volta

    Depois do erro, a redenção!
    ________________________________
    depois de cometer o erro de cortar os pulsos a redenção

    redenção: resgate, salvamento, salvação

  5. Rafael H. disse:

    resumidamente ela ta falando que a vida é uma merda, diz que achar um motivo bom pra viver é muito difícil, “Tenta achar que não é assim tão mal
    Exercita a paciência”

    E um dia desistiu, quis terminar
    Só mais um gole, duas linhas horizontais
    Sem a menor pressa,
    Calculadamente
    Depois do erro, a redenção

    no meu ponto de vista essas duas linhas que ela diz
    pra mim seria as seguintes :

    céu
    _________

    Terra

    _________

    inferno

    “Calculadamente
    Depois do erro, a redenção!”
    ai ela taria se referindo ao juizo final
    o julgamento que pra ela se refere como calculo ou por outras palavras a dividindo e vendo se você fez mais o certo do que o errado e soh entao vem a redençao (resgate,salvamento, salvaçao)
    mas não sei se isso existe pra quem come suicídio

  6. Aline disse:

    Acho que a história que se passa na letra da música é de alguém que tentou muito e não obteve vitórias. Tentou (o que requer a tal paciência), e tentou ver que isso não era o fim. Mas continuando na pior… “guarda os pulsos pro final” serio o suicidio, aparentemente a única solução encontrada, o ERRO. Redenção seria a vida depois da morte.

  7. analice disse:

    essa musica relata uma pessoa q tenta achar algum caminho na sua vida e nao obtem exito,e continua tentando,porem guarda os pulsos pro final ou seja esse eh seu plano ”B” de fuga da realidade..
    cortar os pulsos uma atitide desesperada um peido de socorro!!!

  8. Kakau disse:

    E um dia se atreveu
    A olhar pro alto
    Tinha um céu mas não era azul
    No cansaço de tentar, quis desistir
    Se é coragem eu não sei.

    -Um dia ele decide olhar pra frente pro futuro,mas percebe que nada vai bem, depois de varias tentativas e vendo nada dar certo ele acha que talvez um ponto final seja a solução,mas para ele não há nada de corajoso nisso e sim fracasso, vergonha-

    Tenta achar que não é assim tão mal
    Exercita a paciência
    Guarda os pulsos pro final
    Saída de emergência

    -Ele procura uma solução,motivos para viver, mas não existe nada de concreto pra ele e mesmo assim ele ainda acha que suicidio não é a melhor solução, é a ultima alternativa que ele pode escolher-

    E um dia desistiu, quis terminar
    Só mais um gole, duas linhas horizontais
    Sem a menor pressa,
    Calculadamente
    Depois do erro, a redenção!

    -Então um dia ele vê que não existe mais nada e decide morrer,toma um gole de veneno,corta os pulsos, faz tudo devagar para que dê tempo que alguém chegue,sua cena é pensada, depois de tudo isso ( tenho duas conclusões para o final) a 1ª alguém chega e depois de toda essa burrada ele ainda sim consegue se salvar,a 2ª é que ele morre e talvez encontre o fim d esuas aflições.

  9. wanderson disse:

    A Aline falou tudo o que eu pensava!!!

  10. gabriela disse:

    Kakau disse tudo. Mas não falou sobre as linhas horizontais. Entendo como “linhas horizontais” duas “carreirinhas” de cocaína, tentando se suicidar tendo uma overdose.

  11. Tay disse:

    um dia ele viu que nem tudo era o que ele queria e como ultima tentativa toma veneno e corta os pulsos…
    como havia tentado tudo,ele achou uma saida de emergencia.

  12. stephan disse:

    é simplismente uma coisa !!!esta é pera as pessoas que acham que tudo é motivo para o descontrole !! oque não é verdade , pois deemos exercitar primeiramente a paciência … os pulsos pro final ficam para os mais fracos que tem medo de enfrentar os problemas da vida !!!! nem tudo é tão mal que não possa ser piorado …. então devemos perceber que ” não é assim tão mal ” tem coisa pior … se vc tem medo de enfrentar a vida e seus problemas cara-cara use a saída de emergência , ou seja , use o pulso como saída e ultima escolha ou tentativa……

  13. Valdevino disse:

    depressiva
    “E um dia se atreveu A olhar pro alto, Tinha um céu mas não era azul”
    esse Ceu se refere a algo comum das pessoas, todos tem o ceu como todos tem a vida. ele tem o dele, mas nau é igual, em outras palavras ele tem a vida porem nau tem sentido concreto pra existi.
    “No cansaço de tentar, quis desistir. Se é coragem eu não sei”
    Sem conseguir encontra o sentido de sua existência, pensa em desisti, mas fica indeciso.
    “Tenta achar que não é assim tão mal
    Exercita a paciência
    Guarda os pulsos pro final
    Saída de emergência.”
    Ele procura uma solução, mas não ha nada concreto q o fixe nesse nesse pensamento exercita a pacicencia pra distrair-se e como ultima solução tentar o suicido pra livra-se de seus problemas.
    “E um dia desistiu, quis terminar
    cansado de tentar, ele resolve se suicidar
    “Só mais um gole, duas linhas horizontais”
    So mais um gole de um veneno, e as duas linhas horizontais se refere aos 2 contes nos pulsos
    Sem a menor pressa, Calculadamente
    faz tudo devagar e friamente de modo que renda os seus últimos momentos.
    Depois do erro, a redenção”
    pra nos um erro, mas pra ele a salvação

  14. priscilla disse:

    talvez , desistir tbm possa ser um ato de muita coragem ! pq para ela dessitir é uma coisa muito dificil . olhamos por detalhes da musica “No cansaço de tentar, quis desistir
    Se é coragem eu não sei.”
    Cada tem seu jeito de pensar , mais com certeza ela é muito forte , pq pra ela desistir é um ato de muita coragem talvez ela não tenha e vooce tenha , vai do pensamento de qualqer um ! tda historia tem seu lado bom e seu ruin basta vc saber enxergas as opçãoes dadas !! ;D o bem o o mal são sempre juntos !!!

  15. Rony disse:

    acredito que fala sobre uma pessoa que se cansou de viver a mesma vida de sempre, e resolveu desistir.

  16. Caroline disse:

    O eu-lírico é um suicida.
    Primeiro porque se o céu não era azul é porque não havia esperança.
    A pessoa desiste de viver, decide se matar, ato que exige coragem (“se é coragem eu não sei”).
    Mas aí ela tenta achar que a situação não está tão ruim, exercita sua paciência e deixa pra se matar só como emergência, se não houver mesmo outra saída.
    Quando enfim parece ter decidido tirar a própria vida, bebe algo pra criar coragem e planeja cortar os pulsos (sim, os pulsos são as linhas horizontais, e não carreirinhas de cocaína, afinal a música se chama “pulsos” e fala “guarde os pulsos pro final”, não tem nada a ver com suicídio por overdose).
    Depois do erro, a redenção, ou seja, o perdão divino após a morte.
    Assim eu interpreto.

  17. Simara Almeida disse:

    1- de tantas frustrações vividas, não se consegue mais sonhar como as outras pessoas. de tanto tetar e as coisas não darem certo quis dá um fim em tudo. parece ser uma atitude de coragem mais na verdade é de covardia. (E um dia se atreveu
    A olhar pro alto
    Tinha um céu mas não era azul
    No cansaço de tentar, quis desistir
    Se é coragem eu não sei.) 2 – em meio a toda dor tenta se iludir e achar que não é tão mau assim, e que ainda tem a última saída que é o suicídio. ( Tenta achar que não é assim tão mal
    Exercita a paciência
    Guarda os pulsos pro final
    Saída de emergência.) 3 – chegou ao ponto de não agoentar mais e quis se entregar matando-se a si mesmo utilizando se de veneno, sem pressa e sem calcular o que se está fazendo, achando que tirar a sua própria vida (erro) é a melhor solução para seu caso, alcançando a redenção – – o que na verdade é um tremendo engano.(E um dia desistiu, quis terminar
    Só mais um gole, duas linhas horizontais
    Sem a menor pressa,
    Calculadamente
    Depois do erro, a redenção)

  18. […] Pulsos | Pitty | Análise de Letras de MusicasEncontre análises, comentários e interpretações das letras de musicas do seu artista preferido! […]

  19. Diogo disse:

    Ótimas interpretações, parabéns!

  20. FulanoDeTal disse:

    E um dia se atreveu
    A olhar pro alto
    Tinha um céu mas não era azul
    ———
    A música fala através de analogias. O céu está aí para todos, logo, é algo que todos tem, como a vida, mas que com esta pessoa era diferente, sua vida era diferente e, provavelmente, não estava boa.
    ———
    No cansaço de tentar quis desistir
    Se é coragem eu não sei
    ———
    Como sua vida não estava boa, e ele já havia tentado de tudo para solucionar os seus problemas, quis desistir, pois estava fadigado. Nesta segunda linha percebemos que o eu-lírico é uma pessoa que conhece a história e somente a conta pra nós. Aqui percebemos que o eu-lírico não era o suicida, além de não querer ou não saber emitir um juízo de valor sobre o caso.
    ———
    Tenta achar que não é assim tão mal
    Exercita a paciência
    Guarda os pulsos pro final
    Saída de emergência

    Tenta achar que não é assim tão mal
    Exercita a paciência
    Guarda os pulsos pro final
    Saída de emergência
    ———
    Coisas que somente um suicida passa. Pode não parecer, mas é preciso ter coragem para se suicidar, afinal, a decisão errada não admitirá retorno, conserto, além de você ter que sair de uma “zona de conforto”, que é a vida (já que você sempre esteve vivo!). Por isso, um suicida tenta de tudo para não chegar a esta últma opção: Tenta encarar as coisas de uma outra forma, não as achando assim tão mal, é paciente, etc. Sempre deixando pro final o suicídio, já que esta é apenas a saída de emergência caso todas as outras tentativas deem errado e a situação continue ruim.
    ———
    E um dia desistiu, quis terminar
    ———
    Ao ver que todas as tentativas para resolver os seus problemas deram errado, ele desistiu de viver, quis terminar todo o seu sofrimento.
    ———
    Só mais um gole e duas linhas horizontais
    Sem a menor pressa
    Calculadamente
    ———
    Coisas que somente um suicida passa. Quando você está prestes a se suicidar, o tempo perde o sentido; deixa de existir. Você passa a fazer tudo sem pressa, para “melhor aproveitar o final”, os seus últimos momentos. Se você não vai existir mesmo amanhã, então por que ter pressa hoje ? Curta seus últimos momentos já que todos os seus problemas se resolverão amanhã. Por isso, você bebe e aproveita cada gole, sem a menor pressa, para que tudo saia precisa, calculadamente, pois toda cena de despedida deve ser perfeita, porque não haverá outra. Acredito que as linhas horizontais sejam mesmo os cortes nos pulsos, afinal, vocês não acham estranho que sejam exatamente duas linhas (cada qual em seu pulso), e não uma (mesma quantidade de gole) ou três ?
    ———
    Depois do erro a redenção
    ———
    Ninguém perde na véspera. Ninguém morre uma semana antes do que deveria. Ninguém erra sem fazer, logo só chamamos de erro aquilo que foi cometido. Então, ele cometeu o erro, neste caso, o suicídio e depois que morreu, veio a redenção, a bonança, não sei se com Deus, mas com certeza com ele mesmo. Tinha problemas com a sua vida e o suicídio, de uma forma ou de outra, os resolveu. Logo, veio a redenção, ele entrou em paz consigo mesmo (Para um suicida, a pessoa que ele mais odeia no mundo é ele mesmo)
    ———
    Tenta achar que não é assim tão mal
    Exercita a paciência
    Guarda os pulsos pro final
    Saída de emergência

    Tenta achar que não é assim tão mal
    Exercita a paciência
    Guarda os pulsos pro final
    Saída de emergência
    ———
    CONCLUSÃO: A Pitty, ou seja lá quem escreveu esta música, sabe demais sobre suicídio e sobre o que passa na cabeça de um suicida. Provavelmente, o autor desta música já esteve à beira de umsuicídio.

  21. jaque disse:

    cara quem se corta é louco temos é que buscar
    a deus quando tudo estáa se saindo ruim por que só ele nos ajuda num é se machucar e se drogar que vai adiantá naum que se corta é doidão

  22. Leonardo disse:

    Essa música fala na realidade de suicídio,
    “E um dia se atreveu
    A olhar pro alto
    Tinha um céu mas não era azul”

    Olhar pra cima de dentro de um caixão, viu só o tampo do caixão…

    “E um dia desistiu, quis terminar
    Só mais um gole, duas linhas horizontais
    Sem a menor pressa,
    Calculadamente
    Depois do erro, a redenção!”

