É Isso Aí

12 comentários

Ana Carolina

É isso aí
Como a gente achou que ia ser
A vida tão simples é boa
Quase sempre
É isso aí
Os passos vão pelas ruas
Ninguém reparou na lua
A vida sempre continua

Eu não sei parar de te olhar
Eu não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não sei parar
De te olhar

É isso aí
Há quem acredite em milagres
Há quem cometa maldades
Há quem não saiba dizer a verdade

É isso aí
Um vendedor de flores
Ensinar seus filhos a escolher seus amores

Eu não sei parar de te olhar
Eu não sei parar de te olhar
Não vou parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não vou parar de te olhar


12 comments on “É Isso Aí

  1. luciana disse:

    essa música é linda.

  2. Kelvin disse:

    É como se finalmente eles ficaram juntos e agora perdidamente apaixonados, é isso aí, como eles pensaram que ia ser, tudo ao redor acontece normalmente e eles não conseguem parar de se olharem, parece que é mentira estarem ali. É um momento magico. Muito Bonita a musica.

  3. Danilo Fernando disse:

    acredito q a interpreção vai bem mais do apenas duas pessas apaixonadas.
    é uma declaração de amor incondicional, o autor da versão original, Damien Rice ‘The Blowers Daughter’
    faz uma declaração de Pais Para Filho.

  4. Adriane disse:

    Penso que essa música quer transmitir um sentimento de amor, igualdade e tolerância… Na primeira estrofe ela vem falando que a vida é quase sempre boa, e que todos tem seus momentos ruins. Vem falando também que boa ou não, a vida continua seguinho, como diz nos versos ” Os passos vão pelas ruas. Ninguém reparou na lua. A vida sempre continua.”

    No refrão ela usa um esquema diferente, “desvia” do sentido principal para dar mais ênfase, atenção á música, como em Epitáfio dos Titãs e Pais e Filhos do Legião Urbana.

    Na 3ª estrofe ela vem flando que existem muitos tipos de pessoas, cada qual com suas crenças e manias. Na 4ª vem falando sobre a liberdade sexual que cada um tem como nos versos ” Um vendedor de flores. Ensinar seus filhos a escolher seus amores ” Ela quer passar a mensagem que todos tem a liberdade de escolher quem amar.

    O sentido da música gira em torno diso. Fala que temos que viver uma vida boa, feliz e satisfatória, temos que dar mais atenção as simples coisas da vida como ” reparar na lua”, pois, queredo ou não a vida continua. Diz também que temos de tolerar cada tipo de pessoa, pois elas tem diferentes conceitos, culturas e crenças. Também não deveos ter preconceito com a escolha sexual e cada um, pois temos de lembrar que também temos os nossos valores, nossas crenças e que as pessoas ( como nós) devem tolerar sempre!

  5. Troll disse:

    o primeiro comentário é plausivel, mas os outros totalmente inuteis, assim como o meu. haha

  6. Raphael disse:

    Como essa música foi adaptada do original em inglês, com bastante liberdade criativa, acabou tornando-se não-linear e confusa, embora o resultado pudesse ser outro bem melhor, dada a letra original.

    As letras de música precisam guardar, como na poesia, um percurso de sentido que conduza a um significado mais amplo. O que temos, no caso, é uma letra cíclica que não diz muito além do refrão, em que a voz poética declara-se abertamente apaixonada por um objeto não identificado.

    As demais estrofes, iniciadas pela repetição da expressão ‘é isso aí’ apresentam apenas constatações sobre a vida que, de forma bem tangencial, permitem identificar certa admiração por uma simplicidade na forma de encarar a vida em contraste com uma complexidade não identificável pela letra.

    Para finalizar, observemos a penúltima estrofe: ‘um vendedor de flores ensinar seus filhos a escolher seus amores’. Aparentemente sem sentido, esse trecho indica que é o amor é um paradoxo, pois embora precise das coisas simples parcamente sugeridas pela letra, necessita também da artificialidade, proposta pelas flores compradas. Alguém que venda artifícios para a conquista do amor não pode, em tese, ensinar a escolher amores, dado que esse mesmo vendedor já sabe que os amores são passageiros como as tantas flores já vendidas para os que desejam em vão conquistar (possuir) esse sentimento.

  7. MR lol disse:

    S2 ovnis o/

  8. Mayara Andrade disse:

    No primeiro refrão acredito que ela está confirmando algo com o namorado, que possivelmente estaria ao seu lado, algo que eles já haviam planejado antes… que a vida deles seriam simples e boa…e eles estão passeando e observando os detalhes tão bonitos, como a lua, mas também estão observando as pessoas e perceberam que elas não estão tão preocupadas com esses detalhes e sim com o corre corre da vida… e independente de todas as belezas que eles estão vendo, ela declara que não consegue parar de olhar pra ele… ela diz ainda em sua musica que se vc acredita em milagre, o amor que ela está vivendo pode ser um e que apesar de todo amor que existe no mundo ainda há pessoas que optem pela maldade e mentira. E por fim ela diz que um vendedor de flores ensina seus filhos a escolher os seus amores.. talvez seria uma metáfora de nossos pais nos ensinando a fazermos as escolhas certas dos(as) nossos(as) futuros(as) parceiros(as) e não deixar que o romantismo morra..
    É o que eu entendo dessa música..espero ter colaborado!

  9. sergio disse:

    Para mim,essa música é linda assim como ela nao anda ela desfila ela é top capa de revista.

  10. Graziele disse:

    Para mim, a interpretação dessa musica é bem simples.

    Diz que a vida simples é boa, porem com as necessidades e correrias que muitos vivem não temos tempo para reparar nas coisas simples e boas da vida.
    E que nesse mundo existem pessoas de todos os tipos, cometendo maldades, mentindo, mas que também há pessoas de inocência simples que acredita em milagres.
    E que para amar não precisamos de muito, um vendedor de flores com sua humildade ensina seus filhos sobre amores….
    No refrão, não vejo como uma declaração de amor, vejo que “não sei parar de te olhar, não vou parar de te olhar, eu não me canso de olhar, não vou parar te olhar….” a diferença de vida entre a simplicidade com tempo para ver as coisas belas e naturais que existem, e a vida corrida de mentiras e maldades, com passos rápidos.

  11. ana luiza disse:

    no trecho um vendedor de flores ensina seus filhos a escolher seus amores há uma metafora amores (sentimento) e amores (flores : amores perfeitos)

  12. Magda Aparecida Paim Rodrigues disse:

    Essa música me remete aos meus filhos, e a dificuldade de eles aceitarem a minha eterna vigilância, vigilância de mãe comprometida a direciona-los aos caminhos certos, e escolhas certas, ser direcionadora mesmo com pouca cultura, porém, sensível aos percalços da vida, buscando ensina-los os sentidos e essências em pequenas grandes coisas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *