Faça o download do App do Análise de Letras para Android! É grátis!


Últimas Análises

A música retrata as frustrações que vivenciamos quando estamos na fase de transição da adolescência para a fase adulta,e também retrata o quanto nós adultos valorizamos bens materiais e números.Ah e de preferência se eles tiverem muitos zeros no final,e muitas vezes não valorizamos o que realmente importa,o que é realmente belo e não tem preço.É uma enorme dica para fazermos uma análise de postura diante da vida. #Ficadica
Refrão (Tudo bem, até pode ser que os dragões sejam moinhos de vento) Ele concorda que talvez seus medos (dragões) sejam movidos por forças externas (moinhos de ventos.) (Tudo bem, seja o que for seja por amor às causas perdidas) Não importa o que move seus medos, só não quer sair da condição em que esta esta, pois ele gosta de ser pouco quando poderia ser muito. (muito prazer…ao seu dispor Se for por amor às causas perdidas) Ele aceita a estar ao dispor do sujeito oculto, desde que não tente mudar as escolhas que ele fez.
3ª estrofe (Muito prazer me chamam de otário) Nessa estrofe, ele não só se considera um otário, como os outros também o chamam de otário. (por amor às causas perdidas.) As pessoas esperam dele coisas que ele não pode oferecer, ou seja, ele é uma causa perdida.
2ª estrofe (Um prazer cada vez mais raro) Ele esta perdendo o desejo. (aerodinâmica num tanque de guerra,) Esta perdendo o desejo por voar, ter liberdade e enfrentar o mundo (vaidades que a terra um dia há de comer.) Se considerar egoísmo querer ser mais do que é, já que ele não vai existir para sempre. ("Ás" de Espadas fora do baralho) O "Ás" de Espadas significa a força ativa que o homem desenvolve com firmeza e compreensão para o triunfo de seu ideal; ele tem essa qualidade mas esta fora do jogo. (grandes negócios, pequenos empresários) Ele é um cara cheios de grandes ideias mas escolheu só faz o essencial.
1ª estrofe (Muito prazer, meu nome é otário) A primeira coisa que temos que entender é que esse é um dialogo entre duas pessoas, o otário e o sujeito oculto. A palavra "muito prazer" foi usada para se apresentar a esse sujeito oculto. O termo 'otário' acondiciona o narrador a uma qualidade que é a de aceitação de algo que foi contra seus valores. (Vindo de outros tempos mas sempre no horário) Esse sujeito é dotado de crenças e valores que se perderam com o passar do tempo, mas é flexível as mudanças que vem acontecendo. (peixe fora d´água, borboletas no aquário) Apesar de ser flexível as mudanças, se sente sufocado. Praticando o que não acredita, morrendo aos poucos. (na ponta dos cascos e fora do páreo) Ele esta preparado enfrentar quem ele é mas esta acondicionado a outra realidade. (puro sangue, puxando carroça) Um sujeito que tem muito mais para oferecer, que nasceu pra fazer a diferença mas que esta sujeito a outra realidade.
Quando o eu-poético refere a si mesmo como "otário, vindo de outros tempos, mas sempre no horário" acredito que ele queira dizer que mesmo sendo honesto, é um fracassado, e que esta atitude correta (que ele não vê na maioria das pessoas) na verdade não o traz nada de especial (grandes negócios, pequeno empresário). Nos versos "Tudo bem, seja o que for, seja por amor às causas perdidas" acredito que ele quer dizer que mesmo que ele seja chamado de otário por ser honesto e não conseguir nada com isso, ele continua tentando (entretanto, desmotivado) para conseguir o "algo" por qual ele luta. Na minha interpretação, "tudo bem, até pode ser que os dragões sejam moinhos de vento" quer dizer que o que ele via com tanta grandeza, é considerado por muitos algo sem importância, e ele está cada vez mais acreditando nisso, cada vez mais desmotivado.
Galera, A única análise que está correta é a do "Eliaquim" (a segunda, se eu não me engano) A história de um rapaz que, quando brigava com a namorada, pegava uma das highways do sul para "espairecer" e pensar na vida. Abs, Hank.
Minha opniao, fala zobre a infinita estrada, que consequentemente seria a morte, a letra eu acho que fem um toque de suicida,: nao precisamos saber para onde iremos, nós só precisamos ir
Impossível essa letra não falar (também), do mercado de música pop e sua imposição de músicas curtas, na faixa dos três minutos, voltadas para as FMs.
Fala de um cada que percebeu que gostava de uma amiga: 1ª Estrofe: Assim, só sendo amigos eles vão se perder, sem rumo como o barco e perdendo a vida, como a árvore. 2ª Estrofe: Ele não quer forçá-la a nada, se ela não gostar dele, diga a verdade, não prolongue isso 3ª Estrofe: Rotina, todos os dias ele vai onde ela tá, mas como vê-la é bom, toda dia é bom, "noite de luar" 4ª Estrofe: ?? Vuei. Mas acho que é ele que só fala nela, até com o taxisita que ele não conhece. 5ª Estrofe: O invisível é o que ele sente por ela, só quando ia perdê-la percebeu que gostava dela. O invisível saltou aos olhos. 6ª O fogo é a amizade, que tava tudo bem, só que durou pouco, quando se apagave ele percebe que gosta dela e tudo vira luz 7ª "Conheci uma guria que eu já conhecia", é a mesma menina de sempre, mas vendo com outros olhos, antes era só amizade, agora é algo mais. O precipício é o medo da resposta, da rejeição, a indecisão. 8ª tudo tá normal (o fogo queimando), mas não satisfaz (não aquece). Ele ainda não falou, estão como amigos (tudo normal, mas não satisfaz), ele quer mais, ele quer ela.
A Letra da música não tem absolutamente NADA com drogas. Nego viaja é igual fofoca é audível é interpretativo é o mesmo que o visual as vezes a gente vê coisa e imagina outra. Mas a música não tem nenhuma conotação com drogas! A música retrata situações da vida, onde a INFINITA ESTRADA é a fuga as vezes a solução onde o você escolhe o caminho que quer seguir as suas escolhas, as paixões mal resolvidas os limites de viver intensamente onde se fala 110, 120, 130 é uma alusão quando se vive algo bom e novo se quer viver tudo de uma vez. guilhermeanogueira
quando eu ouço essa musica me lembro do livro o lobo da estepe, do Muro, das frases, do teatro, acho que estamos pertos de desvendar os enigmas disso tudo.
Na verdade nada é uma palavra esperando tradução, essa é a grande frase da musica é por ae que começa a esquentar nosso joguinho. A guria é alguem que pegou seu lugar na vida, e ele viu que ela estava sozinha na vida como ele tambem esteve, como Jesus esteve sozinho e como Judas desejava ficar sozinho kkkkkkk, como Deus ficava sozinho e lucifer desejava estar sozinho, como Mozart estava sozinho e Salieri desajava estar sozinho.kkkkkkkkkk
Ele disse tudo na musica, mais não adianta, por mais que a gente grite, o silêncio é sempre maior.
Acho que é assim: "é estranho esse pensamento, mais imagino um cara que tem seu prazo de vida vencida e que ele precisa sair pra entrar outro no lugar como se ele tivesse pagado pra viver. No exemplo eu não vim até essa Ilusão ou vida ou teatro sei la, pra desistir, agora . Se depender de mim eu vou até o fim. " se fica até o fim descobre que tudo era mentira e perde a fé e fica com o destino talvez traiçoeiro. minha casa é qualquer lugar. "Algo fora dessa prisão, quanto mais tempo demora pra sair, algum lugar não tão bom assim será sua morada( mar, fogo , gelo terra ) doidera ahsuhaushau.