Faça o download do App do Análise de Letras para Android! É grátis!

Ando devagar porque já tive pressa,
E levo esse sorriso, porque já chorei demais,
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe,
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei, ou
Nada sei, conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs.
É preciso amor pra puder pulsar, é preciso paz
Pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir.

Penso que cumprir a vida, seja simplesmente
Compreender a marcha, ir tocando em frente,
Como um velho boiadeiro, levando a boiada
Eu vou tocando os dias pela longa estrada, eu vou,
Estrada eu sou, conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maças,
É preciso amor pra puder pussar, é preciso paz
Pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia, todo mundo chora,
Um dia a gente chega, no outro vai embora,
Cada um de nos compõe a sua história, cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz, e ser feliz,
conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maças,
É preciso amor pra puder pulsar, é preciso paz
Pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir

Ando devagar porque já tive pressa,
E levo esse sorriso, porque já chorei de mais,
Cada um de nos compõe a sua história, cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz, e ser feliz



Qual é a sua interpretação?





*



9 Comentários

alternativas que esteja de acordo com o texto

A música fala, em sua totalidade, da vida. O eu-lírico fala que a sua ideologia de vida é vivê-la de uma maneira calma e alegre (“Ando devagar porque já tive pressa, levo esse sorriso porque já chorei demais”). Ele diz que devemos apreciá-la, admirando a natureza e sua cultura gastronômica. Devemos amar e ter paz. Enfim, o eu-lírico dá dicas de como viver bem e ele diz o seu conceito de vida. Para ele, a vida é uma longa e bonita caminhada. E ele afirma que somos estrada, ou seja, somos ponte para construção do caminho de outras pessoas. A música traz uma mensagem muito bonita de como devemos viver a vida para ser felizes.
“É preciso amor para poder pulsar, é preciso paz pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir”.
E o autor ainda deixa muito claro na música que viver é amar. Sem amor, não há vida.

Explicando o Título (Tocando em Frente)

A música leva esse nome pelo fato de que a vida, boa ou ruim, deve ser levada em frente, tocada para frente, daí o nome. E o título da música é a explicação da vida para o eu-lírico. Para ele, a vida é simplesmente compreender a marcha e ir tocando em frente, ou seja, levando a vida. Ele até compara esse “tocando em frente” com um velho boiadeiro levando a boiada, “tocando ela pra frente”.

gostaria de saber como eu posso analisar esta musica para ser trabalhada em sala de aula tenho que apresentar em trabalho de portugues será pra turmas de ensino fundamental 4 série obrigada

Companheiro, o nome desta música é na verdade ”Tocando em Frente” e OS compositores são Renato Teixeira E Almir Sater. Eu não colocaria esta música para o fundamental II pq ela é muito abstrata. Imagina uma criança de 11 anos decifrar a frase conhecer as manhas e as manhãs; o sabor das massas e das maçãs…

gostaria de trabalhar a letra dessa musica com turmas do 5º, 8º e 9º ano; mas não sei como!

Sim,em primeiro lugar, o nome da música é Tocando em frente. Essa troca de nome é lamentável. É como a música do Vandré, que se chama “Pra não dizer que não falei das flores” e todo mundo diz que é “Caminhando”…

como posso trabalhar essa música em sala de aula?

Amigo, o nome da música é: “Tocando em Frente”, Almir Sater e Renato Teixeira. Depois que voce corrigir o nome da música podemos analisar…

Gostaria de saber como posso trabalhar em sala de aula com a letra desse música ( 5ª a 8ª série)

Qual é a sua interpretação?

-->