Só Por Uma Noite

8 comentários

Charlie Brown Jr

Eu procurei em outros corpos encontrar você
Eu procurei um bom motivo pra não, pra não falar
Procurei me manter afastado
Mas você me conhece eu faço tudo errado, tudo errado

Fim de semana, sei lá vou viajar
Vou me embalar, vou dar uma festa
Eu vou tocar um puteiro
Eu vou te esquecer, nem que for..

Só por uma noite
Só por uma noite
Só por uma noite
Só por uma noite

Mas só de ouvir a sua voz
Eu já me sinto bem
Mas se é difícil pra você tudo bem
Quando a gente se diverte com o que tem

Só de ouvir a sua voz
Eu já me sinto bem
Mas se é difícil pra você tudo bem
Muita gente se diverte com o que tem

Se diverte com o que tem
Só por uma noite

Eu procurei abrir os olhos, enxergar você
Eu procurei um bom motivo pra não, pra não estar lá
Eu Procurei me manter afastado
Mas você me conhece eu faço tudo errado, tudo errado

Fim de semana, sei lá vou viajar
Vou me embalar, vou dar uma festa
Eu vou tocar um puteiro
Eu vou te esquecer, nem que for..

Só por uma noite
Só por uma noite
Só por uma noite
Só por uma noite

Mas só de ouvir a sua voz
Já me sinto bem
Mas se é difícil pra você tudo bem
Quando a gente se diverte com o que tem

Só de ouvir a sua voz
Eu já me sinto bem
Mas se é difícil pra você tudo bem
Quando a gente se diverte com o que tem

Se diverte com o que tem
Só por uma noite


8 comments on “Só Por Uma Noite

  1. Didimo Monteiro disse:

    Na letra ele basicamente fala de um sentimento que ele tem por ela e esta tentando esquecer nem que seja só por uma noite.

    O primeiro paragrafo é bem simples, e é bem auto explicativo, ele buscou ela em outras pessoas, ele tentou se manter afastado dela e nao conseguiu.

    No segundo paragrafo ele fala, que vai viajar, vai embalar, da uma festa tocar um putero, e que vai fazer de tudo aquela noite, e que vai esquecer ela, nem que seja por uma noite

    Depois ele fica repetindo, só por uma noite, tentando convence-lo de que vai esquece-la por uma noite.

    Mas só de ouvir a voz dela, ele fica bem, e isso demonstra que ele ainda a ama. Mas se é tão dificil dela voltar pra ele, tem muita gente que diverte com o que tem, e mesmo sem te-la, ele vai tentar se divertir, nem que seja só por uma noite.

    Ele proucurou abrir os olhos, e enxegar ela de uma forma ruim, ele proucurou um motivo pra não ir até ela, mas nao conseguiu, ele tentou se afastar e nao conseguiu

    o resto da musica só repete.

  2. Linda Jane Porto disse:

    A vida dele é na maconha, uhul, viva as drogas 😀

  3. jorge disse:

    De novo ambiguidade! Alusão as drogas, que vai tocar a vida dele,fazer outras coisas, se distrair, e nao usar drogas pelo menos uma noite..como também pode ser esquecer a amada.

  4. Karla disse:

    A música é bem simples, ele vai esquecer de tudo, nem que for SO POR UMA NOITE, já pensou em fazer tudo o que você quer, em apenas uma noite, é isso leve a sua vida como se cada noite fosse a ultima, e não se arrependa de nada.

  5. Vivis disse:

    Essa musica tem dois sentidos, o que a pessoa quando escuta leva a encaixar em sua vida, no sentido da vida do chorão, fala do vicio dele, no primeiro paragrafo ele fala que que procura de todas as formas deixar o vicio e que quer se libertar dele no terceiro ele continua “procurei abrir os olhos mas você me conhece” , ele fala da grazy sua esposa, “eu faço tudo errado” e continua ” Mas so de ouvir a sua voz eu ja me sinto bem”

  6. Lisa disse:

    A música a princípio parece ser sobre um simples amor não correspondido, mas eu acho que vai mais além do que isso.

    “Eu procurei em outros corpos encontrar você”
    Nesse verso, o eu lírico desabafa sobre procurar em outras pessoas preencher o espaço da pessoa amada, mas como é visto no resto da música, a procura foi em vão.

