Tudo por Acaso

4 comentários

Lenine

Eu sei!
Tudo por acaso
Tudo por atraso
Mera distração…

Eu sei!
Por impaciência
Por obediência
Pura intuição…

Qualquer dia
Qualquer hora
Tempo e dimensão
O futuro foi agora
Tudo é invenção…

Ninguém vai
Saber de nada
E eu sei
Pelo sentimento
Pelo envolvimento
Pelo coração…

Eu sei!
Pela madrugada
Pela emboscada
Pela contramão…

Qualquer dia
Qualquer hora
Tempo e dimensão
O futuro foi agora
Tudo é invenção…

Ninguém vai
Saber de nada
E eu sei
Por qualquer poesia
Por qualquer magia
Por qualquer razão…

E eu sei!
Tudo por acaso
Tudo por atraso
Mera diversão
Mera diversão…

Qualquer dia
Qualquer hora
Tempo e direção
O futuro foi agora
Tudo é invenção…

Ninguém vai
Saber de nada
E eu sei!…


4 comments on “Tudo por Acaso

  1. sc disse:

    Gostava de perceber qual o real seignificado desta música.
    Ajudem-me !

  2. erivelton disse:

    a arte do poeta criar…

  3. Luiz Paulo Nunes disse:

    Coisa que sabemos, são coisas que são premeditadas, a arte é uma fonte além da compreensão da humana, tudo que ele diz, é pela arte, a ciência é invenção limitadora, E qualquer dia e qualquer horam qualquer situação, é momento de se criar e recriar a arte, nem que seja no acaso, no atraso, diversão e até uma distração positva é claro, ela vai além do tempo e da dimensão, a relação de tempo é falsa, pq quando se perde a noção do tempo, realmente dosta do que faz, ou seja a arte é tudo, e ngm vai saber de nada, se refere que vemos outra coisa na arte e não o que ela realmente é, isso que é algo que vai além da ciência ou da compreensão humana, a arte, a emoção, o abstrato, o pensando sore pensando, a incerteza leva a inspiração.

  4. Thiago disse:

    o que vejo nessa musica , são dois sentidos, um; que o acaso faz do momento a diferença do que se é esperado , as imaginações , as suposições e idealizações se desmancham , mesmo que seja pensado cada passo o acaso interfere e as coisas pensadas e achadas podem virar “mera diversão, na brincadeira do que será. Noutro sentido: vejo a pintura em detrimento de lembranças de uma relação , onde uma paixão de alguém ao outro ficou na lembrar de não lembrar o que se iniciou esse envolvimento tão forte entre dois sere, foi tudo por acas, uma magia , uma poesia, uma mistério que nãos se compreende mas tão intenso que os dias e as horas, os espaço são meros qualquer , as coisas importantes comprimidas pelo acaso( oculto).( “qualquer dia / qualquer hora/ tempo e direção / o futuro foi agora/ tudo é ilusão “) ninguém vai saber de nada do amor que nas artérias do coração, um liquido passageiro que , constante, efêmero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *