Faça o download do App do Análise de Letras para Android! É grátis!

Amor da minha vida
Daqui até a eternidade
Nossos destinos
Foram traçados
Na maternidade…

Paixão cruel
Desenfreada
Te trago mil
Rosas roubadas
Pra desculpar
Minhas mentiras
Minhas mancadas…

Exagerado!
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado…

Eu nunca mais vou respirar
Se você não me notar
Eu posso até morrer de fome
Se você não me amar…

Por você eu largo tudo
Vou mendigar, roubar, matar
Até nas coisas mais banais
Prá mim é tudo ou nunca mais…

Exagerado!
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado…

E por você eu largo tudo
Carreira, dinheiro, canudo
Até nas coisas mais banais
Prá mim é tudo ou nunca mais…

Exagerado!
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado…

Jogado aos teus pés
Com mil rosas roubadas
Exagerado!
Eu adoro um amor inventado
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado…



Qual é a sua interpretação?





*



58 Comentários

Claramente, Cazuza, fala sobre uma paixão exagerada, onde o destino os uniu. Ele é capaz de tudo por ela, até morrer, e Faz de tudo para ter o perdão de seu amor. Apesar de tudo, ele ainda sofre, porém, de tanto amor que ele sente por ela.

Faz muito sentido, o seu comentário, Erika.
Eu, também, sempre tive essa mesma imaginação.

ESSA FICOU PRA MARCA

muito bom

Achei a opinião 24 interessante

Vi uma anta ali dizendo que no show aovivo ele fala no final da música “Dalila exagerada e verdadeira” e que Dalila nada mais era que um apelido da cocaína na época! Limpa o ouvido cabeção ele fala Nalila que era uma grande amiga dele! VIAJÃO!!!

Desculpe
mas quem fez o comentário 11 ao afirmar que eh mentira e invencao quando autor diz “por você largo tudo” foi muito infeliz ou entao nao sabe o que eh o amor

Na minha opinião a musica tem como dito anteriormente um duplo sentido. Entendo que o ¨canundo¨ao qual ele se refere seja relamente aquele usado para usar droga. Os outros versos ao meu ver se trata de uma pessoa que faz uma ironia aos exageiros desse tal amor… O povo tem uma carencia muito grande de amor e usa muitas palavras bobas para se declarar pra alguem. Cazuza so quis tirar onda com as pessoas que fazem um verdadeiro Drama por estarem apaixonados por alguem.

Gente todas as respostas estão corretas + eu acho que ele se refere a sua mãe ,sobres seus vicio, fala também sobre sua sexualidade que na época era como um bicho de 07 cabeças,fala também sobre os preconceitos.

cazuza nunca se preocupou com carreira universitaria ´muita ingenuidade achar que ele estava se referindo ao canudo como se fosse diploma na cerimonia de formatura…pqp! a musica é inteira dedicada ao vicio em cocaina

Pra mim essa música é inteira escrita com duplo sentido. No explícito, ele se dirige à mãe. Canudo quer dizer diploma mesmo, o resto é óbvio. No implícito ele se dirige à cocaína:
amor da minha vida = a cocaína
paixão cruel desenfreada = vício
rosas = notas de 50.000 cruzeiros, as mais altas da época, que eram cor-de-rosa
amor INVENTADO = vício
nunca mais vou respirar = pq quem cheira fica com o nariz irritado, escorrendo e com dificuldade de respirar direito
Eu posso até morrer de fome = cocaína faz perder a fome, é comum os viciados emagrecerem
Vou mendigar, roubar, matar = comportamento típico de viciados querendo mais
Até nas coisas mais banais prá mim é tudo ou nunca mais = quem cheira fica mesmo exagerado, trata tudo como oito ou oitenta
Carreira = fileira de pó
dinheiro, canudo = se usa notas de dinheiro pra fazer um canudinho para cheirar

Isso mesmo, Franklin, canudo significa o diploma universitário e percebvemos isso quando o autor completa o sentindo em “carreira, dinheiro, canudo”. Ele largaria tudo por uma pessoa. Mas também significa carreira de cocaína e canudo que se usa para cheirar essa droga.

Vem cá, vocês não acham que “Canudo” pode ser uma referência ao diploma universitário!? Sempre pensei isso!

Na versão ao vivo cantada no canecão em 1988, Cazuza declama no final da música: Naila, exagerada verdadeira! (e não Dalila como vocês interpretaram)
Trata-se de Naila Skorpio, percussionista, que tocou com Rita Lee na década de 80 e foi muito amiga de Cazuza. Naila é conhecida por suas excentricidades e por sempre ser intensa em tudo que faz.

Amor da minha vida
Daqui até a eternidade
Nossos destinos
Foram traçados
Na maternidade
(Amor pela mãe. Cazuza fala do momento em que ele nasceu)
Paixão cruel
Desenfreada
Te trago mil
Rosas roubadas
Pra desculpar
Minhas mentiras
Minhas mancadas
(Nesse momento cazuza admite todos os erros que fez com a mãe. ser ser um filho problemático)
Exagerado!
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado…
(

Tudo o que poderia ser dito desta música acredito que esteja no comentário Nr. 41 do Sr. Sérgio. Parabéns!

amor da minha vida
daqui até a eternidade
nossos destinos foram
traçados na maternidade
(aqui com certeza ele se
refere a uma pessoa, que ele
ama)

Paixão cruel
Desenfreada
Te trago mil
Rosas roubadas
Pra desculpar
Minhas mentiras
Minhas mancadas
(aqui ele esta tentando convencer
a pessoa amada de que ele está
arrependido das coisas ruins
e erradas que ele já fez)

Exagerado!
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado…
(aqui ele diz que talvez
este amor nem seja tão grande
assim, mais como ele gosta de
exagerar, diz que se submete a
tudo por este nem tão grande amor.)

Eu nunca mais vou respirar
Se você não me notar
Eu posso até morrer de fome
Se você não me amar…
(aqui ele explica o porque o nome da música)

Por você eu largo tudo
Vou mendigar, roubar, matar
Até nas coisas mais banais
Prá mim é tudo ou nunca mais…
(ele ainda está explicando que ele
é extremamente exagerado)

Exagerado!
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado…
(…)

E por você eu largo tudo
Carreira, dinheiro, canudo
Até nas coisas mais banais
Prá mim é tudo ou nunca mais…
(bem, esta parte é a mais complexa, ainda que,
a maior parte das pessoas acreditam que ele se refere as “dorgas” quem viu o vídeo da música sabe, ele pode ter se referido a duas coisas, uma a dorga, com as paçavras “carreira, canudo”
e para não ficar mal perante a sociedade, ele ultiliza um duplo sentido, carreira: referindo-se
a carreira de cantor mesmo.
dinheiro: referindo-se ao dinheiro que ele ganhava com a música
canudo: referindo-se aos estudos
o canudo seria o diploma.

Exagerado!
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado…
Jogado aos teus pés
Com mil rosas roubadas
Exagerado!
Eu adoro um amor inventado
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado
#acabou. (:

Amor da minha vida
Daqui até a eternidade
Nossos destinos
Foram traçados
Na maternidade…
” não é cocaína, obviamente ”

Paixão cruel
Desenfreada
Te trago mil
Rosas roubadas
Pra desculpar
Minhas mentiras
Minhas mancadas…
“pode estar se referindo ao serginho”

Exagerado!
Jogado aos teus pés
Eu sou mesmo exagerado
Adoro um amor inventado…
“amor enventado”
ele não faria isso tudo que está dizendo, é mentiras. ele inventou.

Por você eu largo tudo
Vou mendigar, roubar, matar
Até nas coisas mais banais
Prá mim é tudo ou nunca mais…
“pode ser a cocaína,a dalila”

“E por você eu largo tudo
Carreira, dinheiro, canudo
Até nas coisas mais banais
Prá mim é tudo ou nunca mais…”
agora ele se refere ao amor, que deixaria até a cocaína. ”

Ele faz um jogo de palavras que confundi a nossa cabeça,confundi muito,ele se refere as duas coisas. as duas coisas que ele mais ama. ”

a pessoa, e a Dalila isso está muito claro se observarmos. a letra da música,parte 1 e parte 2 (dividir)

Elaine, eu acho que canudo significa diploma!!!!!!

eu acredito que o Cazuza fez essa música pra pessoa amada olha só “Que por você eu largo tudo carreira dinheiro e canudo até nas coisas mais banais pra mim é tudo ou nunca mais” e se canudo se refere a Cocaína ele diz que larga as drogas por esse amor,mas o que eu quero que alguém me explique quem é Naila que ele exclama no final de exagerado na versão ao vivo!

Sempre pensei que tanto carreira (o pó), quanto dinheiro (usado pra fazer o canudo), quanto canudo (usado pra cheirar), faziam referência ao uso da droga. Mas me instigaram a pensar no canudo, como uma referência fálica em um amor homossexual, e para mim, faz bastante sentido.

Carreira = Pó
Dinheiro = Fama e vida de playboy
Canudo = Falo

Olha observando a letra da musica que antes de ser cantada era apenas um poema que Cazuza tinha escrito chego na conclusão de que a música tem duplo sentido sim e ele joga as palavras de uma forma que faz com que as pessoas entendam que ele está ´apaixonado mais no fim nos deixa na dúvida e ele está apaixonado pela cocaína ou por alguém!
Tenho certeza que quando ele escreveu pensou em deixar o duplo sentido na música.

o amor que o eu lírico sente, portanto, é um amor dedicado e puro.

Há um jogo de palavras brilhante em “carreira, dinheiro, canudo” que tanto servem para indicar que ele largaria uma vida “reta” e “careta” (uma CARREIRA profissional, DINHEIRO e CANUDO, que é o termo usado para o diploma, pela maneira como é entregue a um formando), como uma vida de vício e drogas (CARREIRA é uma linha de cocaína, aspirada por um CANUDO normalmente feita com uma nota… de DINHEIRO, claro!)

Meu Deus, quanta bobagem hein Isabelle?
“Criticada na época da bossa nova”???… Caraca, a bossa nova aconteceu na década de 50, e o Cazuza, se nascido, deveria ter 1 ou 2 anos de idade.
Outra coisa; se como você diz, ele fez a letra para a droga, seria absurdamente ilógico prometer que, pela droga, largaria a própria droga… O que é isso?
Vamos maneirar na viagem à maionese.

essa letra é bem exagerada**
ela em duplo sentido
por isso foi bem criticada na época da bossa nova…o q ele quer dizer nessa letra é o seguinte: …
que pela droga ele faria tudo**
roubava matava e mendigava
se jogava aos pés da droga”
o destino entre ele e a droga ja estava traçado desde a maternidade
rosas roubadas naum seria realmente rosas* e sim outras coisas de valor que ele roubava para comprar a droga e tal
e ele faz um jogo de palavras: cocaina dinheiro canudo, quem é usuario de droga usa notas de dinheiro enroladas como um canudo para cheeirar a cocaina, por quem ele era apaixonado…eu poderia falar bem mais ake mas… deixa para depois!! flw galera (K)

Análise perfeita do Sérgio Soeiro! Eu nem sequer imaginava este genial jogo de palavras envolvendo carreira;cocaína;canudo;dinheiro… Tudo a ver! Até pq na versão ao vivo do show de 1989 ele cita o termo “Dalila”, que nada mais é do que um outro apelido da cocaína.
Brigadão, Sérgio Soeiro.

e isso ai ele se refere as Drogas falo isso pois consumo Cocaína e ele se Refere a cocaína por vc largo tudo Carreira ele esta se referindo a Carreira de Cocaína que Nos usuário faz para consumir, o Dinheiro ele se Refere ou Canudo pois tem alguns momentos que Nos fazemos um canudo com o Dinheiro ok flw

Senhores, achei genial este site e tentarei dar minha humilde contribuição.
Acredito que esta letra venha trazer com lirismo, entretanto de maneira bem clara, diferente de outras músicas do cazuza, a sua postura “hiperbólica”.
Na primeira estrofe ele faz a típica “promessa do primeiro dia”: eu te amo para sempre, você é o amor da minha vida, parece que já te conheço há mil anos… e essas coisas que sabemos que dizemos/ouvimos quando do início de um relacionamento. Acredito que o trecho “nossos destinos foram traçados na maternidade” não faça referência a seus pais pois em assim sendo o destino teria sido traçado na concepção. Não está escrito que as duas pessoas se conheceram na maternidade, cada uma pode ter tido seu destino traçado no ato de seu nascimento e estes serem em lugares e épocas distintas.
Na segunda estrofe estes já se conhecem e já tem um relacionamento. A crueldade da paixão se dá por sua intensidade, e quando a paixão é intensa sabemos que perdemos o limite, tal como roubar (ainda que sejam as rosas) para tentar compensar as falhas provenientes de sua personalidade e promiscuidade.
Na terceira estrofe existe a marca clara do exagero, as promessas que não podem ser cumpridas, ninguém consegue deixar voluntariamente de respirar para sempre, ante a manutenção deste quadro o organismo faz de tudo para preservar os órgãos nobres e após a incosnciência, voltariamos a respirar. Morrer de fome voluntariamente, também é outra coisa difícil de se fazer, todas as greves de fome duram até a fome excessiva, principalmente se o motivo não é muito convincente.
Na quarta estrofe é possível perceber o recurso final, o abandono das coisas de que muito gostamos em prol da paixão. “E por você eu largo TUDO”. O que ele se propõe a largar aí é a vida bohemia, a luxúria e a postura de “playboy” que tinha. Fato que é completado pela quinta estrofe, onde também tenta fazer um joguete semantico quando faz a alusão a carreira, dinheiro, canudo. Aí acredito que para ledores ele se referira a trabalho, renda e formação intelectual. Para leitores que levam em consideração a biografia do autor acredito sim que ele se refira ao uso de drogas quase como numa gradação: colocar o pó sobre a mesa fazendo a carreira, pegar o dinheiro e enrolar como um canudo usando o mesmo para aspirar a droga. Estes dois refrões terminam do mesmo jeito não à toa, entendo que aí seja a hora do aviso: “olha, é agora ou nunca, se não quiser eu desisto pois tem quem queira”; quando ele diz “pra mim é tudo ou nunca mais…”, ele faz um ultimato.
O refrão vem declaradamente explicar todos os exageros cometidos ao longo da música, a afirmação sobre sua personalidade “hiperbólica”, a submissão para conseguir o que deseja (jogado aos teus pés) e a afirmação de que esta postura não é apenas algo que lhe dava prazer (ADORO um amor inventado).
Mais uma caracterisca que acredito haver que impeça a interpretação sobre a referência desta música ser a mais de uma pessoa é a maneira como ele usava as pessoas, se fizesse a referência aos seus pais não usaria “teus” no refrão e sim “vossos”.

A música exagerado,demonstra o excesso que algumas pessoas tem em seus sentimentos, pessoas românticas por exemplo, que quando conhece alguém já pensa que vai ser pra sempre, que é o amor de sua vida, ou que já se conheciam de outra vida, paixão cruel seria seu desequilibrio, ou tudo ou nada. demonstra os relacionamentos intensos, que muitas vezes são puro exagero nem existem de verdade. e por voçê eu faço tudo, ele quis dizer que seria capaz de tudo para conseguir algo ou alguém, mendigar, matar…para conquistar o que deseja, ele seria capaz de tudo.

carreira~~>cocaína…

dinheiro~~> quem usa cocaína sabe q nda melhor doq cheirar em uma nota de 50…. rs

Canudo~~> tbm da cocaína!

Conforme a Mandy disse na análise 25, é uma declaração de amor a sua mãe! VIVA CAZUZA!

Pra mim, “amor inventado” é quando você ama e não é correspondido, dai inventa aquele amor na cabeça…

Vocês devem levar em consideração que esta música não é somente do Cazuza, por isto, ela traz a vivência, sentimentos, etc, dos outros compositoes.
Exagerado é música de Leoni, Ezequiel Neves e Cazuza.

Quando ele diz “canudo” ele se refere sim a pó,pois uma vez em um show ele apontou com o dedo indicador seu nariz.

Quando ele diz “canudo” ele se refere sim as´`a pó,pois uma vez em um show ele apontou com o dedo indicador seu nariz.

A música é uma declaração de amor!! Porém ele utiliza o refrão pra explicar que ele não é apaixonado d+ como se refere no restante da música, e sim que ele é um exagerado e tudo que ele faz e sente é com exagero!! Ele gosta de um amor inventado, por isso ele aumenta muito o amor que sente! Então ele explicita mil coisas que faria, + sendo exagerado! Ele faria essas coisas + pq ama de forma exagerada e não pq ele ama de verdade!!
e canudo significa o diploma da faculdade como foi dito abaixo!!!

canudo quer dizer faculdade somente isso ! ele é apaixonado genteee

Cara, a complexidade FAZ parte da poesia!!!!!!!!!Senão, esta não seria poesia!

Putz…nunca me passou pela cabeça que canudo poderia se referir às drogas (cocaína)…faz muito sentido…

Exagerado teria que ser o nome dá musica sim , porque ninguém vai largar as coisas vitais por um simples agrado a outro.Basta salientar que amor não existe.

Boa tarde a todos. O grande poeta, talvez se nao tivesse sido tao espetacular, nao teriamos que nos esforcar tanto. Mas o encanto esta ai, nas varias interpretacoes…
No momento que ele canta.. ” E por vc eu largo tudo, carreira, dinheiro, canudo” Em um show ele já cantou: “… menos o canudo !” Ou seja, toda esta parte se referi ao uso de entorpecentes ao qual ele fazia constantemente. Agora, nada melhor que usar um canudo ouvindo essa musica… Me da a melhor das sensacoes…
ABCs

Galerinha. Não vamos exagerar!!!

Carreia = Sucesso Musical
Dinheiro = Dinheiro
Canudo = Faculdade (diploma)

Apesar do astro não possuí-lo, abandonou o curso de comunicação para trabalhar com o Pai.

Creio que não devemos querer tornar as coisas muito complexas, pois assim estaremos tirando a beleza da poesia

carreira = pó
dinheiro = a mãe de todos os males e prazeres
canudo = pó

ele largaria tudo em troca desse amor, um amor que naõ sei quem é
talvez ngm saiba só ele

Meus Caros, Bom dia!!!

Na versão ao vivo (O tempo não pára – Ao Vivo – 1989), gravada um pouco antes de sua morte, nos acordes finais dessa música o Poeta declama: “Dalila: exagerada, verdadeira”…

O que ele quis dizer com isso??? Seria uma metáfora?? Seria alguém???

Antecipadamente agradeço os comentários!!

Abração!!

Minha interpretação é mais simples e mais ligada ao título. Ele parece exagerar nos sentimentos de forma proposital, inventa um amor, talvez ate pra iludir alguém, pra fazê-la acreditar em suas palvras. Que faz tudo pela pessoa, mas na verdade está nitidamente exagerando ao descrever seus sentimentos, até fazendo um drama, uma certa “tolice”: “eu nunca mais vou respirar, se vc não me notar”. O duplo sentido em “carreira, dinheiro, canudo” é bacana e eu nao tinha percebido, e também se encaixa! valeu!

Jonas,
Por tudo que li de Cazuza, achar que ele relaciona Carreira = profissão e dinheiro = grana, francamente, é reduzir o lirismo e a poesia do cara a zero. Versos assim, com todo respeito, até a Xuxa faz.
Outra coisa, o legal da letra inteira, é justamente tentar descobrir nas estrofes quais versos ele direciona à mãe e quais ele direciona ao pai.
Mas veja, você pode estar certo e eu é que estou viajando na maionese… O espaço aqui é justamente para cada um soltar suas impressões, ok? Abs.

O comentário feito pelo Sérgio poderia até fazer sentido, relacionando canudo ao dinheiro para aspirar o pó, e também, carreira em referência à cocaína. Mas, por que Cazuza diria “e por você eu largo tudo / Carreira, dinheiro e canudo”, sendo que carreira e canudo estariam interligados? Seria repetitivo, não acha? Creio eu que, carreira=profissão, faculdade; dinheiro=grana,vida-boa ; canudo=boemia, bebedeira, noitada (nos anos 80,algumas bebidas eram servidas com canudo e limão). Outra coisa a ser desmentida, é a possibilidade desse amor da letra se referir aos pais, simplesmente por causa do verso “nossos destinos foram traçados na maternidade”. E como explicaria o trecho: “Eu nunca mais vou respirar / Se você não me notar / Eu posso até morrer de fome / Se você não me amar…” Como ele se referia aos pais utilizando a palavra você (você se refere a uma pessoa e não a duas)? Não se faz análise de letras apenas em 1 verso!