    Só mais um gole do veneno, duas linhas horizontais significa aqueles aparelhos hospitalares que monitoram pressão e batimentos cardiacos, ou seja, uma dose de veneno e o coração pára.

    “Tenta achar que não é assim tão mal
    Exercita a paciência
    Guarda os pulsos pro final
    Saída de emergência”

    Os pulsos são a saída de emergencia desta vida, por isso fala-se em guardá-los pro final.

  23. Douglas disse:

    Ora, ora, ora… Imagino que esse céu não mais azul possa ser o fato de que ao passar do tempo a personagem da música passe a perder sua fé em uma entidade superior. Comece a formar sua própria opinião numa vertente materialista da filosofia. Assim, tudo o que aprendeu até o momento passa a não fazer mais sentido e cria-se um choque epistêmico. De acordo, com suas crenças, assumindo-se ateu, alguém que crê em Deus e o tem como Senhor, perde a salvação e se lança ao inferno.. um suicídio espiritual, sacaram! Espero ter sido claro.

  24. Mariana disse:

    Vocês são é um bando de hipocritas, “Quem se corta é louco” AH SABIA QUE POR ESSAS E MAIS OFENSAS AS PESSOAS SE MATAM ? SABIA ? Eu me corto, me xinguem… vão em frente e julguem sem saber os motivos

  25. Adriana disse:

    Acho que primeiramente não se pode julgar quem se corta ou não, o fato é que as vezes a dor que sentimos por dentro passa a ser maior do que a que sentimos por fora, por isso essa tentativa, errada ou não, de se cortar ou em último caso se suicidar. Acho que como um comentário acima ela quis retratar o que acontece num suicídio. Mas quando ela diz: ”só mais um gole, duas linhas horizontais” são os cortes feitos nos pulsos.

  26. Um certo alguem disse:

    Na verdade ela está falando de uma pessoa depressiva, a qual não via mais saída para seus problemas, por isso começara a pensar na morte, mas, decidiu continuar tentando (o suicício – ou cortar os pulsos – seria a última alternativa). Por fim, chegou ao fato: cortou os pulsos, e logo após se arrependeu, mas conseguiu ser salva

  27. Rosaline disse:

    Na parte em q ela fala “tinha um céu,mas não era azul” quer dizer que a vida não esta tao boa,é uma matáfora (pra quem nao entende)e quando ela fala “duas linhas horizontais” é os cortes nos pulsos.Enfim,está relatando uma pessoa que não tinha mais motivos pra viver,então cometeu o suicídio! Bjsss #Rosy

  28. Fyama disse:

    Eu me corto, então essa musica que dizer que corta os pulsos é uma saída de emergência, não suícidio,o gole deve ser alguma bebida alcóolica e as linhas horizontais as os cortes nos pulsos.

  29. Ariana disse:

    A musica fala sobre os nossos limites, até onde nos vamos ou aguentamos a pressões sem achar que é uma boa se matar. a música não fala em um suicidio ocorrido muito pelo contrario ele está planejando a forma da morte, “E um dia desistiu, quis terminar”
    – Ela diz e um dia desistiu, quis terminar (ela desistiu de viver e quis terminar não terminou, ou seja não terminou).

    “Só mais um gole, duas linhas horizontais
    Sem a menor pressa,
    Calculadamente”. Acredito que aqui quis se confortar em achar que seria algo rápido e terminaria o sofrimento, poderia ser tomar uma bebida para ter coragem para corta os pulsos sem pressa de ter o resultado final, pois já estaria feito. A pressa seria para praticar o ato e depois relaxar e aguarda a morte “Depois do erro, a redenção!”, e no refrão ela diz para vermos coisas positivas que devemos nos matar só em ultimo caso, é a nossa saída de emergência.
    É valido ressaltar que ao verificar alguns comentário, as pessoas confundem cutting com suicídio, cutting não é praticado com o intuito de suicídio e sim com o objetivo de aliviar uma dor que por vezes demonstra ser muito superior a qualquer outra, fazendo assim com que a dor do corpo expresse o que não conseguimos por algum motivo colocar para fora, e a sensação é de alivio.

  30. Anjo Quebrado disse:

    Oi, eu estava vendo isso, e decidi dar o meu comentário. Eu me corto, e entendo bastante sobre o assunto. No meu ponto de vista, a cantora fez essa música pra tentar ajudar todos nós que nos cortamos. Ela diz “tenta achar que não é assim tão mal” ela quer dizer que é pra enxergamos que pode não ser tão mal assim a situação em que estamos. E depois “exercita a paciência”, no meu ponto de vista, ela está querendo dizer que é pra gente ter um pouco mais de paciência antes de fazer qualquer coisa. E quando ela fala “guarda os pulsos pro final, saída de emergência” quer dizer que é pra deixarmos isso em ultimo caso, como se realmente fosse uma saída de emergência. Caso a gente não conseguisse se controlar, nem ter paciência, é pra deixarmos pra cortar os pulsos em ultimo caso. E ela fala na música sobre alguém que se cortava, que não via graça em viver, que decidiu cometer o suicídio depois de estar muito cansada, mas no fim se arrependeu. “Depois do erro, a redenção” ela diz que depois que a pessoa cometeu o erro, percebeu as consequências. Na minha opniao é isso! Obrigada pela atenção

  31. blendaluana2@gmail.com disse:

    entao.. o q eu acho é assim. na parte que ela fala: “tentar achar que não é assim tao mal” ela ta querendo dizer que se acontecer alguma coisa muito mal(ou triste) nao é pra pensar que é o FIM do mundo, ela diz que é pra gente pensar que nao é assim tao mal, que vc nao vai morrer por esse motivo. e quando ela fala: “exercita a paciência” ela quis dizer que é pra vc ter a maior paciência do mundo, que não é pra vc sair fazendo bobagem pelo mundo sem saber de tudo o que aconteceu, e que nao é para vc sr precipitar. e quando ela diz: “Guardar os pusos pro final” ou seja. pra vc cortar os pusos ou fazer outras coisas quando vc tiver a maior certeza que nao tem mais jeito. a fraze mesma fala “guardar os pusos pro final”, tem que guardar eles pro final. ou seja , pense nele so quando nao tiver mais jeito, quando vc parar pra pensar e falar assim: “é o fim! eu nao aguento mais sofrer” vc so vai pensar em seus pusos quando ja for o fim! e quando ela diz: “saida de emergencia” isso e depois que vc nao aguentou mais e acabou se cortando, ou seja, saida de emergencia pro hospital! e quando ela diz: “e um dia desistiu, quis terminar” isso ai ja ta na cara, ela quis terminar o que ja começou, ou seja, “terminar de se matar”, so que ela(quando eu falo “ela” eu me refiro “a” pessoa, nao a Pitty! pq eu nao sei se foi ela ou outra pessoa que viveu isso) nao queria terminar o que ela começou “como” ela começou, e sim, se envenenando ou tomando um remedio a cima da conta. por isso ela diz: “só mais um gole” o que isso quer dizer? quer dize que só mais um gole e ela termina o que começou! e quando ela fala:”duas linhas horizontais sem a menor pressa” ela se refere a quela linha que fica naquela maquina no hospital. como ela fala “sem a menor pressa” ou seja, ela ja esta começando a morrer, pq quando aquela linha que tem na maquina fica lenta e pq a pessoa ja esta morrendo. e quando ela diz “calculadamente depois do erro, a redençao” ai eu te pergunto: o q foi o erro? o erro foi ela ter se cortado, e a rendenção? a redenção foi a morte! entao… eu espero que a minha explicação tenha sido boa. pelo menos e o que eu penso.

  32. Isabella disse:

    “Tinha um céu, mas não era azul”, diz que as coisas não estavam bem. Ela fala sobre tentar ver os pontos positivos, e deixar os pulsos como uma saída de emergência. Eu me corto, e é exatamente como vejo isso, os cortes aliviam a dor, é uma saída de emergência.
    “E um dia desistiu, quis terminar
    Só mais um gole, duas linhas horizontais” Quando o suicídio é visto como única saída, e a esperança se foi, quis terminar com algo que poderia ser uma bebida, e depois dois cortes.
    “Depois do erro, a redenção” depois de cometer o erro, vem as consequências, e talvez arrependimento.

  33. Karoline Bezerra disse:

    “Se é coragem eu n sei”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *