Letras de Falcão

Música Número de comentários
12 Perguntas que Podem Cair na Prova1 commentário
A + BNenhum comentário
A Besteira é a Base da SabedoriaNenhum comentário
A Cura da Homeopatia pelo Processo MacrobióticoNenhum comentário
A Esperança é a Única que MorreNenhum comentário
A Influência da Farinha na Alimentação Cearense1 commentário
A MalaNenhum comentário
A Mulher é um Gênero HumanoNenhum comentário
A Sacanagem é RoxaNenhum comentário
A Sociedade Não Pode Viver Sem as PessoasNenhum comentário
A Terra Há de Comer (Já Que Eu Não Comi)Nenhum comentário
Ah! Uma JaulaNenhum comentário
Alguma Coisa Acontece no meu BuchoNenhum comentário
Amanhã Será TomorrowNenhum comentário
Amolda o Bicho na ParedeNenhum comentário
Arre Égua, MamãeNenhum comentário
As Bonitas que me Perdoem, mas a Feiúra é de Lascar2 comentários
Canto Bregoriano IINenhum comentário
Confesso que FresqueiNenhum comentário
Do Mastigativo ao DefecativoNenhum comentário
Gente HumanaNenhum comentário
Holiday Foi Muito1 commentário
HoróscopoNenhum comentário
Lends Picantis In Ânus Autrem Q’sucus EstNenhum comentário
Menino é Bicho InfantilNenhum comentário
Mesa de NecrópsiaNenhum comentário
No Cume1 commentário
O Desgosto Que Tua Mãe Me DeuNenhum comentário
O Dinheiro Não é Tudo Mas é 100%Nenhum comentário
O Movimento Está ParadoNenhum comentário
Onde Houver Fé, Que Eu Leve A DúvidaNenhum comentário
Ordem e ProgressoNenhum comentário
Ou É, Ou Deixa de ÉNenhum comentário
Pato Donald no TucupiNenhum comentário
Profissional RaparigueiroNenhum comentário
Quanto Mais PrincipalmenteNenhum comentário
Quebrando o CabrestoNenhum comentário
Quem não tem cão não caçaNenhum comentário
Se Eu Morrer Sem Gozar Do Seu Amor, A Minha Alma Lhe Persegue De Pau DuroNenhum comentário
Sine PornôNenhum comentário
Só é Corno Quem QuerNenhum comentário
Sou Mais do Tempo do FigueiroNenhum comentário
Todo Castigo pra Corno é PoucoNenhum comentário
Um Bodegueiro na FiecNenhum comentário
Um País se faz com Homens, Mulheres e MeninosNenhum comentário
Uma Noite Não É NadaNenhum comentário
Vão-se os Cabaços, Ficam-se os DesgostosNenhum comentário
Veneno Também MataNenhum comentário