Palpite

6 comentários

Adriana Calcanhotto

To com saudade de você
Debaixo do meu cobertor
De te arrancar suspiros
Fazer amor.
To com saudade de você
Na varanda em noite quente
E do arrepio frio que dá na gente
Truque do desejo,
Guardo na boca o gosto do beijo

Eu sinto a falta de você
Me sinto só

E aí, será que você volta,
Tudo à minha volta
É triste.
E aí, o amor pode acontecer,
De novo pra você,
Palpite.

To com saudade de você,
Do nosso banho de chuva,
Do calor na minha pele
Da língua tua.
To com saudade de você
Censurando o meu vestido,
As juras de amor ao pé do ouvido,
Truque do desejo,
Guardo na boca o gosto do beijo.

Eu sinto a falta de você,
Me sinto só

E aí, será que você volta,
Tudo à minha volta,
É triste.
E aí, o amor pode acontecer,
De novo pra você,
Palpite.

Eu sinto a falta de você,
Me sinto só

E aí, será que você volta,
Tudo à minha volta,
É triste.
E aí, o amor pode acontecer,
De novo pra você,
Palpite.

E aí, será que você volta,
Tudo à minha volta,
É triste.
E aí, o amor pode acontecer,
De novo pra você,
Palpite


6 comments on “Palpite

  1. OiYes disse:

    Clássica, todo cantor de barzinho iniciante aprende esta no início da carreira…

  2. Tamires disse:

    Fala da linda saudade,da falta que um alguém que se foi pode fazer em nossas vidas.E trás a vontade incessante de reviver todos os momentos compartilhados,por meio de um pedido de volta…um palpite!!!

  3. guilherme oliveira gomes disse:

    a música não é da adriana calcanhotto e sim da vanessa rangel,e não tem regravação da adriana calcanhotto… abraços

  4. Paula disse:

    Fala sobre o término de um relacionamento e a incerteza sobre o futuro. “Será que você volta?” Ela claramente mostra que está triste,fala sobre o que sente saudade, que se sente solitária e que talvez o amor possa acontecer de novo para o amado. Com ela ou com outra pessoa. Provavelmente, nessa musica, ela quer dizer que pode acontecer com o amado e outra. O amor pode acontecer de novo pra ele? é um palpite.

  5. Talita disse:

    Retrata sobre o fim, ou o mal começo, de um relacionamento, que não teve muito tempo pra ser vivido por completo, e que a vida de uma das partes, ainda não havia se acostumado com a falta desse amor!

  6. Retrata sobre o fim, ou o mal começo, de um relacionamento, que não teve muito tempo pra ser vivido por completo, e que a vida de uma das partes, ainda não havia se acostumado com a falta desse amor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *