Faça o download do App do Análise de Letras para Android! É grátis!

Uma menina me ensinou
Quase tudo que eu sei
Era quase escravidão
Mas ela me tratava como um rei
Ela fazia muitos planos
Eu só queria estar ali
Sempre ao lado dela
Eu não tinha aonde ir
Mas, egoísta que eu sou,
Me esqueci de ajudar
A ela como ela me ajudou
E não quis me separar
Ela também estava perdida
E por isso se agarrava a mim também
E eu me agarrava a ela
Porque eu não tinha mais ninguém
E eu dizia: – Ainda é cedo
cedo, cedo, cedo, cedo.

Sei que ela terminou
O que eu não comecei
E o que ela descobriu
Eu aprendi também, eu sei
Ela falou: – Você tem medo.
Aí eu disse: – Quem tem medo é você.
Falamos o que não devia
Nunca ser dito por ninguém
Ela me disse: – Eu não sei mais o que eu
sinto por você.
Vamos dar um tempo, um dia a gente se vê.

E eu dizia: – Ainda é cedo
cedo, cedo, cedo, cedo.



Qual é a sua interpretação?





*



59 Comentários

ahh ta brincando q tem gente q n sabe pra quem o Renato fez essa musica ??
é só baixar o filme somos tão jovens q descobre rapidinho !!

Pessoal sabe pq ele fez essa musica a história é assim ele tinha uma amiga muito proxima saiam juntos e Renato Russo tinha custume de gravar oq as pessoas falavam pra ele pra fazer musicas e ele gravou uma conversa dele com essa amiga soq dai essa conversa vazou na midia dai ela foi no estudio dele e pegou a gravação e disse nunca + fala cmg dai ele fez uma musica sobre aquela gravação e cantou ela no show em Porto Alegre e antes ele disse q a musica era sobre a aquela amiga entao essa historia é a q eu conheço blz

Desde 2010 são registrados aqui os mais diversos relatos de opiniões sobre a música “Ainda é Cedo”, alguns simples, complexos, âmbíquos, fantasiosos, conspiratórios, etc. Aproveitando esta celeuma de ideias quero deixar minha opinião pela ótica do princípio científico e filosófico da “Navalha de Occam” onde diz que entre hipóteses formuladas sobre a mesma evidencia, é mais racional acreditar na mais simples onde tende-se ser a mais correta é descarta-se (corta)a hipótese mais complicada. Portanto fico com o comentário nr 7 de Taimá (1 Ago 2013), que diz que Renato apenas falou de um relacionamento ou amizade qualquer.

Bem, eu já li umas 4/5 interpretações da música e posso falar: de fato se trata de uma mulher. O próprio Renato afirmou em um show que fez em Porto Alegre que foi para uma ex-namorada. Se liguem só no quote:

“Agora vocês vão ver como funciona uma passagem de som. É uma coisa… Squiderré pode ascender as luzes. Funciona assim: – Eu tou aqui no palco, eu não tou ouvindo a Guitarra. Então eu vou pedir para aumentar a Guitarra, por favor. Mas é; porque a gente tá aqui, a gente não ouve o que vocês ouvem. A gente ouve nessas caixinhas. Então eu vou pedir ao nosso técnico aumentar a Guitarra, continuem tocando numa boa. “O Baixo tá alto demais”. Então a gente vai pedir pra abaixar o Baixo aqui do palco. Isso. “A Guitarra aumentou demais”, pode abaixar. Isso. Agora, Fred, Violão, vamos lá(…) (…)Vocês querem saber porque esta história acabou? Por que eu gosto muito de dar ordens. Se as coisas são saem do jeito que eu quero, eu mando aumentar a Guitarra, mando abaixar a Guitarra, mando fazer isso… Mas isso você não pode fazer. Principalmente no amor. Eu nem sei direito o que é o amor. E você não pode ter uma relação de força, de poder. Sabe, tem que ser uma outra coisa. E eu já sofri muito na vida por causa disso, sabia? Tanta gente já foi embora da minha vida por causa disso. Porque eu sou mandão, “com a melhor das intenções”.
Depois disso ele canta Gimme Shelter / Pretty Vacant / Satisfaction / Jumping Jack Flash / Rock Around The Clock / Blue Suede Shoes. Ela adorava todas essas músicas… Ainda é cedo…
Você está por aí, eu sei…
Foi pra você…”

Dizer que se trata da cocaína é uma interpretação interessante, mas eu acho que foi feita para uma “Aninha” da vida do próprio Renato. Mas quem sabe? Renato Russo é quase um da Vinci do rock nacional. Ele também era meio que gozador. Mas eu ainda acho que ele fez essa música para uma Aninha da vida real. Agora, quem será essa? Será que um dia saberemos? Huhuhu….

essa musica foi feita para a melhor amiga do renato! eles ficaram algumas vezes juntos,e em uma dessas vezes eles discutiram! ele fez a musica pra ela!! logo no show seguinte ele foi lançar a musica mais se decepcionou ao ver que ela nn estava presente. entao,para substitui-la ele colocou uma rosa branca suporte do mocrofone. mais ela estava presente no show,só que escondida! depois disso o renato sempre colocou uma rosa branca em seu show,principalmente após a moste de sua amiga.

A letra dessa música retrata a história de um homem que estava confuso, dai encontrou uma menina que se torna melhor amiga dele, porém a menina o tratava muito bem, então ao perceber que as vontades e desejos não seriam os mesmos, ele resolveu dizer que “ainda é cedo”.
Na minha opinião ele foi um egoísta, a menina fazia muitos planos e ele só queria que aquele tempo passasse pra ele ficar bem sem pensar na menina.

Segundo o filme somos tão jovens, essa música foi dedicada a sua melhor amiga, após um desentendimento com ela. Na verdade se trata de uma amizade, e não um relacionamento amoroso, já que Renato já havia confessado sua homossexualidade. Se tratava de um pedido de desculpas, com reconhecimento de seu erro com sua melhor amiga.

Sempre interpretei essa letra como sendo uma relação entre o eu, no caso a personagem que narra o texto, com um alter ego feminino que acompanhava-o desde a infâcia, manifestado em uma amiga imaginária ou uma personalidade multipla. Provavelmente essa interferência deve-se ao fato de uma infância problemática e de solidão. Com a proximidade da idade adulta se viu em fatos de deixar a personalidade de lado e é aí que ela se manifesta negativamente querwndo continuar a influenciar sua vida, na dúvida a personagem prefere um “até breve” do que um “adeus” por que é mais conveniente. Percebe-se que o personagem tem um certo receio de acabar a “amizade”, mas a vida vai passando o cedo pode se tornar tarde demais. É isso que eu penso.

Renato era um homem incomum,sua mente e seus pensamentos eram a frente de seu tempo.E eu, não sei exatamente a interpretação correta dessa letra maravilhosa que ele em sua genialidade escreveu e deu vida e voz…Mas aí está a magia, todos conseguimos encaixá-la em nossa vida e experiências vividas de uma forma ou outra e cada um a sua maneira.Bem, eu vejo uma amizade,um companheirismo no qual menino e menina aprendem e descobrem juntos o sentido de suas vidas,suas opções,preferências e têm dificuldade em se entender em alguns momentos,mas sempre acabam lado a lado,se ajudando,se consolando e se amando.Um amor sem limites e sem barreiras preconceituosas,onde se aceitam cada um como são.

Essa música fala única e exclusivamente sobre um relacionamento qualquer, não necessariamente de algum vivido pelo Renato… Porque essas pessoas paranoicas sempre querem achar uma mensagem subliminar em todas as letras do Legião? g-g

A letra é muito interessante… mas não sei se interpretar que ele esteja se referindo à cocaína seja plausível… em alguns shows ele menciona sentimento, comportamento, etc… “o relacionamento acabou porque eu sou mandão”…

Contudo… ao ver o filme… fiquei curioso em saber quem é essa verdadeira ANA (Aninha)… alguém encontrou alguma foto dela que posso me passar o link?

gente, no inicio eu acreditava que fosse o renato falando disfarçadamente de um homem, mas ai eu vi o filme somos tão jovens, acreditei que fosse realmente para a aninha, fui procurar mais sobre o assunto e vi que nem a aninha era real, como poderia ser para ela. Agora ha pouco, meu colega estava me falando que foi escrito para a cocaína, quase não acreditei. Primeiramente eu via como uma relação entre casais, mas depois, vendo com outros olhos, faz todo o sentido ser a droga. Nunca tive contato direto com a cocaína, mas curso filosofia em uma universidade pública no rio de janeiro e lá eu vejo todos os dias pessoas se envolvendo com a droga e sua rotina, é realmente doloroso e sempre acham que é cedo, não estão viciados nem nada. Bate exatamente com a cocaína. Fiquei arrasada, pois a história era muito semelhante comigo e meu melhor amigo, mas eu entendo, já desencanei! haha

éssa música é sobre cocaína

Na boa, eu acho que não existe nada de mensagem subliminar nessa música, ele deveria estar falando simplesmente de uma pessoa proxima, ou melhor, a única pessoa próxima a ele em que ele conhecia, quando ele ainda dizia “ainda é cedo” a outra pessoa se afastou, conseguiu concluir os planos e o outro ainda não.

Música linda, grande Renato, descreve exatamente uma relação onde eu tinha uma pessoa muito especial o tratava como um rei, dando todo o apoio, amor, carinho,eu terminei uma relação para viver ao lado dele, mas ele não teve a mesma coragem ”não quis se separar”…quando ele decidiu fazer tudo por amor já era tarde… fiquei em dúvidas dos meus sentimentos, ele ficou no ainda é cedo, mas para mim já era tarde!enfim, saí fora amando!

Essa letra na minha opnião fala de quando o Renato Russo contou para mãe que estava doente e iria morrer. A mãe é a tal menina, ela não queria aceitar a hipotese de ele não se tratar.
Vamos dar um tempo, um dia a gente se ve… eles se encontrariam no céu.
Ainda é cedo, ele tem tempo para morrer… ainda era cedo

Gente essa música é sobre ele e uma melhor amiga que eles brigaram e ele fez essa música pra ela.

se fossem fãs do LU deveriam escutar o cd AS QUATRO ESTAÇOES AO VIVO, o proprio Renato explica a musica

Creio que a intenção é o duplo sentido mesmo, seja cocaína ou seja uma pessoa, tem partes que é explicito pra quem conhece o “role” do vicio.

“era quase escravidão, mas ela me tratava como um rei”

(a dependencia se trata disso.. escravos do vicio e fazer de tudo pra conseguir mais)

“eu so queria estar ali, sempre ao lado dela, eu não tinha onde ir” (voce fica antisocial pra caramba, ate dividir o vicio é dificil)

“eu me agarrava a ela, porque eu não tinha mais ninguém. (como ele mesmo diz em há tempos, tantos temores nascem do cansaço e da SOLIDÃO).

“sei que ela terminou o que eu não comecei..” (acabou com a vida dele, de novo o vicio)

“vamos dar um tempo, um dia a gente se ve”
(sempre se quer parar, mas…)
“Eu dizia ainda é cedo”
(o role da coca sempre é coisa de varar noite, sempre ainda é cedo pra quem usa, porque tira o sono e a fome completamente, sempre se quer mais).

Po vocês tão viajando com esse negócio de cocaína. Essa musica foi pra ex noiva dele que terminou acho que ela descobriu q ele era gay.Isso está escrito em vários sites.

Essa música não foi pra amiga Ana como diz no filme.a Ana nunca existiu,essa personagem foi uma das únicas personagens fictícias da trama. Segundo Fontoura, ela representa amigas e namoradas que o cantor teve durante a adolescência, uma fase em que ainda descobria a sexualidade.

Essa música foi feita pra uma grande amiga do Renato, qual ele teve um “casinho”.
No filme Somos tão jovens, o nome da guria é Ana, mas creio que o nome real da amiga dele seja outro.

A música é uma homenagem a uma grande amiga que ele tinha,chamada Ana !!

acredito q nao seja pra outra mulher …e por isso se agarrava a mim tbm e eu me agarrava a ela pq. eu nao tinha mais ninguem … acredito q esse trecho da musica fala de dependencia .. seja d homem para mulher ou algo do tipo …concordo com a opniao da galileia …

Essa musica e sobe a relação que ele tinha com a mãe dele. Amava a mãe e não queria sair de casa, coisa que hoje em dia eh mais normal.Era uma relação de dependencia mutua.

gente, a musica não pode estar relacionada com a cocaína!, por que no começo da musica ele diz: “uma MENINA me ensinou, quase tudo que eu sei” . ele deixa claro que se trata de uma pessoa. eu interpreto a musica como um casal cujo ja não se amam mais tanto quanto antes, mais pela comodidade que ele tinha com esse relacionamento ele não quis se separar, talvez ele nem a amasse, talvez ele so esteja com ela por ela o ter ajudado quando ele estava perdido, e quando ela se cansa dele ele diz que ainda é cedo, pois ele é egoísta e quer continuar o relacionamento pela comodidade e segurança

Eu acredito sobre um relacionamento, onde sempre acontece, que quando um dos dois sempre toma atitude (Uma menina me ensinou quase tudo que eu sei) o outro acaba se acomodando, mesmo que nao esta tao bom, fica ali porque é confortável (era quase escravidao mas ela me tratava como um rei, ela fazia mtos planos e eu so queria estar ali) só que quem dá tbem quer receber (mas egoista que eu sou me esqueci de ajudar), e quando nao recebe se cansa, e quando o outro percebe pode ser tarde demais… Puro comodismo no relacionamento, bom isso é que sempre penso quando escuto essa musica

galileia …Não sei não, mas acho que não foi bem isso o que Renato Russo quis dizer.
Na verdade ele simplesmente retrata uma situação amorosa e conflituosa com sua suposta “companheira!.
Na qual também alega em que os dois se encontravam muito perdidos no relacionamento.
Essa música me lembra muito outra dos titãs:”É cedo ou tarde demais pra dizer adeus, pra dizer jamais!”

Gente, eu respeito a interpretação que cada um quer dar… se alguns entendem a “menina” como realmente uma pssoa e que a música fala de um relacionamento homosexual ou não; tá tudo bem rsrsrs… mas a “menina” a qual Renato russo se refere é a “menina cocaina”! Isso está claríssimo pois qq usuario de cocaína diz q ainda é cedo… cedo pra ir embora, dá pra esticar a noite um pouco mais ou até mesmo o dia se já clareou, depende se tem mais é da pra continuar e mesmo qdo a “menina” disse pra ele que não sabe mais oq sente por Renato, pois a sensação e efeito da droga ja ficou esquisito depois de tanto uso, ele continua dizendo que ainda é cedo!
Mas, egoísta (cocaina é uma droga egoista, não se divide) que eu sou,
Me esqueci de ajudar (ajudar a droga ser consumida por mais pessoas pois é oq ela quer… viciar mais pessoas)
A ela como ela me ajudou (ela “ajudou” ele)
E não quis me separar.
Só quem tem experiencia com a droga pode interpreta-la desta maneira e Renato Russo deixou claro que a letra fala sobre a cocaina. Espero ter ajudado a alguns entenderem a mensagem q Renato quis deixar! Abraços…

Pra mim a musica fala de um relacionamento. Onde o rapaz estava em seu primeiro namoro, ja ela não, era mais experiente. Ela tratava ele bem, porém era exigente; fazia plano a dois, enquanto ele, não. Os dois apesar de se amarem, viviam em conflitos,por terem objetivos e pensamentos diferente. E isso gerava insegurança entre os dois, fazendo com que brigassem continuamente. Então ela terminou com ele, mas no fundo os dois se amavam.

Pra mim a música se trata de um jovem em seu primeiro relacionamento sério com uma menina mais esperiente, mas parecia q ele nn gostava mto bem do relacionamento. Ela ajudava ele e ensinava há ele. Ele estava confuso, ela estava perdida enquanto a isso.Quando ela queria a primeira vez deles ele nn queria, ela terminou falando que ele tinha medo e era melhor dar um tempo e ele dizia “Ainda é Cedo”.

Acredita-se que a música, cuja letra foi feita por Renato, tenha sido dedicada a uma noiva do vocalista pela qual ele havia sido muito apaixonado, mas que o deixou devido ao gênio difícil de Russo, o que o próprio comenta durante essa música no CD ao vivo As Quatro Estações ao Vivo.

Não concordo com Regiane (Comentário by Regiane — 23 de março de 2012) em seu comentário não, já que há uma versão ao vivo dessa musica que ele explica implicitamente a letra e não tem nada a ver com drogas nem homossexualismo não. Leiam o comentário de Marcio (Comentário by Marcio… — 3 de setembro de 2011) que reproduz o que aconteceu no show e depois escutem a versão. Lá ele fala sobre seu posicionamento na relação, era muito mandão… Escute vocês vão gostar. Escute vocês vão gostar e ter outra visão da letra.

Gente, ele tem a versão dele na música que pode ser a de um relacionamento com uma mulher e ele sendo gay, não rolou. Ou, ainda, com a droga, cocaína ou sei lá qual. O que importa é qual a mensagem que cada um quer captar pra si. Cada um curtir do seu jeito. A letra, a melodia e a sensibilidade do Renato é o que vale! Beijos

Não acredito na versão da cocaína. Não se encaixa nessa musica. Pois, em princípio, na musica o narrador gosta de uma entidade (pessoa ou coisa) e entidade apesar de gostar dele deseja largá-lo.
O fato de haver vontade descarta a possibilidade de a segunda entidade ser uma coisa (a cocaína), dando a idéia de uma pessoa.
E se Renato (em vício) tentasse personificar a cocaína em um texto, dificilmente faria sentido descreve a vontade dela de se afastar do dependente.
Pelo contrário ele a descreveria como algo sempre tentador.

Daí restaria a interpretação do momento de descoberta do homossexualismo e a de um casal jovem em que uma parte (representado por “ela” moça) deseja algo sério e a outra parte (representado pelo narrador) tem medo e diz que é cedo.

Eu, particularmente, acredito mais na segunda versão. Pois conta uma história comum, que todo mundo ja viveu.

E faço uma ressalva. Embora ele tenha preferido mencionar a outra pessoa como “ela” não necessariamente deva ser uma mulher. Pode até ser uma maneira de resguardar a si e a pessoa a quem ele fez a cançao.

Renato era um poeta. E como dizia F. Pessoa: “O poeta é um fingidor. Finge tão completamente. Que chega a fingir que é dor. A dor que deveras sente.”

Pessoal, como disseram no 20º comentário, o Renato Russo mesmo disse que a música de refere ao uso da cocaína, a “era quase escravidão, mas ela me tratava como um rei”

Em minha opnião,Renato era bem imprevisivel,e suas músicas também são.Se eu tivesse capacidade de escrever as letras que ele escreve,essa música se tratava de um primeiro relacionamento sério…quando ele ainda tinha duvidas sobre sua homossexualidade.E esta moça fazia de tudo por ele mas queria que ele fizesse o mesmo,ele sempre entediado.Só queria ver as coisas como elas estavam,não queria correr riscos.

Acho que a letra fala de um rapaz, que teve inexperiente que teve um relacionamento com uma mulher mais velha. Ela lhe ensinou sobre relacionamentos, sexo… e era da forma dela. Eu seja ela conduzia a relação, mas mesmo assim o tratava bem. Ele inexperiente,gostava daquele mundo, mas era temporário, mas ela tinha planos para ele.Talvez o amasse muito. Ele era um menino ainda e gay. Como ele se via ali, sem poder ou com medo de assumir sua condição, sentia-se confortavel em tê-lá como namorada. Ela teve outras decepções e via nele uma saída, já que era um bom rapaz, servia pra ser seu homem. E de fato os dois se ajudaram. Não se completavam, mas preenchiam vazios. Daí, um dia ela terminou com ele porque descobriu que ele era gay. Ela sempre pedindo para ter filhos e casar e ele sempre dizia que ainda era cedo. Planos de futuro eram só delas, porque ele sabia que anão aguentaria aquela situação por muito tempo. Ela depois descobriu que ele era gay e então terminaram.

As coisa que Renato não sabia, aprendia com ela. E as coisa que ela não sabia ela aprendia com ele. Já que eles não tinham mais ninguém, resolveram se agarrar um ao outro. Mas ela sentia um sentimento muito forte por ele, e ele apenas amizade. Coisas que ele achava que ainda era muito cedo!

é preciso conhecer um pouco mais sobre a vida de Renato pra poder comentar sobre alguma letra dele. Ele sempre se expunha demais nas letras e ele mesmo explica a historia ainda é cedo, da forma dele, mas explica: (FALADO POR RENATO) Agora vocês vão ver como funciona uma passagem de som. É uma coisa… Squiderré pode ascender as luzes. Funciona assim: – Eu tou aqui no palco, eu não tou ouvindo a Guitarra. Então eu vou pedir para aumentar a Guitarra, por favor. Mas é; porque a gente tá aqui, a gente não ouve o que vocês ouvem. A gente ouve nessas caixinhas. Então eu vou pedir ao nosso técnico aumentar a Guitarra, continuem tocando numa boa. “O Baixo tá alto demais”. Então a gente vai pedir pra abaixar o Baixo aqui do palco. Isso. “A Guitarra aumentou demais”, pode abaixar. Isso. Agora, Fred, Violão, vamos lá(…) (…)Vocês querem saber porque esta história acabou? Por que eu gosto muito de dar ordens. Se as coisas são saem do jeito que eu quero, eu mando aumentar a Guitarra, mando abaixar a Guitarra, mando fazer isso… Mas isso você não pode fazer. Principalmente no amor. Eu nem sei direito o que é o amor. E você não pode ter uma relação de força, de poder. Sabe, tem que ser uma outra coisa. E eu já sofri muito na vida por causa disso, sabia? Tanta gente já foi embora da minha vida por causa disso. Porque eu sou mandão, “com a melhor das intenções”.
Depois disso ele canta Gimme Shelter / Pretty Vacant / Satisfaction / Jumping Jack Flash / Rock Around The Clock / Blue Suede Shoes. E no fim, quase que despercebido: ELA ADORAVA TODAS ESSAS MUSICAS… Ainda é cedo…
VOCÊS ESTÁ POR AI EU SEII…
FOI PRA VOCÊ..

Escutem na vesão “ainda é cedo, as quatro estações, ao vivo disc 2″

Meu namorado acabou de me ligar e colocou essa música pra mim. Eu o tenho ensinado a viver de forma melhor, diferente, ele não tem pra onde ir e eu sempre um trato como um rei, sempre, eu também estou perdida na vida e por isso me agarro à ele. E quando um dia tudo tiver fim, sei que ele vai achar cedo e eu vou ter me cansado. Nossa é a nossa cara.

eu acho que a letra trata de um relacionamento entre jovens. ele não havia tido um relacionamento serio antes dessa menina e foi com ela que ele aprendeu o que era namorar, ter um compromisso serio com alguém.
quando ele estava aprendendo como ser parte de um relacionamento, ela quis terminar com ele. ela se dedicou ao Maximo pra ser uma boa namorada e ela e o ajudou com seus problemas – alias, os dois tem seus próprios problemas e ele não se ligou que poderia dar apoio a ela também. a parte que eles jogam na cara um do outro que eles tem medo, acho que seja de encarar os próprios problemas e limitações.
no final, ele percebe que ela era a única em que ele confiava os seus medos e que ela fazia o mesmo com ele. era como se os dois só tivessem um ao outro. e no final, ainda fizeram questão de jogar na cara um do outro esses problemas! mas ele se arrependeu de ter esfregado na cara dela os defeitos que ela tinha.
no final, ela se magoou e desistiu dele, pois já nem sabia mais que tipo de sentimento que tinha por ele: se era amor, pena, necessidade, apego, amizade, conformidade, comodidade… o certo, pra ela foi se afastar. ele não percebeu a duvida dela antes disso e pra ele o relacionamento estava bom, já que ele tinha se acomodado.

Na parte final desse vídeo ele dá uma pista após cantar músicas de outras pessoas/grupos.
http://www.youtube.com/watch?v=Fq6hoS2RpOE&feature=player_embedded#at=587
o que vocês acham, ele dá uma pista mesmo?

acho que ele quis colocar a indecisao de muitos casais que existe por ai, que sempre deixa as coisas pra depois dizendo ser cedo, e no final acabam terrminando.que num namoro os dois aprende muito mais muitas vezes nao e o certo!!!

Interpreto que é um casal, não necessariamente tendo o Renato como membro. Afinal, acho que ele sempre quis que cada veja um pouco de si nas letras, então deixa em aberto quem faz parte dessa história. Concordo também de que é apenas um jovem casal onde ele na sua incerteza seja ela qual for (onde podemos colocar nossas incertezas) acaba deixando de levar mais a sério seu relacionamento achando que ainda é cedo para algo mais sério, então a moça termina tudo querendo uma atitude séria do rapaz.

MiltinhO @1000tinhoneto

Concordo com o comentário de que não se pode simplesmente deixar a arte ser livre? Porém, acredito também que Renato faz uma alusão ao uso de cocaína… Isso fica bem claro na segunda parte da música. É uma letra bem metafórica…

Engraçado que há pessoas que marcam os artistas com certos filtros. Se é música do Renato Russo necessariamente está falando de homosexualidade velada, se é do Raul Seixas, então é letra de anti-cristo. A música não pode apenas ser vista arte?

Minha gente. Que espaço maravilhoso de debate este aqui. Eu queria dizer que a letra dessa música se encaixou perfeitamente com uma história que vivi com uma mulher. Mas eu não sou homossexual e esse detalhe universaliza a letra… Outra hora deixo a história contada. Abraços a todos, parabéns pela iniciativa da criação desse espaço.

Essa letra maravilhosa do Ranato fala esclusivamente de um relacionamento entre um homem e uma melher. porém este homem (renato)não descobriu ainda a sua opção sexual. por isso ainda a sua dúvida em relação a esse relacionamento, apesar da sua garota o tratar tão bem, ele deixa bem claro para ela que ainda é cedo para algo mais sério, até que ela descobre que ele tem tendencias para o homossexualismo, mesmo estanto apaixonada por ele decide que tudo deve terminar.

ele era ingrato por fazer-la de otaria ,quando a unica pessoa que tinha ao seu lado era ela,ela tambem nao tinha mais ninguem a nao ser ele e por isso queria algo mais serio e talvez ate o amasse.

cocaína? to escutando uma versão que ele fala que é realmente pra uma garota, ele até fala no final “você está em algum lugar eu sei, e é pra você” e canta algumas músicas do rolling stones e fala que ela gostava delas, então acho que não tem nada a ver com cocaína.

Acho que a interpretação da Nina é a mais coerente e era a que eu tinha em mente, a dúvida que eu fiquei era em quem era a garota, se já divulgaram quem é ^^.

Ele fala “Sabe por que não deu certo? por que eu gosto muito de dar ordem” e fala que não pode ter uma relação de força e ele fala que muita gente já foi embora da vida dele por que ele é mandão.

Mas acho que o último ainda é cedo é mais forte “ainda é cedo” pra terminar, pra acabar.
O “Sei que ela terminou o que eu nem comecei” vejo como o relacionamento levado mais a sério, com planos, com futuro, ela termina isso sem ele nunca ter começado. Mas quando ela termina ele tem um certo arrependimento de não ter tratado ela bem, algo do tipo, não como ela merecia, até por isso a música é uma consequência desse arrependimento.

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Renato Russo era tão inteligente nas suas letras que deixa um posto de interrogação na cabeça de cada um que passa adiante suas poesias. Viva Renato Russo!

Deviam ser muito jovens pra iniciar a vida sexual. “Sei que ela terminou o que eu não comecei”. Ela perdeu a virgindade com outro.

Interpreto essa musica simplesmente como um caso de romance q não deu certo.
Onde um é dependente do outro…mostra bem a necessidade de estar com a pessoa, mas ja naum existe amor e sim simplesmente o relacionamento custumeiro, no ql a pessoa precisa da outra por apenas ter acustumado ao seu lado.
E qndo um dos dois(ELA) percebem q td se foi por agua abaixo, resolve terminar, fazendo com q o parceiro se sinta perdido por naum ter mais o seu “conforto”.
Mas ele naum deixava de perceber q o relacionamento “era quase escravidão”, mas como ela o tratava como um rei….ele abria mão de sua liberdade para estar ali e pq naum tinha onde ir, era uma situação conveniente!!!

Renato Russo sempre deixou claro que essa música ele escreveu se referindo à cocaína, não à uma menina…

Acho que esta música é sobre um relacionamento em que a menina descobre que o cara é homosexual, saca só a letra:
“Sei que ela terminou
O que eu não comecei
E o que ela descobriu
Eu aprendi também, eu sei…”(A menina descobre que ele é homosexual e ele aprende com a verdade, até então…)
“Ela falou: – Você tem medo.(medo de assumir)
Aí eu disse: – Quem tem medo é você.(o cara não aceitou de primeira e mandou essa resposta pra rebater)”

Acho que ele deu valor quando perdeu a pessoa, que ele nem sabia o quanto ele gostava, o quanto essa pessoa havia acrescentado na vida dele.

Legião Urbana

Ainda é cedo

Os sonhos sempre estão do nosso lado.
Mesmo com as dificuldades o homem nunca pode perder a vontade de VIVER, sonhar, lutar por melhorias
A mesmice sempre baterá em nossa porta, embora o comodismo sempre queira nos acompanhar temos que sonhar e não basta apenas sonhar temos que correr atrás da realização dos nossos sonhos.
Agradecer sempre, o mórbido não tem vez, estamos aqui para vencer, a coragem nunca pode parar, mas infelizmente algumas vezes tendemos a estacionar na vida.
O triste do ser humano é a negatividade, uma alma perdida deixa todos confusos familiares, colegas e inclusive o próprio ego, perdemos o rumo da caminhada. Como acreditar apoiar o incerto.
O ‘AINDA É CEDO” deixa bem claro o poder de recomeçar, não no ano que vem, mês ou semana mas agora, nesse instante.
Olhando para trás temos um sentimento de perda, ou na verdade a impressão de não ter ganho nada, temos um plano de melhoria em nossos sonhos as ferramentas nós temos… ainda não usamos mais um dia se passa e as coisas não mudam, ninguém acredita em um pessoa sem sonhos, inclusive ela mesma.
O conflito gerado por uma pessoa sem sonhos transparece em suas atitudes, pedir a deus só não basta, devemos agir, deus nem sempre dá o peixe, mas ensina a pescar.
E eu dizia: – Ainda é cedo
cedo, cedo, cedo, cedo.

Qual é a sua interpretação?

-->