    “Eu procurei um bom motivo pra não, pra não falar” Nessa parte fica mais ambíguo – falar o que? Uma confissão? Um conselho? Acho que seria a primeira opção. Mas não uma confissão 100% expressa dos sentimentos verdadeiros do eu lírico. Acho que seria mais como uma fala do tipo “você é importante”.

    “Procurei me manter afastado, mas você me conhece eu faço tudo errado”
    Aqui, fica óbvio que o eu lírico tenta se afastar da pessoa amada, mas não consegue. É daqui que eu tiro a minha conclusão do verso anterior – o eu lírico não se declarou, e a pessoa amada não sabe dos seus sentimentos românticos, por que na maioria dos casos quando a pessoa se declara e é rejeitada há um afastamento imediato. Acho que a pessoa amada é extremamente íntima com o eu lírico mas não de forma romântica, e é essa a causa do sofrimento.

    “Fim de semana, sei lá vou viajar
    Vou me embalar, vou dar uma festa
    Eu vou tocar um puteiro
    Eu vou te esquecer, nem que for
    Só por uma noite”
    Aqui o eu lírico declara sua frustração com a situação – procura de todos os modos se distrair da paixão platônica, mas pelo tom da conversa (e o primeiro verso) dá a entender que já tentou outras vezes e não obteve sucesso.

    “Mas só de ouvir a sua voz eu já me sinto bem”
    Aqui fica mais evidente a importância da pessoa amada para a vida do eu lírico. Não é um simples caso de amor não-correspondido – a pessoa amada é extremamente importante na vida do eu lírico, quase como alguém da família cuja vida do eu lírico depende. Acho que se trata de alguém como um(a) melhor amigo(a), o que faz mais sentido com o eu lírico não ter expressado seus sentimentos e os versos a seguir.

    “Mas se é difícil pra você tudo bem, quando a gente se diverte com o que tem”
    Aqui o eu lírico nota que a pessoa amada passa por dificuldades, talvez em relação à o próprio eu lírico. É como se pensasse que a pessoa amada de certa forma nota a paixão não correspondida, mas prefere não notar. Ou também a pessoa amada tem seus próprios problemas, amorosos ou não, o que fazem do eu lírico (seu (a) melhor amigo(a)) necessário e portanto impedindo ainda mais a situação de uma declaração que sabe não ser correspondida.

    “Eu procurei abrir os olhos e enxergar você”
    Aqui o eu lírico admite provavelmente o seu maior erro na história toda: embora tenha tantas vezes procurado se distrair e esquecer, durante todo esse tempo tem também procurado pelo amor da pessoa amada. Não conseguiu ainda se desapegar do sentimento amoroso, embora acreditasse que essa seria a melhor maneira.

    “Eu procurei um bom motivo pra não estar lá”
    A teoria do(a) melhor amigo(a) é reforçada aqui. O eu lírico procurou não se manter por perto, procurou não estar lá para a pessoa amada mas não conseguiu.

    Então, aqui eu concluo que a música é sobre duas pessoas muito íntimas, emocionalmente ligadas e que se amam. Mas apenas uma delas sente amor romântico (embora eu não ache que a música se trata de friendzone, já que o eu lírico não julga ou repreende a pessoa por não corresponder seus sentimentos) e a música é o relato da pessoa não correspondida.

  7. Vivi disse:

    Não vou analisar a música toda mas queria deixar uma explicaçãozinha que o proprio chorão deixou durante o acústico mtv sobre essa musica, ele fala “essa música e sobre um relacionamento que tem la seus defeitos mas no fim não e nada comparada ao amor que um sente pelo outro” nao lembro se foram essas extras palavras mas o significado e o mesmo. ja da pra ter uma boa noção da música 😉

  8. Isabela disse:

    Bom , no inicio da musica em um show , o Chorão fala a seguinte frase ”Todo relacionamento tem lá seus problemas, mas as diferenças as vezes são tão menores do que o valor do que um dar para o outro ,que é isso que interessa e é isso que a musica fala ” .. eu acho que quando ele diz ” que é isso que interessa ” foi em relação as diferenças (são elas que interessam ) baseando me na letra da musica .
    A letra da musica diz para mim que mesmo eles se amando.. As pequenas diferenças predominam , e acaba com o relacionamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *