Fingi Na Hora Rir

11 comentários

Los Hermanos

Hoje eu quis brincar de ter ciúme de você
Mas sem porque meu coração me avisou que não
Fingi na hora rir
Talvez por aqui estar tão longe de você pra te dizer

Aquilo que eu temia aconteceu ou foi só ilusão
Você manchou nós dois e desbotou a cor de um só coração
Ou anda sozinha, me esperando pra dizer coisas de amor

Pois eu, eu só penso em você
Já não sei mais porque
Em ti eu consigo encontrar
Um caminho, um motivo, um lugar
Pra eu poder repousar meu amor

Quantas horas mais vão me bater até você chegar?
Aqui meu lar deixou de ser aquilo que um dia eu construí
E eu fico sozinho, esperando pra trazer você para mim

Sofro por saber que não sou eu quem vai te convencer
Que cada dia a mais é um a menos pro encontro acontecer
E eu fico sozinho, esperando por você, meu bem-querer

Pois eu, eu só penso em você
Já não sei mais porque
Em ti eu consigo encontrar
Um caminho, um motivo, um lugar
Pra eu poder repousar meu amor


11 comments on “Fingi Na Hora Rir

  1. Renerzinho disse:

    Alguém pode explicar o Video Clip de um niver de 15 anos????? quem é quem?????
    Abração.

  2. elaine disse:

    a única correlação que consegui enxergar entre o clipe e amúsica foi que a festa parece uma encenação, onde a aniversariante finge rir, como quem está instaisfeita, mas deve manter um protocolo. no mais, não entendi, porém continuo achando o trecho “… eu só penso em você / já não sei mais porque / em ti eu consigo encontrar / um caminho, um motivo, um lugar / pra eu poder repousar meu amor” lindo! é declaração de quem ama tanto, que já nem sabe mais a razão disso, mas reconhece que isso é bom (vide a idéia de repouso).

  3. Renerzinho disse:

    Então a unica coisa que achei que tem haver é quando ela ganha a boneca e sorrir…
    FIngiu que Gostou…. todo mina de 15 anos já odeia boneca.

  4. Kenji disse:

    Acredito que essa música é alguma história de vida pessoal de Marcelo Camelo, mas que teve a intenção de atingir o maior número de pessoas opssível e portanto, tem diversas intepretações. Uma delas, a que eu ouvi não se de quem, pareceu-me a mais condizente para minha vida.
    Um rapaz, apaixonado por uma garota x ( justificado nos trechos “Pois eu, eu só penso em você…”) que sente ciúmes louco da amada, mas que sabe que não pode senti-lo, por não te-la a seus braços. Sofreu de uma desilusão amorosa muito grande e agora encontra-se em constante conflito de razão emoção ( justifcado pelos versos “meu coração avisou que não….””aconteceu ou foi só ilusão..” sofro por saber que não sou eu quem vai te convencer). Fica claro pra mim, esse conflito existêncial amoroso que o eu lirico amante tá passando, tadinho…

  5. Natalia disse:

    Pra mim fica clara a idéia de um amor platônico. Não assisti o clipe, mas a menina de 15 anos, que vocês falaram, deve ser a apaixonada…

  6. Bia disse:

    Achei simples,ele comparou.
    A euforia de uma festa de quinze anos onde você prepara tudo por tanto tempo e fica esperando aquele dia acontecer,com tanta ansiedade e alegria com um amor.
    Um amor que você espera que um dia venha a ser reconhecido e venha a aflorar como uma debutante (passando de um amor infantil e platônico para um amor real e maduro).
    Como isso não acontece ela fingi que está feliz,assim como, a menina no clipe.Como se a festa não fosse nada do que ela esperasse e no final de tudo,as coisas sempre acabam,como se a magia acabasse (você passa tanto tempo achando que uma coisa é importante e na hora,ou quando passa,você vê o quão tola foi).
    Foi essa relação que eu fiz do clipe com a letra da música.

  7. Letícia disse:

    Vejo como um amor informal, quase uma brincadeira entre os dois. Só que o moço se deixa levar nos sentimentos. Sentiu que aquilo já não era mais brincadeira, pelo menos pra si, no que sentia. E quando percebeu, já estava apaixonado. E a moça parece não corresponder esse sentimento, mas ele insiste, sempre.

    O fato do clipe ter uma festa de 15 anos pode ser justificado pelo amor infantil, que foi o estopim de todo o sentimento (e sofrimento).

  8. Dayveson Mendes disse:

    Eu penso que Ana Júlia¹ é uma resposta à Fingi Na Hora Rir², apesar de ter vindo antes. Pois a primeira complementa muito bem a segunda.
    A segunda é uma carinha que dá um selinho e se apaixona infantilmente, mas ainda não entende ao certo o que é amar e fica criando estórias na cabeça, além do mais, as amigas da menina influencia ela sobre algumas coisas, e ele fica inseguro porque não possui poder de convencimento sobre uma relação e, depois revê a paixão antiga, e pensa consigo (já na segunda): “Quem te vê passando assim por mim não sabe o que é sofrer”…

  9. Carlos Vianna disse:

    Sempre interpretei como uma coia mais mórbida e profunda. Um amor platônico que eleva o estado de espírito do eu lírico à margem do desespero, mas que, por conta da forma com que vivemos hoje em dia, sempre tentou manter a aparência e seguir a vida, com aquele amor não correspondido corroendo por dentro. No primeiro trecho o “brincar de ter ciúme” foi um acontecimento real, provavelmente numa conversa informal entre amigos ou no trabalho, já o “aqui estar tão longe de você” se refere claramente à distância emocional que eles têm, talvez por ela ser casada ou coisa que o valha…

    • Thamy disse:

      Interpreto um amor platônico. Moram distantes, tentam se encontrar, mas não podem! “quantas horas mais vão me bater até você chegar?” ou o rapaz é casado, ou ambos são! “Aqui meu lar deixou de ser aquilo que um dia eu construí” ou seja, o casamento dele não vai nada bem. Ele conheceu a moça e ela começou a dar vida para os dias dele, e ele já está louco para trazer ela para perto.
      “E eu fico sozinho, esperando pra trazer você para mim.”

      Ele não sabe nem a razão para tudo isso ter acontecido, mas ele está muito apaixonado, só pensa nela, nela ele encontrou motivos para ser feliz, e o amor que ele tem, é para ela que ele quer dar! “Pois eu, eu só penso em você
      Já não sei mais porque
      Em ti eu consigo encontrar
      Um caminho, um motivo, um lugar
      Pra eu poder repousar meu amor”

  10. Gaby disse:

    Para mim o eu lírico está loucamente apaixonado por uma pessoa (creio que seja uma amiga ) mas essa pessoa pode estar gostando de outa pessoa , isso fica claro quando ele diz : ” Aquilo que eu temia aconteceu ou foi só ilusão
    Você manchou nós dois e desbotou a cor de um só coração
    Ou anda sozinha, me esperando pra dizer coisas de amor ” . Mas ele não tem certeza , por isso o questionamento , eu acredito que ele possa estar sendo ” iludido ” por essa menina .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *