Vida

2 comentários

Chico Buarque

Vida, minha vida
Olha o que é que eu fiz
Deixei a fatia
Mais doce da vida
Na mesa dos homens
De vida vazia
Mas, vida, ali
Quem sabe, eu fui feliz

Vida, minha vida
Olha o que é que eu fiz
Verti minha vida
Nos cantos, na pia
Na casa dos homens
De vida vadia
Mas, vida, ali
Quem sabe, eu fui feliz

Luz, quero luz,
Sei que além das cortinas
São palcos azuis
E infinitas cortinas
Com palcos atrás
Arranca, vida
Estufa, veia
E pulsa, pulsa, pulsa,
Pulsa, pulsa mais
Mais, quero mais
Nem que todos os barcos
Recolham ao cais
Que os faróis da costeira
Me lancem sinais
Arranca, vida
Estufa, vela
Me leva, leva longe
Longe, leva mais

Vida, minha vida
Olha o que é que eu fiz
Toquei na ferida
Nos nervos, nos fios
Nos olhos dos homens
De olhos sombrios
Mas, vida, ali
Eu sei que fui feliz


2 comments on “Vida

  1. Erika disse:

    Alquem intreprete essa cancao pra min.obrigada!!!

  2. yolanda disse:

    A música vida fala sobre morte, mas uma morte bem morrida. E também de vida, já que um subentende o outro:
    Vida, minha vida
    Olha o que é que eu fiz
    Deixei a fatia
    Mais doce da vida
    Na mesa dos homens
    De vida vazia
    Mas, vida, ali
    Quem sabe, eu fui feliz
    Nas primeiras linhas, revisa a própria vida, mas não se arrepende, ainda que estivesse falando de hábitos tidos como moralmente inadequado, nesse caso, o jogo de azar.
    Vida, minha vida
    Olha o que é que eu fiz
    Verti minha vida
    Nos cantos, na pia
    Na casa dos homens
    De vida vadia
    Mas, vida, ali
    Quem sabe, eu fui feliz
    Prossegue no mesmo movimento de rememoração, agora dos ‘PTs’ dados por bebedeira em festas. Podemos até considerar que as bebedeiras desencadearam problemas de saúde mais sérios.
    Luz, quero luz,
    Sei que além das cortinas
    São palcos azuis
    E infinitas cortinas
    Com palcos atrás
    E se antes elx falava do que passou, agora pensa no futuro, mas que futuro? Lembram daquela luz no fim do túnel dos que quase morrem? Tudo leva a crer que a vida desvairada, da qual elx não se arrepende, está chegando ao fim e pra elx tá tudo bem! E tá tudo bem porque elx sabe que é só um portal pra outras vidas, pra outras aventuras
    Arranca, vida
    Estufa, veia
    E pulsa, pulsa, pulsa,
    Pulsa, pulsa mais
    Agora, numa interpretação mais incerta, diria que elx está ligado a aparelhos par continuar vivx e chama esses aparelhos de ‘vida’. Assim, a música toda é a conversa delx com os aparelhos que o mantêm vivx. Só que elx não quer mais essa prisão, elx está falando “arranca, arranca esses aparelhos que me mantem nessa meia vida, nessa vida que não é minha” e quando arranca mesmo a veia estufa e pulso sobe, elx está morrendo.
    Mais, quero mais
    Nem que todos os barcos
    Recolham ao cais
    Que os faróis da costeira
    Me lancem sinais
    Mas elx está morrendo com vontade, e não importa se tentam reanima-lx artificialmente, não importa se outras pessoas se apegam a vida ou se tem pessoas que gostariam delx vivx. Elx quer morrer, pois vê isso como uma aventura, e elx está prontx. Não por depressão ou tendências suicidas, mas por opção. Elx quer apostar no desconhecido, lembram que elx era um(a) apostador(a)? Pois continua sendo.
    Arranca, vida
    Estufa, vela
    Me leva, leva longe
    Longe, leva mais
    É, elx está morrendo, está embarcando pra longe. Reparem como elx substituir a palavra veia por vela. Genial.
    Vida, minha vida
    Olha o que é que eu fiz
    Toquei na ferida
    Nos nervos, nos fios
    Nos olhos dos homens
    De olhos sombrios
    Mas, vida, ali
    Eu sei que fui feliz
    Elx tocou nos fios, arrancou! Não está mais vivx por causa de aparelhos e isso é mexer com aqueles que acham que essa nossa ciência é a única solução. Com todos aqueles de olhos sombrios que acham que pra estar vivo basta um coração pulsando, que a felicidade se arruma com remédio. E elx não tem nenhuma dúvida de que foi uma boa escolha, elx sabe que foi feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *