A Permuta dos Santos

0 comentários

Chico Buarque

[…]Outro recurso muito eficaz, o mais eficaz de todos eles,
consiste em “contrariar” os santos. […] levava-se para ali o S.
Sebastião da igreja local, trazendo-se, em troca, […] a
imagem do Senhor do Bonfim, tudo processionalmente,
com rezas e cânticos.
Enquanto não chovia os santos não voltavam
para seus lugares.
(Dicionário do Folclore Brasileiro, de Luis da Câmara Cascudo)

São José de porcelana vai morar
Na matriz da Imaculada Conceição
O Bom José desalojado
Pode agora despertar
E acudir os seus fiéis sem terra, sem trabalho e pão

Vai a Virgem de alabastro Conceição
Na charola para a igreja do Bonfim
A Conceição incomodada
Vai ouvir nossa oração
Nos livrar da seca, da enxurrada e da estação ruim

Bom Jesus de luz neon sai do Bonfim
Pra capela de São Carlos Barromeu
O bom Jesus contrariado
Deve se lembrar enfim
De mandar o tempo de fartura que nos prometeu

Barromeu pedra-sabão vai pro altar
Pertencente à estrela-mãe de Nazaré
A Nazaré vai de jumento
Pro mosteiro de São Joào
E o Evangelista pra basílica de São José

Mas se a vida mesmo assim não melhorar
Os beatos vão largar a boa-fé
E as paróquias com seus santos
Tudo fora de lugar
Santo que quiser voltar pra casa
Só se for a pé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *