2 perdidos

Quando eu quis você Você não me quis Quando eu fui feliz Você foi ruim Quando foi afim Não soube se dar Eu estava lá mas você não viu Tá fazendo frio nesse lugar Onde eu já não caibo mais Onde eu já não caibo mais Onde eu já não caibo mais Onde eu já… Read More 2 perdidos

A natureza divina

Inexistência de medo; Purificação da vida; Compreensão transcedental; Caridade; autocontrole; Prática de sacrifícios; Estudo dos textos védicos Austeridade; humildade; Não-violência; não irar-se; Desapego; gentileza Veracidade; renúncia; Não gostar de ver defeitos; Determinação; modéstia Compaixão para com todas as entidades viventes estar livre da cobiça; cordialidade; clemência; Vigor; pureza; limpeza; Não desejar ser honrado

Abraça o meu braço

abraça o meu abraço e abre aspas e couraça e casaca e roupa até o polpa o nervo a voz antes da boca aonde a mesma brasa ilesa siamesa dorme acesa embaixo dágua abraça o breu do meu abraço e sua o seu no meu suor na nossa massa mancha que absorve engole goma o… Read More Abraça o meu braço

Alegria

Eu vou te dar alegria Eu vou parar de chorar Eu vou raiar o novo dia Eu vou sair do fundo do mar Eu vou sair da beira do abismo E dançar e dançar e dançar A tristeza é uma forma de egoísmo Eu vou te dar eu vou te dar eu vou Hoje tem… Read More Alegria

As coisas

As coisas têm peso, massa, volume, tamanho, tempo, forma, cor, posição, textura, du-ração, densidade, cheiro, valor, consistência, pro-fundi-dade, contorno, temperatura, função, aparência, preço, des-tino, idade, sentido. As coisas não têm paz.

Consumado

Tô louco pra fazer Um rock prá você Tô punk de gritar Seu nome sem parar… Primeiro eu fiz um blues Não era tão feliz E de um samba-canção Até baião eu fiz… Tentei o tchá tchá tchá Tentei um yê yê yê Tô louco prá fazer Um funk prá você… E tá consumado Tá… Read More Consumado

Essa mulher

ela quer viver sozinha sem a sua companhia e você ainda quer essa mulher ela goza com o sabonete não precisa de você ela goza com a mão não precisa do seu pau ela quer viver sozinha sem a sua companhia e você ainda quer essa mulher que não sente a sua falta e quando… Read More Essa mulher

Grão de amor

Me deixe sim Mas só se for Pra ir ali E pra voltar Me deixe sim Meu grão de amor Mas nunca deixe De me amar Agora as noites são tão longas No escuro eu penso em te encontrar Me deixe só Até a hora de voltar Me esqueça sim Pra não sofrer Pra não… Read More Grão de amor

Lavar as mãos

Uma Lava outra, lava uma Lava outra, lava uma mão Lava outra mão, lava uma mão Lava outra mão Lava uma Depois de brincar no chão de areia a tarde inteira Antes de comer, beber, lamber, pegar na mamadeira Lava uma (mão), lava outra (mão) Lava uma, lava outra (mão) Lava uma A doença vai… Read More Lavar as mãos

Música Para Ouvir

Música para ouvir no trabalho Música para jogar baralho Música para arrastar corrente Música para subir serpente Música para girar bambolê Música para querer morrer Música para escutar no campo Música para baixar o santo Música para ouvir Música para ouvir Música para ouvir Música para compor o ambiente Música para escovar o dente Música… Read More Música Para Ouvir

O seu olhar

O seu olhar lá fora O seu olhar no céu O seu olhar demora O seu olhar no meu O seu olhar seu olhar melhora Melhora o meu Onde a brasa mora E devora o breu Como a chuva molha O que se escondeu O seu olhar seu olhar melhora Melhora o meu O seu… Read More O seu olhar

Pedido de casamento

Eu sei que a gente ia ser feliz juntinho Pra todo dia dividir carinho Tenho certeza de que daria certo Eu e você, você e eu por perto Eu só queria ter o nosso cantinho Meu corpo junto ao seu mais um pouquinho Tenho certeza de que daria certo Nós dois sozinhos num lugar deserto… Read More Pedido de casamento

Saiba

Saiba: todo mundo foi neném Einstein, Freud e Platão também Hitler, Bush e Sadam Hussein Quem tem grana e quem não tem Saiba: todo mundo teve infância Maomé já foi criança Arquimedes, Buda, Galileu e também você e eu Saiba: todo mundo teve medo Mesmo que seja segredo Nietzsche e Simone de Beauvoir Fernandinho Beira-Mar… Read More Saiba

Socorro

Socorro! Não estou sentindo nada Nem medo, nem calor, nem fogo Não vai dar mais pra chorar Nem pra rir… Socorro! Alguma alma Mesmo que penada Me empreste suas penas Já não sinto amor, nem dor Já não sinto nada… Socorro! Alguém me dê um coração Que esse já não bate Nem apanha Por favor!… Read More Socorro

Velha Infância

Você é assim, um sonho pra mim e quando eu não te vejo eu penso em você desde o amanhecer até quando eu me deito eu gosto de você e gosto de ficar com vc meu riso é tão feliz contigo o meu melhor amigo é o meu amor e a gente cantar e a… Read More Velha Infância