Puxa! Análise Muito boa…
Algumas coisas eu já tinha pouvido falar, mas algumas me surpeenderam…
Estudei parte dela na facul, em Literatura Comparada e fiquei sabendo que o Cazuza, poeta que era, “exagerou” na hora de demonstrar o amor, fazendo referência às poesias de escolas literárias anteriores (principalmente o Romantismo) onde o amor era exagero de sentimentos.
No refrão que diz: “adoro um amor inventado” é como se dissesse “Eu sou poeta. Estou exagerando as emoções. Não vou me desculpar. Não vou largar nada por você…”
Acho que tem seu fundo de verdade, já que nunca antes havia entendido direito essa frase da música.

Pois éh, eu fiz uma interpretação completamente diferente desse música. Mas esse que vocês fizeram tambêm é muito boa.

caramba obrigada por abrir nossas mentes com essas analises.. muito boa

Nossa bebel ! vc foi a fundoo na compreenção da letra da musica do cazuza !! parabéns!!

Vladson, obrigado pelos elogios ao meu comentário. Análise de letras é assim mesmo: cada qual tem a sua visão. Valeu.

Cara, vc foi fundo nessa letra, nunca tinha parado para pensar dessa forma, mas faz todo sentido, pode ter sido a origem da inspiração.

Legal

como fazer análise dessa musica

Bebel, boa tarde.
Vou tentar dar minha contribuição no seu questionamento. Bom, você deseja saber como se faz uma análise, certo?… Se for o caso, saiba que não existe um meio único para isso. São várias as possibilidades para se traçar (pelo menos se tentar) uma análise do que determinado artista quis dizer com uma letra. É um exercício apaixonante. Eu diria que, primeiramente, você deve ser uma leitora contumaz, ler de tudo mesmo. Isso lhe abrirá um leque imenso de informações. Além disso, se uma letra lhe despertar interesse, procure conhecer a vida e obra do artista; você perceberá que sempre há muita ligação entre o modo de vida dele e o que ele escreve (bem, estamos falando de “verdadeiros” artistas, claro!). Por fim, é necessário ter uma grande dose de sensibilidade para tentar “viver” aquela obra, tipo; o que eu teria desejado dizer se eu fosse o autor da letra?. Esta letra do Cazuza, por exemplo; não tem muito mistério, nem mensagens ocultas ou metáforas. Ela é, basicamente, o que Cazuza foi: muito explícita e escancarada. A inspiração para a letra sofrida vem de um de seus ídolos, Lupicínio Rodrigues, especialista em letras dor de cotovelo. Por ter feito análise, Cazuza acreditava ter complexo de Édipo e de Elektra ao mesmo tempo, olha que loucura! E a letra traz toda uma referência ao amor que ele sentia pela mãe e pelo pai (“nossos destinos foram traçados na maternidade”). Pela mãe no sentido da permissividade (“te trago mil rosas roubadas, pra desculpar minhas mentiras, minhas mancadas”). E pelo pai no sentido do respeito, de dar satisfações dos atos, (“E por você eu largo tudo: carreira, dinheiro, canudo”). Nesta última frase ele é genial quando nos faz pensar que por alguém ele abriria mão até de uma vida confortável. Na verdade, a mensagem é ao seu pai João Araújo, onde “carreira” não é de profissão, mas de Cocaína, e “canudo” não é diploma, mas sim o canudo, geralmente feito com nota de “dinheiro”, para aspirar o pó.
Bom, espero que minha contribuição lhe seja útil.

Nessa musica Cazuza faz uma referencia de seu amor por sua mãe.

COMOOOOOOOO SE FAZ UM ANALISEEE!

Qual é a sua interpretação?

-->